quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

MUNDIAL FEMININO DE CLUBES 2019> Itambé/Minas é derrotado pelo Guangdong Evergrande

Itambé/Minas faz bom jogo, mas comete erros e é derrotado pelo Guangdong Evergrande na estreia do Mundial

A equipe Itambé/Minas não fez a estreia que gostaria no Campeonato Mundial de Clubes – FIVB (Federação Internacional de Voleibol), realizado no Centro Olímpico de Shaoxing, na China. Na manhã desta terça-feira (3/12), a equipe minastenista fez um bom jogo, equilibrou o duelo em vários momentos, mas cometeu alguns erros. O time mostrou muita determinação, especialmente no terceiro set, quando conseguiu uma reação incrível para vencer a parcial e mostrar que estava vivo no jogo. Com parciais de 25/22, 28/26, 23/25 e 25/22, a equipe anfitriã do Guangdong Evergrande venceu o duelo por 3 sets a 1. As opostas Bruna Honório e Sheilla foram os destaques da equipe, com 15 e 14 pontos, respectivamente.

O Itambé/Minas, agora, vai colocar a cabeça no lugar e, sem muito tempo para descanso, volta à quadra na manhã desta quarta-feira (4/12), quando enfrenta o Eczacibasi Vitra, da Turquia, às 6h. O Sportv2 transmite a partida, que será uma reedição da semifinal do Mundial de Clubes do ano passado, quando as minastenistas venceram, de virada, por 3 sets a 2. A equipe turca também foi derrotada na estreia do Mundial, pelo Imoco Conegliano, da Itália, por 3 sets a 1.

A equipe do técnico Nicola Negro está no Grupo A, ao lado do time chinês, do Imoco Volley Conegliano, da Itália e do Eczacibasi Vitra Istanbul, da Turquia. No grupo B estão as atuais campeãs mundiais do Vakifbank Istanbul, da Turquia, o Tiajin Bohai Bank, da China, o Igor Gorgonzola Novara, da Itália, e o Dentil/Praia Clube, do Brasil. A competição será disputada até o próximo domingo (8/12).

A estreia
O Itambé/Minas começou o jogo de forma intensa no ataque, mas, do outro lado, a equipe minastenista encontrou uma defesa bem segura. O time chinês conseguiu fazer o seu jogo e contou com o forte ataque da russa Kosheleva, que anotou 28 pontos no jogo. Bruna Honório, Carol Gattaz e Thaisa deram muita força ao setor ofensivo minastenista, que, na parte final, conseguiu passar à frente no marcador (16/14). Porém, após contar com alguns erros das brasileiras, o time da casa voltou a dominar o set e abriu 1 a 0 na partida: 25/22.

No segundo set, o jogo continuou acelerado e as duas equipes disputaram o ponto a ponto do início ao fim. Com equilíbrio em quadra, os times fizeram um grande jogo. A equipe da casa manteve o domínio da partida, mas as minastenistas não se entregaram e conseguiram empatar a parcial: 22/22. A partir daí, o jogo foi ainda mais disputado. O Guangdong Evergrande acertou a sua defesa e parou o ataque minastenista, que não conseguiu evitar a derrota: 28/26.

No terceiro set, as minastenistas voltaram para a quadra para o tudo ou nada. A equipe brasileira começou melhor (4/2), mas cometeu outros erros e, assim, o time chinês passou à frente. Quando o placar estava 8/5 para as chinesas, a líbero Léia passou um susto no torcedor minastenista. Após tentar recuperar uma bola no fundo da quadra, a jogadora chocou-se contra a placa de publicidade. A partida ficou parada por alguns minutos para atendimento médico da atleta, que, na raça, conseguiu voltar para a quadra e está bem. Com o jogo reestabelecido, a equipe mineira viveu o melhor momento no jogo. As minastenistas estavam em desvantagem (15/9) e, com muita consistência no ataque de Sheilla, conseguiu virar a parcial para 16/15, obrigando o técnico adversário a para o jogo. A ação do treinador não surtiu efeito e o Itambé/Minas manteve o ritmo (18/16). Determinado, o time brasileiro se reergueu em quadra e conseguiu vencer a parcial: 25/23 (2 sets a 1 para as chinesas).

No quarto set, o técnico Nicola Negro manteve a formação que venceu o set, com Sheilla e Bruninha em quadra. O time conseguiu manter a consistência e disputou o ponto a ponto com as donas da casa (9/9) e depois (14/14). Neste set, quem chocou-se contra placa de publicidade foi a chinesa Du QQ, mas, assim como Léia, ela também permaneceu em quadra. O jogo se manteve equilibrado, mas, no fim, a equipe da casa levou a melhor e venceu o duelo (25/22).

Ficha Técnica:
Itambé/Minas: Macrís, Bruna Honório, Thaisa, Carol Gattaz, Deja McClendon, Acosta e Léia (líbero). 
Entraram: Kasiely, Bruninha e Sheilla. 
Técnico: Nicola Negro.

Guangdong Evergrande: Yao Li, Rabadzhieva, Hanyu Yang, Yixin Zheng, Kosheleva, Xiaohan Mei e Li Lin (líbero). 
Entrou: Du Q Q. 
Técnico: Yan Fang.

Fonte: MTC 
Foto: Divulgação FIVB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...