terça-feira, 2 de abril de 2019

SUPERLIGA 2018/19: també/Minas vence o Osasco/Audax

De virada, Itambé/Minas vence o Osasco/Audax no primeira partida da semi da Superliga
Mais de 3.300 torcedores empuraram o time a mais uma vitória na Arena MTC 

O Itambé/Minas deu um passo importante na disputa por uma vaga na final da Superliga Cimed Feminina. Depois de levar um susto no primeiro set e ver o Osasco/Audax abrir 1 a 0 no jogo, o time minastenista mostrou a sua força, virou a partida e venceu as paulistas por 3 sets a 1, na noite dessa segunda-feira, na Arena Minas Tênis Clube, no primeiro duelo da série melhor de três da semifinal da competição. As parciais de 24/26, 25/15, 25/17 e 25/13 mostram o domínio das minastenistas, que precisam de mais uma vitória para chegar à decisão. A ponteira Gabi foi a maior pontuadora do jogo, com 17 tentos. Natália e Mara ficaram próximas e somaram 15 pontos cada uma. Eleita a melhor jogadora da partida, a levantadora Macrís levou o Troféu Viva Vôlei. O público na Arena MTC foi de 3.358 torcedores presentes.

O próximo encontro entre as equipes será no dia 8/4, próxima segunda-feira, desta vez, em Osasco, no interior de São Paulo. Um novo triunfo, garante ao Minas a classificação para a final. Em caso de vitória do Osasco, o terceiro e decisivo confronto volta para a capital mineira, já que o time minastenista fez a melhor campanha da fase de classificação.

Após a partida, a levantadora Macrís comemorou a boa atuação do time e disse que é preciso manter o mesmo nível de concentração. “Fiquei muito feliz com o reconhecimento, mas a minha atuação só foi possível por causa do time inteiro, que se apresentou muito bem. Estamos fortes e muito concentradas. É muito importante a gente manter isso daqui para frente, porque sabemos da força de reação do Osasco e, hoje, foi apenas o primeiro jogo”, comentou a levantadora minastenista.

O jogo

Itambé/Minas e Osasco/Audax travaram um duelo digno de semifinal. Duas grandes potências do voleibol brasileiro proporcionaram um verdadeiro espetáculo. Quando a bola subiu, o que se viu foi um equilíbrio muito forte entre os times. Desde o início, a equipe minastenista mostrou mais vontade e comandou o placar até a segunda metade do set (15/11). O Osasco, por outro lado, não se abateu e foi valente. O time paulista se acertou, virou o placar e conseguiu vencer a parcial pela diferença mínima: 26/24.



No segundo set, o time minastenista voltou com tudo. Logo no início, a equipe abriu vantagem, com pontos de bloqueio e ace da central Mara (7/2). Empurrada pela torcida, a equipe foi ao ataque e ampliou a vantagem com boas viradas de bola de Gattaz, Natália e Gabi (12/4). O Itambé/Minas se acertou na recepção e contou com a boa atuação da levantadora Macrís, que distribuiu muito bem as bolas. Desta forma, com um ataque fulminante de Natália, a equipe empatou o jogo, ao fazer: 25/15.

As minastenistas voltaram para o terceiro set com o mesmo ritmo. Intenso no ataque e com boa consistência na defesa, as donas da casa estiveram à frente no placar o tempo todo. Por outro lado, o Osasco/Audax sentiu a pressão e cometeu algumas falhas. Quando a equipe paulista marcou o seu décimo ponto, o Itambé/Minas já tinha aberto nove de diferença (19/10). Assim, com ampla superioridade, o time minastenista virou o placar, após ataque forte de Mara, pelo meio: 25/17 (2 sets a 1).

No quarto set, a equipe minastenista também começou melhor. A oposta Bruna Honório deu ritmo ao ataque, que abriu seis pontos de vantagem (10/4). A partir daí, o time adversário deixou o nervosismo tomar conta e cometeu erros na recepção e no ataque. Assim, o Itambé/Minas aproveitou melhor as chances. O torcedor, fez a festa na arquibancada quando a ponteira Gabi salvou uma bola no fundo de quadra, e a central Mara converteu o ponto. A vantagem minastenista de 19 a 11 apontava que a vitória estava próxima. Aos poucos, o time fez o seu jogo e dominou as adversárias, que não tiveram forças para reagir e perderam o primeiro duelo da semifinal da competição nacional, ao ver o Itambé/Minas finalizar o set em 25/13.

EQUIPES:

Itambé/Minas: Macrís, Bruna Honório, Carol Gattaz, Mara, Natália, Gabi e Léia (líbero). 

Entraram: Lana, Mayany, Bruninha, Malu. 

Técnico: Stefano Lavarini,

Osasco/Audax: Claudinha, Hooker, Walewska, Mari Paraíba, Paula Pequeno, Natália e Camila Brait (líbero). 

Entraram: Carol Albuquerque, Lorenne, Leyva e Natasha. 

Técnico: Luizomar de Moura.



Árbitros: Rogério Espicalsky, do Espírito Santo, e Fabício Feliciano, de Goiás.
Público: 3.358 torcedores

Fonte: MTC

Foto: Orlando Bento/MTC
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...