domingo, 9 de dezembro de 2018

SUPERLIGA 2018/19: Sada Cruzeiro vence o Minas

Sada Cruzeiro vence clássico mineiro contra o Minas Tênis Clube

O Sada Cruzeiro (MG) levou a melhor no duelo mineiro contra o Minas Tênis Clube (MG) pela Superliga Cimed masculina de vôlei 18/19. Neste sábado (08.12), o time celeste superou a equipe de Belo Horizonte (MG) por 3 sets a 2 (25/22, 23/25, 25/18, 23/25 e 15/13), na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG). A partida foi válida pela oitava rodada do turno da competição.

O time celeste está em quatro lugar na classificação geral, com 16 pontos (seis vitórias e uma derrota). Já a equipe de Belo Horizonte (MG) aparece na oitava posição, com 10 pontos (três resultados positivos e cinco negativos). O Sesc RJ lidera, com 22 pontos.

O ponteiro Rodriguinho se destacou, foi o mais votado no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e ficou com o Troféu VivaVôlei. O atacante ainda foi o maior pontuador do confronto, com 18 acertos (16 de ataque e dois de saque). O oposto Evandro e o ponteiro Sander, com 14 pontos cada, também se destacaram no duelo.

O ponteiro Rodriguinho fez uma análise sobre a atuação do time celeste no duelo contra o rival mineiro.

“Jogo contra o Minas é sempre difícil. Estamos vindo com uma bagagem boa do Mundial de clubes. Infelizmente não tivemos o resultado que esperávamos, mas saímos de lá mais fortalecidos e com mais ritmo de jogo. Estou feliz com esse momento, mas sempre me cobro muito e tento aos poucos ter um pouco de liderança na quadra como o Filipe que é excepcional”, explicou Rodriguinho.

As duas equipes voltarão à quadra na próxima semana. O Sada Cruzeiro duelará com o EMS Taubaté Funvic (SP) na quarta-feira (12.12), às 20h, no Abaeté, em Taubaté (SP). Já o Minas Tênis Clube terá pela frente o São Francisco Saúde/ Vôlei Ribeirão (SP), Arena Minas, em Belo Horizonte (MG).

O JOGO

A partida começou equilibrada (6/6). O Sada Cruzeiro cresceu de produção e abriu três pontos (14/11). O Minas Tênis Clube diminuiu a vantagem para um ponto (17/16). Quando o time celeste fez 22/20, o treinador do Minas Tênis Clube, Nery Tambeiro, pediu tempo. O Sada Cruzeiro foi melhor no final da parcial e venceu o primeiro set por 25/22.

O segundo set começou disputado ponto a ponto. Com um ponto de contra-ataque do ponteiro Sander, o Sada Cruzeiro abriu dois pontos (9/7) e o treinador Nery Tambeiro pediu tempo. A paralisação fez bem ao time da casa que empatou a parcial (11/11). A equipe de Belo Horizonte se aproveitou dos erros dos visitantes e fez 16/13. O Sada cresceu de produção e deixou tudo igual no final da parcial (22/22). O ponteiro Bob se destacou no final do set e o Minas Tênis Clube levou a melhor por 25/23.

Com um ponto de bloqueio, o Minas Tênis Clube abriu dois pontos no terceiro set (9/7). Bem no saque, o time celeste virou o placar (10/9). O Sada Cruzeiro passou a jogar com velocidade e abriu dois pontos (13/11). Se aproveitando dos erros do time da casa, a equipe cruzeirense aumentou a vantagem para quatro pontos (19/15). Neste momento, o treinador Nery Tambeiro voltou a parar o jogo. O Sada Cruzeiro dominou a parte final do set e venceu a parcial por 25/18.

O Minas Tênis Clube voltou melhor para o quarto set e fez 5/1. O Sada Cruzeiro cresceu de produção e encostou no marcador (10/8). O bloqueio dos donos da casa voltou a funcionar e a diferença no placar subiu para cinco pontos (15/10). O Sada Cruzeiro conseguiu uma grande reação, mas o Minas Tênis Clube levou a melhor na parcial por 25/23.

O central Le Roux fez o primeiro ponto do quinto set. Quando os visitantes fizeram 3/0, o treinador Nery Tambeiro pediu tempo. A diferença no placar caiu para um ponto (6/5). O Sada Cruzeiro se manteve na frente durante todo o set e venceu a parcial por 15/13 e o jogo por 3 sets a 2.

EQUIPES:

Sada Cruzeiro – Cachopa, Evandro, Sander, Rodriguinho, Isac e Le Roux Líbero – Serginho 
Entraram – Luan, Sandro, Leo Nascimento, Lucas, 
Técnico – Marcelo Mendez

Minas Tênis Clube – Marlon, Davy, Honorato, Bob, Flávio e Matheus Bispo. Líbero – Rogerinho e Maique 
Entraram – Carisio, Felipe Roque e Piá 
Técnico – Nery Tambeiro

Fonte: CBV
Foto: Orlando Bento/MTC
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...