terça-feira, 4 de dezembro de 2018

MUNDIAL FEMININO DE CLUBES 2018: Minas estreia com vitória

Minas estreia no Mundial com vitória diante do Volero Le Cannet, da França

O Minas estreou com vitória no Campeonato Mundial de Clubes, que é disputado até o próximo domingo (9/12), no Complexo Esportivo de Shaoxing, na China. O time levou alguns sustos na partida, mas, na raça, conseguiu venceu o Volero Le Cannet, da França, por 3 sets 2. As parciais do jogo, válido pela primeira rodada do grupo A, foram: 17/25, 25/20, 25/16, 17/25 e 16/14. Os destaques da equipe minastenista foram a central Carol Gattaz, que marcou 19 pontos, e a oposta Bruna Honório, com 17.

O Minas, agora, vai enfrentar as donas da casa, que terá o apoio do torcedor chinês. Nesta quarta-feira (5/12), às 10h, no horário de Brasília (DF), e às 20h, no horário local, o duelo, válido pela segunda rodada do grupo A, será diante do Zhejiang Jianxing. A partida será transmitida, ao vivo, pelo Sportv 2. Confira a classificação e a tabela completa do Mundial no site da Federação Internacional Volleyball (FIVB), clique AQUI.

A estreia

O Minas levou um susto logo no primeiro set, que começou até equilibrado. As minastenistas cometeram alguns erros de recepção e pararam no bloqueio adversário. Desta forma, a equipe francesa conseguiu abrir vantagem e fechou a primeira parcial: 25/17.

O segundo set foi diferente. O Minas conseguiu se impor em quadra e mostrou muita raça. O saque e o passe melhoraram e, desta forma, o time minastenista construiu o seu jogo. Com forte poder de ataque, as minastenistas empataram o duelo: 25/20. O Minas voltou para o terceiro set com a mesma pegada. O bloqueio cresceu e segurou o ataque do Volero. O setor ofensivo do Minas manteve o ritmo do segundo set e, com bom aproveitamento, não deu chances para a defesa adversária: 25/16.

No quarto set, o Volero Le Cannet cresceu novamente e o bloqueio francês conseguiu marcar o ataque do Minas, que encontrou muitas dificuldades durante todo o jogo. Assim, o Volero empatou: 25/17.

No tie-break, o time francês dificultou ainda mais duelo. O Minas virou a metade do set na frente (8/4). A partir daí o Volero equilibrou a disputa e, no fim, chegou a empatar: 14/14. A decisão ganhou ares de tensão, porém, as minastenistas tiveram um pouco mais de frieza e concentração para finalizar a partida ao abrir a vantagem mínima: 16/14.

O técnico Stefano Lavarini falou sobre a qualidade do adversário, que, de certa forma, surpreendeu o Minas. “O time adversário apresentou qualidades de bloqueio e de defesa boas e nós, depois de começarmos a ter dificuldades no ataque, não conseguimos desenvolver o jogo da forma como esperávamos. No segundo e no terceiro set conseguimos ter mais qualidade, virar a bola, achamos o encaixe certo e as marcações contra o ataque adversário. No quarto set, eles conseguiram nos marcar de novo e tiveram ótima qualidade. Por fim, no tie-break, provavelmente, por um pouco da nossa experiência, ganhamos o jogo”, destacou o treinador minastenista.

A oposta Bruna Honório lamentou os erros durante o jogo e disse que o time precisa ter mais atenção e saber explorar o bloqueio contra a equipe chinesa. “Hoje, erramos muito e, com isso, elas cresceram. Quando a gente acertou, o jogo mudou. Agora, já é pensar no próximo duelo. Temos que usar o braço para explorar o bloqueio delas, que são altas demais. Temos que ter atenção e não podemos deixar elas jogarem com a bola nas mãos. Precisamos acertar o nosso saque e ir para cima”, comentou Bruna.

O Minas está no grupo A do Mundial, ao lado do Zhejiang Jiaxing, time da casa, do Vakifbank, da Turquia, e do Volero Le Cannet, da França. No grupo B estão o Altay VC, do Cazaquistão, o Eczacibasi, da Turquia, o Supreme, da Tailândia, e o Dentil Praia Clube, de Uberlândia (MG).

EQUIPES:

Minas: Macrís, Bruna Honório, Mara, Carol Gattaz, Natália, Gabi e a líbero Léia. 
Entraram: Bruninha, Malu, Lana, Georgia e Mayany. 
Técnico: Stefano Lavarini.

Volero Le Cannet: Lazarenko, Casanova, Dimitrova, Hasanova, Bjelica, Mori e a líbero Giardino. 
Entraram:Unternahrer, Todorova e Ortschitt. 
Técnico: Selinger Avital.

Árbitros: Vladimir Simonovic, da Sérvia, e Joo-Hee Kang, da Coreia do Sul.

Fonte: Minas Tênis Clube
Foto: Divulgação
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...