quinta-feira, 24 de maio de 2018

LIGA DAS NAÇÕES 2018: Brasil vence a República Dominicana

Brasil encerra segunda semana da Liga das Nações com vitória sobre a República Dominicana

A seleção brasileira feminina de vôlei encerrou a segunda semana da Liga das Nações com resultado positivo. O time do treinador José Roberto Guimarães venceu, nesta quinta-feira (24.05), a República Dominicana por 3 sets a 0 (25/20, 25/10 e 25/13), no Baskent Volleyball Hall, em Ancara, na Turquia. Foi a quinta vitória das brasileiras na competição.

O resultado colocou o Brasil em segundo lugar na classificação geral, com 15 pontos (cinco vitórias e uma derrota). Os Estados Unidos lideram, com 16 pontos. Ainda nesta quinta-feira, a Sérvia duelará com a China e dependendo do resultado pode ultrapassar o time verde e amarelo na tabela.

Na sexta-feira (25.05), o Brasil viajará para Apeldoorn, na Holanda, onde disputará a terceira etapa da competição. Na cidade holandesa, as brasileiras vão duelar com as donas da casa, a Polônia e a Coréia do Sul. O primeiro duelo do time verde e amarelo será na terça-feira (29.05), às 11h30 (horário de Brasília), contra as coreanas.

No jogo contra a República Dominicana, a ponteira Amanda foi a maior pontuadora, com 14 pontos (11 de ataque, um de bloqueio e dois de saque). A central Adenízia também se destacou, com 12 pontos (quatro de ataque e oito de bloqueio). Destaque para o bloqueio brasileiro no duelo contra as dominicanas. Foram 14 pontos do fundamento contra seis das caribenhas.

A ponteira Amanda comentou sobre a partida e elogiou a disciplina tática da equipe do treinador José Roberto Guimarães.

“Conseguimos uma boa vitória contra a equipe da República Dominicana. Foi uma partida difícil e trabalhamos muito para ter uma boa atuação. Jogamos bem taticamente e alcançamos nosso objetivo que era sair daqui com mais três pontos. Vamos com tudo para a próxima etapa”, disse Amanda.

A central Adenízia parabenizou a equipe pela vitória e ressaltou a concentração da equipe verde e amarelo.

“Estou muito feliz com a atuação da equipe. Jogamos muito bem e pressionamos a República Dominicana o tempo todo. Elas têm um bom time que normalmente faz bons jogos contra o Brasil. Não nos desconcentramos durante toda a partida e mantivemos o mesmo ritmo até o final para conseguir essa vitória”, explicou Adenízia.

A competição

A Liga das Nações acontece pela primeira vez em 2018, substituindo o Grand Prix, onde o Brasil é o maior vencedor, com 12 títulos, e atual campeão. Agora, com novo nome e formato, a competição tem 16 equipes na disputa pelo título.

A cada semana são formados quatro grupos com quatro seleções cada, definidos em sorteio. Ao fim da fase classificatória, as cinco equipes mais bem classificadas avançarão à Fase Final, que contará ainda com a China, país sede. A Fase Final acontecerá de 27 de junho a 1º de julho.

O JOGO

A República Dominicana fez os três primeiros pontos do jogo. Bem no bloqueio, o time verde e amarelo empatou a parcial (3/3). Com volume de jogo, as brasileiras viraram o marcador e abriram dois pontos (6/4). A República Dominicana cresceu de produção e empatou (10/10). A levantadora Roberta conseguiu um ponto de saque e o time verde e amarelo abriu dois pontos (12/10). O Brasil foi para o segundo tempo técnico com três de vantagem (16/13). O bloqueio das comandadas pelo treinador José Roberto Guimarães seguia eficiente e a diferença no marcador subiu para cinco pontos (20/15). O Brasil segurou a vantagem até o final e venceu o primeiro set por 25/20.

O Brasil seguiu melhor no início do segundo set e fez 3/1. Com Tandara bem no ataque e Adenízia no bloqueio, o Brasil foi para o primeiro tempo técnico com três de vantagem (8/5). Bem no boqueio, a diferença no placar subiu para sete pontos (12/5). O Brasil foi para o segundo tempo técnico vencendo por 16/6. O Brasil não deu chances para a República Dominicana até o final da parcial e venceu o segundo set por 25/10.

O Brasil começou melhor no início do terceiro set e abriu três pontos (5/2). A República Dominicana cresceu de produção e empatou (6/6). Neste momento, o time verde e amarelo fez seis pontos seguidos (12/6). No segundo tempo técnico, a equipe do treinador José Roberto Guimarães tinha nove pontos de vantagem (16/7). O Brasil dominou a parcial até o final e venceu o set por 25/13 e o jogo por 3 sets a 0.

EQUIPES:

Brasil: Roberta, Tandara, Gabi, Amanda, Adenízia e Bia. Líbero – Suelen 
Entraram – Drussyla, Mara, Macris, Monique, Rosamaria, Carol e Gabiru
Técnico – José Roberto Guimarães

República Dominicana: Marte, Peña, Martinez, Eve, Valdez e Martinez Líberos – Binet e Fernandez
Entraram – Reyes, Dominguez, Arias, Gonzalez e Peralta 
Técnico - Marco Kwiek

Fonte: CBV
Foto: DIvulgação/FIVB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...