sábado, 28 de abril de 2018

SUPERLIGA 2017/18: Sada Cruzeiro vence Sesi-SP

Sada Cruzeiro vence Sesi-SP na primeira partida da final da Superliga 2017/18

O primeiro passou foi dado e a vitória ficou com o Sada Cruzeiro (MG). Diante de um Ibirapuera lotado, com cerca de 10.010 torcedores, em grande parte adversários, o time mineiro levou a melhor sobre o Sesi-SP na tarde deste sábado (28.04) e saiu na frente na disputa pelo título da Superliga Cimed masculina de vôlei 2017/2018. Na melhor de dois jogos, a equipe dirigida pelo técnico Marcelo Menfez venceu o primeiro por 3 sets a 2, com equilibradas parciais de 25/23, 25/27, 26/24, 22/25 e 15/12.

O segundo e decisivo confronto será no próximo domingo (06.04), às 9h, na casa do Sada Cruzeiro, no ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte (MG) – já que o time mineiro teve melhor campanha na fase classificatória. Em caso de mais uma vitória, a equipe cruzeirense ficará com o título. Se o Sesi-SP vencer desta vez, a disputa vai para o Super Set, um set normal de 25 pontos, que definirá o grande campeão da temporada.

Nesta tarde, o levantador Nicolas Uriarte foi eleito, por votação popular, o melhor jogador da partida e comemorou o resultado neste primeiro jogo. “Sabíamos que uma final seria neste nível, em uma partida muito difícil. Hoje foi difícil entrar no jogo e ainda temos um segundo confronto contra eles. Temos que entrar fortes para conseguir mais uma vitória”, disse Uriarte.

O técnico Marcelo Mendez também de quadra saiu satisfeito. “Uma vitória muito importante, contra um time muito qualificado, que joga muito bem e temos uma vantagem. Agora teremos uma oportunidade a mais e temos que começar firmes e fortes neste segundo jogo”, disse Mendez.

O oposto Evandro analisou, de forma resumida, a atual situação do Sada Cruzeiro nesta decisão. “É um jogo e uma vitória na final. Temos que ganhar a segunda ou, se perder, temos que vencer o Super Set. Isso é a decisão desta Superliga. Não tem nada garantido para nenhum dos dois lados”, afirmou Evandro.

Pelo Sesi-SP, o líbero Murilo falou sobre o desempenho do seu time. “Conseguimos em alguns momentos segurar o jogo deles, que era de um saque muito forte. Tomamos poucos pontos de passe e isso era importante para sair com a vitória hoje, mas pecamos em outras situações que precisamos melhorar se quisermos sair com o resultado positivo no próximo jogo”, disse Murilo.

O JOGO

Com o oposto Evandro bem nas viradas de bola, o Sada Cruzeiro fez 3/1 no início do primeiro set. Bem no saque, o time mineiro abriu quatro pontos (6/2). O bloqueio e o saque dos visitantes eram eficientes e a equipe celeste abriu cinco pontos. Neste momento, o treinador Rubinho pediu tempo. Mesmo com a paralisação, os mineiros continuaram melhores e fizeram 11/4. Se aproveitando dos erros dos donos da casa, o Sada Cruzeiro manteve a vantagem no marcador (16/10). Com volume de jogo, o Sesi-SP encostou no placar (16/13) e foi a vez do treinador Marcelo Mendez parar o jogo. Mesmo com paralisação, os paulistas diminuíram a vantagem para um ponto (17/16). Com um ponto de bloqueio, os donos da casa deixaram tudo igual no marcador (19/19). O Sada Cruzeiro foi melhor no final da parcial e venceu o primeiro set por 25/23. 

O Sada Cruzeiro seguiu melhor no início do segundo set e fez 5/3. O oposto Evandro era eficiente no ataque e o time celeste abriu três pontos (9/6). Bem no saque no bloqueio, os donos da casa deixaram tudo igual no marcador (12/12). Numa boa sequência de saques do ponteiro Leal, o Sada Cruzeiro abriu três pontos (15/12) e o treinador Rubinho pediu tempo. Com um ace do oposto Franco, o time paulista diminuiu a vantagem no marcador (16/14). O volume de jogo dos donos da casa passou a funcionar e o Sesi-SP empatou (17/17). Quando o Sesi-SP assumiu a liderança do marcador (19/18), o treinador Marcelo Mendez voltou a parar o jogo. O final da parcial foi disputado ponto a ponto e os donos da casa levaram a melhor por 27/25.

O terceiro set começou equilibrado. Com um ponto do oposto Evandro, o Sada Cruzeiro fez 5/4. Com Leal bem no ataque, o time celeste abriu dois pontos (7/5). Bem no bloqueio, o time mineiro seguiu na frente no marcador (10/9). O Sesi-SP fez dois pontos seguidos e virou o placar (11/10). O set ficou disputado ponto a ponto. O ponteiro Douglas Souza fez um ponto numa largada e os donos da casa assumiram a liderança no marcador (18/17). Bem no saque, o Sesi-SP abriu dois pontos (20/18) e o treinador Marcelo Mendez pediu tempo. O Sada Cruzeiro cresceu de produção e empatou (22/22). Liderados pelo central Simon, o time celeste venceu o terceiro set por 26/24.

O Sesi-SP começou melhor no quarto set e fez 6/3. Com uma boa sequência de saques do ponteiro Filipe, o Sada Cruzeiro empatou o placar (8/8). O time da casa fez três pontos seguidos e abriu no marcador (11/8). Bem no saque e com volume de jogo, o Sesi-SP abriu quatro pontos (13/9). Com um ponto de ataque do ponteiro Douglas Souza, os paulistas fizeram 16/12. O Sada Cruzeiro cresceu de produção e empatou (18/18). O final da parcial foi disputado ponto a ponto. O oposto Alan conseguiu dois excelentes saques e o time da capital paulista venceu a parcial por 25/22.

O Sesi-SP fez o primeiro ponto do quinto set. O Sada Cruzeiro conseguiu quatro pontos seguidos e virou o marcador (4/1). Se aproveitando dos erros do time da casa, a equipe visitante manteve a vantagem no placar (8/4). O Sesi-SP cresceu de produção e deixou tudo igual no marcador (8/8). O final da parcial foi disputado ponto a ponto. Com um ponto de contra-ataque do ponteiro Leal, a equipe mineira abriu dois pontos (11/9). O time celeste segurou a vantagem até o final e venceu o quinto set por 15/12 e o jogo por 3 sets a 2.

EQUIPES: 

SESI-SP – William, Alan, Douglas Souza, Lipe, Gustavão e Lucão. Líbero – Murilo
Entraram – Evandro, Franco, Piá e Leandro Aracaju
Técnico – Rubinho

SADA CRUZEIRO – Uriarte, Evandro, Filipe, Leal, Simon e Isac. Líbero – Serginho
Entraram – Rodriguinho, Alemão, Cachopa e Éder Levi
Técnico – Marcelo Mendez 

Fonte: CBV
Foto: Divulgação Sada Cruzeiro
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...