sábado, 21 de janeiro de 2017

SUPERLIGA 2016/17:Vôlei Nestlé passa pelo Sesi e mantém vice-liderança da Superliga

Vôlei Nestlé passa pelo Sesi e mantém vice-liderança da Superliga
No embalo da torcida e do lançamento do videoclipe "O Rolé É Nosso", o time de Osasco não tomou conhecimento do rival e teve Paula como melhor em quadra

Embalado pela torcida e pelo lançamento do videoclipe "O Rolê É Nosso", o Vôlei Nestlé recebeu o Sesi-SP no ginásio José Liberatti e venceu em sets diretos, parciais de 25/17, 25/16 e 25/23, com duração de 1h32 de confronto. Com o resultado, o time de Osasco chegou aos 34 pontos, se isolando na vice-liderança da Superliga 2016/17. A oposta Paula recebeu o VivaVôlei, como a melhor em quadra. A maior pontuadora da partida foi Isabela Paquiardi, do Sesi, com 15 pontos. 


Paula saiu feliz de quadra com o seu troféu e com o resultado da sua equipe. "Sabíamos que não seria um jogo fácil, porque o Sesi é time com muito potencial. Entramos bem, focadas, e tínhamos consciência do que precisávamos fazer. As ações especiais feitas neste jogo foram importantes, pois contagiam a torcida e, por isso, acabam nos ajudando em quadra". 

O técnico Luizomar destacou o respeito que o time de Osasco teve pelo rival. "Estamos pensando jogo por jogo. Nossa equipe respeitou e jogou sério com a jovem equipe do Sesi e, por isso, conquistou uma vitória importante. Agora vamos focar na Copa do Brasil. Temos uma semana de treinos para um jogo difícil diante do Camponesa/Minas em Campinas e precisamos nos preparar bem. É momento de trabalhar bastante para tentar colocar o Vôlei Nestlé em mais uma final", afirmou o treinador. 

Depois de 14 rodadas disputadas, o Vôlei Nestlé aparece com 11 vitórias e somente três derrotas. O líder é o Rexona-Sesc, com 40, com o mesmo número de jogos. Este foi o 16º embate entre o time de Osasco e o do Sesi na história da Superliga e a vantagem é de Luizomar e suas comandadas com de 12 vitórias contra quatro do rival. Somando todas as competições, os clubes se enfrentaram 32 vezes e Camila Brait e suas companheiras somam 24 resultados positivos contra oito do adversário. O Vôlei Nestlé volta a entrar em quadra pela Superliga no dia 03 de fevereiro diante do Rio do Sul, em Santa Catarina. 

Copa Banco do Brasil - A próxima semana será de compromisso pela Copa Banco do Brasil. Classificado para a semifinal, o Vôlei Nestlé enfrenta o Camponesa/Minas na sexta-feira (27), às 22h, no ginásio do Taquaral, em Campinas. O outro confronto será entre Rexona-Sesc e Dentil/Praia Clube, às 19h30, ambos com transmissão do SporTV e da TV Brasil. A decisão do torneio está marcada para sábado (28), às 21h. 

O jogo - Jogando com seriedade e aplicação, o Vôlei Nestlé dominou o set inicial. O saque desestabilizou a recepção do Sesi, facilitando os contra-ataques (9 pontos) e forçando os do Sesi (12 pontos). Resultado, 25/17, com destaque para Tandara, com 5 pontos.

O Sesi voltou mais animado, tanto que saiu na frente e chegou a marcar 9/6. O Vôlei Nestlé reagiu, empatou 10/10 e retomou o controle do jogo. Foi abrindo vantagem até fechar em 25/16. Pontuação: ataque (13), bloqueio (3), ace (3), erros do adversário (6). Paula fez 5 pontos. 

O Vôlei Nestlé dominou o set até pouco mais da metade, quando chegou a marcar 18/14. O Sesi reagiu e empatou em 18/18 e trouxe emoção à série. As duas equipes trocaram pontos, mas as donas da casa prevaleceram pela maior experiência, 25/23, com um ace de Tandara. Paula foi o destaque, com 5 pontos.

Pelo Vôlei Nestlé jogaram: Dani Lins (1), Paula (12), Tandara (11), Malesevic (9), Bia (14), Nati Martins (3) e a líbero Camila Brait. Entraram: Carol Albuquerque (1), Bjelica (2), Saraelen (2) e Clarisse. Técnico: Luizomar de Moura.

Pelo Sesi-SP jogaram: Giovana (1), Lorenne (8), Jú Mello (8), Linda Jéssica (7), Isabela 
Paquiardi (15), Gabriela (9) e a líbero Natália. Entraram: Glayce (1), Thais, Amabilie. Técnico: Giuliano Ribas.

Fonte:  Rafael Zito - ZDL
Foto: João Pires/Fotojump

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...