domingo, 29 de janeiro de 2017

COPA DO BRASIL 2017: Rexona-Sesc vence Camponesa/Minas e é campeão

Rexona-Sesc vence Camponesa/Minas e é campeão da Copa do Brasil 2017

O Rexona-Sesc (RJ) é campeão da Copa Banco do Brasil feminina de vôlei 2017. Neste sábado (28.01) diante de mais de 2.700 pessoas, a equipe carioca venceu o Camponesa/Minas (MG) na decisão por 3 sets a 0 (25/15, 25/20 e 25/21), no ginásio do Taquaral, em Campinas (SP). O time do treinador Bernardinho conquistou o terceiro título da competição. 

Com grandes defesas, a líbero Fabi teve atuação destacada e foi eleita pela comissão técnica do Rexona-Sesc a melhor jogadora do confronto. Ao final do duelo, a defensora comentou sobre o título das cariocas. 

“Foi uma atuação muito boa da nossa equipe nessa final. O Camponesa/Minas tem uma grande equipe que está buscando a evolução e acredito que elas ainda vão melhorar muito para a fase final da Superliga. Nós respeitamos muito o time delas. Hoje conseguimos imprimir um ritmo muito forte de saque, bloqueio e defesa. Fico feliz não só pela vitória, mas pela forma que o nosso time se comportou nos momentos decisivos. Estamos sempre buscando a melhora individual e coletiva. Hoje saímos de quadra com a sensação que fizemos o nosso melhor nesse momento ”, disse Fabi. 

A central Carol, do time carioca, fez questão de elogiar o saque e a defesa do Rexona-Sesc na partida decisiva. 

“Estamos muito felizes de ter conseguido esse título. Nosso saque e o sistema defensivo funcionaram muito bem contra a equipe do Camponesa/Minas. Conseguimos anular as principais jogadas delas e acabamos com a vitória. Agora é manter o foco para o restante da temporada”, afirmou Carol. 

Depois do título, o Rexona-Sesc volta a atenção para a Superliga. O time carioca enfrentará o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) às 19h30 desta sexta-feira (03.02), na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus (AM). 

O JOGO 

O Rexona-Sesc começou melhor e fez 7/4. Se aproveitando dos erros das mineiras, as cariocas aumentaram a diferença no placar para quatro pontos (10/6). Quando a equipe do treinador Bernardinho fez 11/6, o técnico Paulo Coco trocou as ponteiras. Entrou Jaqueline e saiu Rosamaria. O volume de jogo das cariocas incomodava as mineiras e o Rexona-Sesc abriu oito pontos (20/12). O Rexona-Sesc dominou a parcial até o final e venceu o primeiro set por 25/15. 

O Rexona-Sesc seguiu melhor no início do segundo set e fez 4/2. O saque das cariocas incomodava as mineiras e a diferença no placar subiu para cinco pontos (7/2). Numa boa sequência de saques da oposta Hooker, o time mineiro encostou (7/5). Depois de um longo rally, as cariocas fizeram 10/6. Quando o placar estava 12/6, o treinador Paulo Coco trocou as levantadoras. Entrou Karine e saiu Naiane. Bem nos contra-ataques, o Rexona-Sesc seguiu melhor e fez 16/11. Com bom volume de jogo, as cariocas mantiveram a vantagem em cinco pontos (19/14). O Camponesa/Minas cresceu de produção e encostou (22/20). O Rexona-Sesc segurou a reação das mineiras e fechou o segundo set por 25/21.

O Camponesa/Minas voltou melhor para o terceiro set e fez 7/4. Numa boa sequência de saques da central Juciely, o time carioca empatou (8/8). Bem no saque, as cariocas viraram o marcador (11/09) e o treinador Paulo Coco pediu tempo. Com um ace da central Carol Gattaz, as mineiras empataram (14/14).O bloqueio do Rexona-Sesc voltou a funcionar e as cariocas abriram dois pontos (18/16). O time do treinador Bernardinho dominou a parte final do set e venceu a parcial por 25/20 e o jogo por 3 sets a 0. 

EQUIPES:

REXONA-SESC – Roberta, Monique, Buijs, Gabi, Juciely e Carol. Líbero – Fabi 
Técnico – Bernardinho 

CAMPONESA/MINAS – Naiane, Hooker, Pri Daroit, Rosamaria, Mara e Carol Gattaz. Líbero – Léia 
Entraram – Jaqueline, Fran, Karol e Karine 
Técnico – Paulo Coco

COPA BANCO DO BRASIL FEMININO

TABELA

- Fase Classificatória

(Jogo 1) 16.01 (SEGUNDA-FEIRA) – Rexona-Sesc (RJ) 3 x 0 Fluminense (RJ), às 19h30, no Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ) (25/18, 25/21 e 25/17)

(Jogo 2) 17.01 (TERÇA-FEIRA) – Vôlei Nestlé (SP) 3 x 2 Pinheiros (SP), às 19h30, no José Liberatti, em Osasco (SP) (28/26, 25/17, 17/25, 21/25 e 15/10)

(Jogo 3) 17.01 (TERÇA-FEIRA) – Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF) 0 x 3 Camponesa/Minas (MG), às 20h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF) (22/25, 21/25 e 22/25) 

(Jogo 4) 17.01 (TERÇA-FEIRA) – Genter Vôlei Bauru (SP) 0 x 3 Dentil/Praia Clube (MG), às 20h, no CMEEC, em Marília (SP) (20/25, 17/25 e 21/25)

- Semifinais

(Jogo 5) 27.01 (SEXTA-FEIRA) – Rexona-Sesc 3 x 1 Dentil/Praia Clube, às 19h30, no ginásio do Taquaral, em Campinas (SP) – (22/25, 25/20, 25/15 e 25/15) 

(Jogo 6) 27.01 (SEXTA-FEIRA) – Vôlei Nestlé 2 x 3 Camponesa/Minas, às 22h, no ginásio do Taquaral, em Campinas (SP) – (29/27, 23/25, 29/27, 22/25 e 10/15)

- Final

28.01 (SÁBADO) – Rexona-Sesc (RJ) 3 x 0 Camponesa/Minas (MG), às 21h, no ginásio Taquaral, em Campinas (SP) – (25/15, 25/21 e 25/20)

Fonte: CBV
Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...