domingo, 18 de dezembro de 2016

SUPERLIGA 2016/17: De virada, Dentil/Praia Clube vence o Fluminense

De virada, Dentil/Praia Clube vence o Fluminense
Fabiana foi eleita a melhor jogadora da partida

O Dentil/Praia Clube (MG) voltou a vencer pela Superliga feminina de vôlei 16/17. A equipe mineira superou, neste sábado (17.12), o Fluminense (RJ), de virada, por 3 sets a 1 (22/25, 26/24, 25/15 e 25/18), em 2h03 de jogo, no ginásio das Laranjeiras, no Rio de Janeiro (RJ). Foi a oitava vitória do time do treinador Ricardo Picinin na competição. A partida foi válida pela décima rodada do turno. 

O resultado colocou o Dentil/Praia Clube em quarto lugar na classificação geral, com 23 pontos (oito vitórias e duas derrotas). O Fluminense está na oitava colocação, com 13 pontos (cinco resultados positivos e cinco negativos). O Rexona-Sesc (RJ) lidera, com 28 pontos, seguido pelo Vôlei Nestlé (SP), com 24, e o Genter Vôlei Bauru (SP), com 23 e um melhor saldo de sets do que as mineiras. 

A central Fabiana brilhou em quadra, foi eleita a melhor da partida e ficou com o Troféu VivaVôlei. Ao final do duelo, a bicampeã olímpica falou sobre a atuação das mineiras. 

“No primeiro set cometemos muitos erros, mas depois conseguimos entrar na partida. Nossa equipe ainda está crescendo na competição e sabemos que ainda temos muito o que melhorar. Acredito que ainda podemos ser mais agressivas e vamos seguir trabalhando forte para evoluirmos a cada jogo”, disse Fabiana, que marcou 16 pontos no duelo. 

A central Walewska também pontuou bem pelas mineiras e com 17 acertos foi a maior pontuadora do confronto. 

Pelo lado do Fluminense, a ponteira Sassá, que marcou 13 pontos, lamentou a derrota e as oportunidades perdidas pelas cariocas nos momentos decisivos do jogo. 

“Começamos bem a partida com o sistema defensivo funcionando bem e estávamos conseguindo rodar as bolas. Depois do segundo set que brigamos ponto a ponto até o final, caímos um pouco na partida. No entanto, vejo nosso time numa crescente e temos que melhorar nesses finais de set. Agora temos que fazer um bom jogo contra o Sesi-SP para fecharmos bem esse ano”, afirmou Sassá. 

As duas equipes voltarão à quadra na próxima quarta-feira (21.12). O Dentil/Praia Clube (MG) jogará com o Rexona-Sesc (RJ), às 21h55, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG). Já o Fluminense enfrentará o Sesi-SP, às 19h, no ginásio do Sesi, em Santo André (SP). 

Por problemas de umidade no ginásio do Hebraica, a partida entre o Fluminense e o Dentil/Praia Clube foi transferida para o ginásio das Laranjeiras, no Rio. 

O JOGO 

O Fluminense começou melhor e fez os dois primeiros pontos da partida. O Dentil/Praia Clube cresceu de produção e empatou (3/3). Bem nos contra-ataques e no bloqueio, as donas da casa fizeram 8/4. Nesse momento, o técnico Ricardo Picinin pediu tempo. Com um ponto de saque da ponteira Michelle, as visitantes encostaram (8/6). O saque das mineiras incomodou as donas da casa e o time de Uberlândia empatou (10/10). O set ficou disputado ponto a ponto. A ponteira Sassá se destacava no ataque e as cariocas fizeram 17/15. Com um ponto de bloqueio da central Walewska, o Dentil/Praia Clube empatou (17/17). O Fluminense foi melhor no final da parcial e venceu o primeiro set por 25/22. 

O Dentil/Praia Clube voltou melhor para o segundo set e fez 6/2. Neste momento o treinador Hylmer pediu tempo. O Fluminense cresceu de produção e encostou (10/8). Numa boa sequência de saques da levantadora Claudinha, o time mineiro voltou a abrir no marcador (14/10). Bem no bloqueio e no saque, as donas da casa encostaram (14/13). Com um ace da ponteira Ellen, as mineiras voltaram a dominar o placar (17/13). Numa boa passagem pelo saque da ponteira Jú Odilon, as cariocas encostaram (18/17). O final da parcial foi disputado ponto a ponto. O Dentil/Praia Clube foi melhor nos momentos decisivos e venceu o segundo set por 26/24. 

O Dentil/Praia Clube manteve o bom momento no início do terceiro set e fez 4/0. Bem no bloqueio, o time mineiro abriu cinco pontos (8/3). Numa boa sequência de saques da oposta Ramirez, a diferença no marcador subiu para sete pontos (12/5). O saque das mineiras dificultava a recepção das cariocas. O Dentil/Praia Clube não deu chances para as cariocas e venceu o terceiro set por 25/15. 

A equipe do treinador Ricardo Picinin seguiu melhor no início do quarto set e fez 6/3. Quando o placar estava 7/3 para as mineiras, o treinador Hylmer pediu tempo. Se aproveitando dos erros das donas da casa, o Dentil/Praia Clube fez 11/4. Com um ponto de bloqueio da central Fabiana, o time mineiro fez 14/7. O Dentil/Praia Clube manteve a vantagem até o final e venceu o set por 25/18 e o jogo por 3 sets a 1. 

EQUIPES:

Fluminense – Pri Heldes, Renatinha, Jú Costa, Sassá, Lara e Letícia Hage. Líbero – Jú Perdigão 
Entraram – Jú Odilon, Arianne, Jordane, Érika, Natasha 
Técnico – Hylmer

Dentil/Praia Clube – Claudinha, Carla, Ellen, Michelle, Fabiana e Wal. Líbero – Tássia 
Entraram - Jú Carrijo, Natasha, Mariana Galon, Ramirez, Edneia 
Técnico – Ricardo Picinin

Fonte e Foto: Divulgação CBV
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...