quarta-feira, 9 de novembro de 2016

SUPERLIGA 2016/17: Reencontrando o torcedor, Rio do Sul vence em casa por 3 sets a 0

Reencontrando o torcedor, Rio do Sul vence em casa por 3 sets a 0

Ponta Kasiely foi eleita a melhor do jogo. Segredo do jogo foi o saque e o ataque eficiente, aponta jogadora

Reencontrar o torcedor fez bem para Rio do Sul. Com duas vitórias e apenas uma vitória nas primeiras três partidas fora de casa da Superliga, a equipe catarinense queria dar um cartão de boas vindas aos apaixonados pelo vôlei em Santa Catarina. E assim o fez. Vitória por 3 sets a 0 sobre o Terracap/BRB/Brasília (DF), com parciais de 25/18, 25/16 e 25/22. A ponteira Kasiely foi eleita a melhor jogadora da partida.

O primeiro set teve um Rio do Sul bem diferente do jogo passado. Se o passe e o ataque funcionaram com dificuldade, o time pareceu solto e encaixado. O retorno da levantadora Carol, ausente nas partidas passadas por conta de dores nas costas, fez a diferença para que as atacantes pudessem trabalhar melhor as jogadas. Com vantagem, o time administrou bem a parcial e fechou em uma jogada malandra da oposta Natiele.

No segundo set as rio-sulenses estavam ainda melhores. O saque funcionou bem enquanto o ataque pela entrada e saída de rede tinham eficiência, assim como várias bolas de contra-ataques, o que deixou a torcida no ginásio Artenir Werner empolgada. Natiele continuava o nome do jogo no ataque, assim como Kasiely.

No set decisivo, Rio do Sul tinha a responsabilidade de manter o pique para não deixar Brasília gostar do jogo. Mesmo em uma parcial mais equilibrada, as donas da casa tiveram calma para trabalhar as jogadas. Kasiely conseguia virar praticamente todas as bolas que chegavam, e assim, recebeu o troféu de melhor da partida em reconhecimento pelo trabalho em quadra..

A líbero Tatiana Rizzo ficou muito feliz com a volta ao ginásio para um jogo de Superliga. “A torcida foi demais. Nos empurrou e deu coragem. E o time jogou muito bem, sacou com eficiência e teve muita coragem no ataque”. Já o treinador Fernando Bonatto disse que o jogo foi aquilo mesmo que foi orientado dentro do vestiário. “Tínhamos que ir pra cima, com tudo, não deixar o adversário respirar. Nossas três derrotas contra o Brasília em amistosos nos ensinaram muito. E agora, colocamos isso em quadra e de maneira muito eficiente”, ressaltou.

O próximo jogo de Rio do Sul também será em casa. O reencontro com a torcida é no dia 22 de novembro contra o Camponesa/Minas, às 20h15. Os ingressos serão colocados a venda na próxima semana ou já adquiridos na internet no site do clube: www.voleiriodosul.com.br/loja.

Fonte/foto: Clóvis Eduardo Cuco Assessoria de Imprensa do Rio do Sul
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...