terça-feira, 4 de outubro de 2016

SUPERLIGA 2016/17: CBV divulga tabela da Superliga Masculina e Feminina

CBV divulga tabela da Superliga Masculina e Feminina 2016/17

Logo após uma temporada de grandes resultados das seleções brasileiras de quadra e praia nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o vôlei brasileiro vira o foco para o principal campeonato do seu calendário. A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou, nesta segunda-feira (03.10), a tabela da Superliga masculina e feminina 2016/2017 e A competição terá início no dia 26 de outubro, com o confronto entre JF Vôlei (MG) e Brasil Kirin (SP). O feminino começará no dia 27, com dois jogos: Renata Valinhos/Country (SP) x Dentil/Praia Clube (MG) e Concilig/Finch/Vôlei Bauru (SP) x Camponesa/Minas (MG).

Os dois naipes apresentarão novidades nesta edição. A Superliga masculina contará com o Caramuru Castro (PR), que ganhou a vaga através da Superliga B, assim como o Fluminense que estará na elite na competição feminina.

A parte técnica também terá mudanças. De acordo com o regulamento, com o fim das paradas no oitavo e no 16º ponto – seguindo o novo formato das competições internacionais. Outra alteração para esta edição da Superliga acontecerá na fase de playoff. Na masculina, as séries de quartas de final e semifinais serão em cinco jogos. Na feminina, acontecerá o mesmo apenas na fase semifinal. As duas finais seguem em jogo único.

A pontuação continua igual. Em caso de vitória por 3 sets a 0 ou 3 a 1, o time ganga 3 pontos. A equipe que sofrer derrota por 3 a 0 ou 3 a 1, não pontua. Em caso de resultado por 3 a 2, dois pontos para o time vencedor e um para o perdedor.

A Superliga masculina 16/17 contará com Sada Cruzeiro (MG), Brasil Kirin (SP), Funvic Taubaté, Sesi-SP, Montes Claros Vôlei (MG), Vôlei Canoas (RS), Maringá Vôlei (PR), JF Vôlei (MG), Minas Tênis Clube (MG), Bento Vôlei (RS), São Bernardo Vôlei (SP) e Caramuru Castro (PR).

No feminino, estarão na disputa Rexona-Sesc (RJ), Dentil/Praia Clube (MG), Camponesa/Minas (MG), Vôlei/Nestlé (SP), Sesi-SP, Rio do Sul (SC), Esporte Clube Pinheiros (SP), Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF), São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), Concilig/Finch/Bauru Vôlei (SP), Fluminense Futebol Clube (RJ) e Renata Valinhos/Country (SP).

A competição terá transmissão da RedeTV! e do SporTV ao longo das fases classificatória e playoffs e também da TV Globo nas duas decisões. O melhor jogador de cada partida, o dono do Troféu VivaVôlei, continuará sendo eleito pelos torcedores através de votação no site da CBV.

Fonte: CBV
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...