sábado, 8 de outubro de 2016

SUPERCOPA DE VÔLEI FEMININO 2016: Rexona-Sesc vence Dentil/Praia Clube e é bicampeão

Rexona-Sesc vence Dentil/Praia Clube e é bicampeão da Supercopa

O Rexona-Sesc (RJ) é bicampeão da Supercopa. Nesta sexta-feira (07.10), a equipe carioca venceu o Dentil/Praia Clube (MG) por 3 sets a 1 (25/12, 25/19, 25/27 e 25/20), no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG), e garantiu o segundo título consecutivo da competição. A partida reuniu as equipes que decidiram a Superliga e a Copa Banco do Brasil na última temporada.

A ponteira Gabi, do Rexona-Sesc, foi um dos destaques da partida e comemorou o primeiro título das cariocas nesta temporada.

"Estou muito feliz pelo nosso crescimento. Não fizemos uma boa partida na final do Carioca, quando fomos superadas pelo Fluminense, e hoje jogamos muito bem contra o Dentil/Praia Clube, que minha opinião é a favorita nessa temporada. Isso traz confiança para o nosso grupo que tem uma competição importante na sequência, que é o Mundial de clubes", disse Gabi, que ainda fez uma análise sobre o duelo desta sexta-feira contra o Dentil/Praia Clube.

"Conseguimos sair de uma situação difícil no jogo depois do terceiro set e jogamos a partida como um grupo. Isso foi o mais importante. Mesmo jogando fora de casa alcançamos um grande resultado. Sabemos que temos muito ainda para melhorar, mas estamos no caminho certo", afirmou Gabi.

A ponteira holandesa Anne Buijs, que conquistou seu primeiro título pelo Rexona-Sesc, falou sobre a sua adaptação ao voleibol brasileiro.

"Nós começamos muito bem a partida colocando muita pressão na equipe delas, mas depois elas melhoraram e o final do jogo foi muito disputado. Jogamos muito bem nos momentos decisivos e acredito que isso foi determinante na partida. Estou muito feliz com esse meu início no Brasil. As jogadoras e a comissão técnica têm me ajudado muito. Quero aprender o português o mais rápido possível e evoluir como jogadora ao lado desse grupo", comentou Anne Buijs.

Pelo do Dentil/Praia Clube, a central Walewska lamentou a derrota, mas lembrou que o time mineiro está apenas no início de temporada.

"Foi o nosso primeiro jogo oficial da temporada. Jogamos contra o time muito forte que é o Rexona-Sesc e acredito que hoje sentimos um pouco a falta de ritmo de jogo. Vamos seguir trabalhando forte para evoluirmos até o início da Superliga", explicou Walewska.

O JOGO

A partida começou com um longo rally que terminou com um ponto de ataque da central Carol para o Rexona-Sesc. Com um ace da ponteira Gabi, a equipe carioca abriu dois pontos (6/4). Bem no saque, as cariocas fizeram 12/6 e o treinador Ricardo Picinin pediu tempo. Se aproveitando dos erros das mineiras, as cariocas voltaram a abrir no marcador (18/9). Sem dar chances para as donas da casa, o Rexona-Sesc venceu o primeiro set por 25/12.

A segunda parcial começou equilibrada. O Dentil/Praia Clube cresceu de produção e fez 4/2. A central Juciely conseguiu uma boa sequência de saques e o Rexona-Sesc virou o marcador (6/5). O set ficou disputado ponto. Bem no saque e se aproveitando dos erros das donas da casa, o Rexona-Sesc abriu três pontos (14/11). A central Fabiana cresceu no bloqueio e as mineiras empataram (16/16). O Rexona-Sesc voltou a dominar o set na parte final da parcial e fez 19/16. O Rexona-Sesc foi melhor até o final e venceu o set por 25/19.

O Dentil/Praia Clube voltou melhor para o terceiro set e fez 5/2. Bem no bloqueio, o Rexona-Sesc empatou (5/5). Os contra-ataques das mineiras eram eficientes e elas voltaram a abrir no marcador (11/7). A central Juciely se destacou no saque e no ataque e as cariocas viraram o marcador para 20/18. O final da parcial foi disputado ponto a ponto e as donas da casa levaram a melhor por 27/25.

A quarta parcial começou equilibrada. Com um ponto de ataque da ponteira Gabi, o Rexona-Sesc abriu dois pontos (11/9). O Dentil/Praia Clube - liderado pela norte-americana Alix e a ponteira Ellen - virou o marcador (15/13). A levantadora Roberta conseguiu uma boa sequência de saques e o Rexona-Sesc voltou a liderar o marcador (16/15). Quando as donas da casa assumiram a liderança do placar e fizeram 19/17 o treinador Bernardinho pediu tempo. A paralização fez bem para as atuais campeãs que empataram (20/20). O time do treinador Bernardinho foi melhor na parte final da parcial e venceu o quarto set por 25/20 e o jogo por 3 sets a 1.

Supercopa masculina

A Supercopa masculina será realizada no dia 29 de outubro, às 21h30, em Fortaleza (CE). O duelo decisivo reunirá o Sada Cruzeiro (MG) e o Brasil Kirin (SP). As equipes disputaram as finais da Superliga e da Copa Banco do Brasil na última temporada.

EQUIPES

Dentil/Praia Clube - Claudinha, Ramirez, Michelle, Alix, Wal e Fabiana. Líbero - Tássia 
Entraram - Malu, Jú Carrijo, Ellen, Natasha e 
Técnico - Ricardo Picinin

Rexona-Sesc - Roberta, Monique, Anne Buijs, Gabi, Juciely e Carol. Líbero - Fabi e Vitória 
Entraram - Drussyla, Helô e Camilla Adão 
Técnico - Bernardinho

SUPERCOPA

07.10 - (SEXTA-FEIRA) - Rexona-Sesc (RJ) 3 x 1 Dentil/Praia Clube (MG) (25/12, 25/19, 25/27 e 25/20), às 18h15, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG)

Fonte/foto: CBV
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...