terça-feira, 6 de setembro de 2016

CAMPEONATO PAULISTA DE VÔLEI FEMININO 2016: Vôlei Nestlé recebe o Pinheiros nesta terça

Há quase dois anos sem perder no Paulista, Vôlei Nestlé recebe o Pinheiros nesta terça
Campeão com 100% de aproveitamento em 2015, o time de Osasco perdeu pela última vez na competição para o rival desta terça-feira (6) no primeiro duelo da semifinal de 2014

Osasco (SP) - Atual tetracampeão, o Vôlei Nestlé não perde há quase dois anos no Campeonato Paulista. A equipe de Osasco venceu a edição de 2015 com 100% de aproveitamento e foi derrotada pela última vez no primeiro confronto da semifinal de 2014. O revés foi diante do Pinheiros, adversário desta terça-feira (6), em partida realizada no José Liberatti. Com duas vitórias e na liderança da competição de 2016, Luizomar e suas comandadas entram em quadra às 19h30, no ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo.

Camila Brait é a única titular daquela época que estará no jogo desta terça-feira pela terceira rodada do Paulista. "Lembro que perdemos em casa por 3 a 0 e depois tivemos que vencê-las no ginásio delas por 4 a 0, pois precisamos ganhar a partida e, em seguida, o Golden Set. O Pinheiros defende e saca muito bem. Não podemos perder a paciência e querer fazer o ponto de qualquer maneira. É um time habilidoso, que larga com eficiência e usa a mão de fora para explorar o bloqueio. Jogar dentro da casa delas é sempre mais difícil, por isso, temos que entrar atentas. Estou confiante por causa do crescimento que estamos apresentando", argumenta a líbero.

Primeiro colocado com seis pontos, o Vôlei Nestlé superou São Bernardo Vôlei e Renata Valinhos/Country, ambos por 3 a 0. Já o adversário sofreu uma derrota para o São Cristóvão Saúde/São Caetano, na estreia, por 3 a 2, e ganhou do Concilig/Vôlei Bauru, em casa, por 3 a 0. A levantadora Carol Albuquerque acredita que será um duelo entre equipes que brigarão pelo topo da tabela. "Será um jogo muito difícil, principalmente porque elas estarão atuando em casa e sacam muito bem lá. É um rival que tem bastante volume e considero um confronto direto na briga pelas primeiras posições na tabela. Estamos crescendo a cada rodada, adquirindo mais entrosamento e preparadas para uma partida duríssima", afirma a atleta.

Dani Lins, Ivna, Mari, Carcaces, Adenízia, Thaisa e a líbero Camila Brait foram as atletas titulares que vestiram a camisa do Vôlei Nestlé no dia 28 de outubro de 2014. Além da levantadora e da líbero, a ponteira Gabi é outra remanescente e que entrou durante aquela partida. O período de invencibilidade no estadual já soma 15 jogos, contando as finais diante de São Caetano, em 2014, e Sesi, em 2015. 

Apresentação da equipe terá força máxima pela primeira vez- Nesta quinta-feira (8), às 10h, o Vôlei Nestlé apresentará para a imprensa seu elenco completo para a temporada 2016/2017. O evento será realizado no ginásio José Liberatti, em Osasco (Praça Lucas Pavão, S/N), e mostrará pela primeira vez a força máxima, contando com as presenças de todas as atletas. Camila Brait e Tandara, que já estão em atividade pelo Campeonato Paulista, e Dani Lins e as sérvias Ana Bjelica e Tijana Malesevic serão as principais atrações. O credenciamento deverá ser feito até quarta-feira (7), com nome, função e veículo de comunicação, pelo e-mail redacao@zdl.com.br

Histórico de Osasco no Paulista - O Vôlei Nestlé é o atual tetracampeão Paulista. O time de Osasco venceu Campinas, em 2012, o Sesi, em 2013, o São Cristóvão Saúde/São Caetano, em 2014, e o Sesi, em 2015. Além dos quatro títulos consecutivos, o clube detém a hegemonia na competição estadual, com 13 conquistas. O clube da cidade foi campeão nas edições de 1996, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2012, 2013, 2014 e 2015.

Nutrindo os Sonhos dos Jovens - De olho no futuro e na nova geração do vôlei brasileiro, o Vôlei Nestlé reforçou o DNA de seu projeto ao firmar parceria com o Programa Global "Nutrindo os Sonhos dos Jovens", lançado pela Nestlé na Europa em 2013 e que chegou ao Brasil no final de 2015. O time para a temporada 2016/17 apresenta uma mescla de atletas experientes com jovens que buscam espaço em um clube tradicional como Osasco. Jogadoras vitoriosas e consagradas como Carol Albuquerque, Dani Lins, Tandara e Camila Brait serão as mentoras das novatas. O programa está voltado para a capacitação de jovens para qualificá-los profissionalmente.

Fonte: ZDL
Foto: João Pires/Fotojump
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...