quarta-feira, 17 de agosto de 2016

RIO 2016: Walsh/Ross vencem Larissa/Talita e conquistam o bronze

Walsh/Ross vencem Larissa/Talita e conquistam o bronze
Americana Walsh, considerada a melhor jogadora de vôlei de praia de todos os tempos, conquista a sua quarta medalha Olímpica

Seria até uma destas injustiças da vida se a maior jogadora de vôlei de praia de todos os tempos deixasse os Jogos Rio 2016 sem nenhuma medalha. Pois então, ao lado da parceira April Ross, Kerri Walsh tratou de levar para casa mais um “souvenir”. Elas derrotaram a dupla brasileira formada por Larissa e Talita (2 sets a 1, 17/21, 21/17 e 15/9) e conquistaram a medalha de bronze na noite desta quinta-feira (17), na Arena de Vôlei de Praia de Copacabana. 

Após perder uma invencibilidade que já vinha de 27 partidas Olímpicas, desde Atenas 2004, com a derrota na semifinal para as brasileiras Agatha e Barbara, Walsh melhorou sua marca pessoal ao ser a única atleta da modalidade a conquistar medalhas em quatro Jogos Olímpicos - três ouros e, agora, um bronze.

Walsh, que chorou muito após a derrota que lhe tirou a chance do tetracampeonato Olímpico, se despede da torcida que, mesmo torcendo contra, ela sempre considerou “incrível, melhor ambiente em que eu já joguei vôlei de praia”. 

Às brasileiras, fica a decepção de ficar fora do pódio, especialmente para Talita, que nunca conquistou uma medalha Olímpica. Larissa conquistou o bronze em Londres 2012.

Encaixando o saque em cima de Walsh, pressionada, a dupla brasileira usou da mesma tática das compatriotas para segurar o ímpeto da talentosa jogadora de 38 anos - que ainda não se decidiu se vai ou não se aposentar das quadras. Seguras, Larissa e Talita fecharam o primeiro set em 21/17. 

E tudo mudou. O jogo das americanas encaixou a partir do momento em que elas buscaram o fundo de quadra em suas ações. As brasileiras caíram no quesito recepção e viram as rivais devolverem o mesmo placar: 21/17. No tie-break, desconcentradas, Talita e Larissa não foram páreo ao padrão de jogo de Walsh e Ross e foram derrotadas por 15/9. 


Fonte: André Naddeo Rio 2016
Foto: Divulgação FIVB 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...