quarta-feira, 20 de julho de 2016

TEMPORADA 2016/17: Aderson Rodrigues foi apresentado como novo técnico do Terracap/BRB/Brasília Vôlei

Aderson Rodrigues foi apresentado como novo técnico do Terracap/BRB/Brasília Vôlei

O Terracap/BRB/Brasília Vôlei apresentou oficialmente, na manhã desta quarta-feira (20), o técnico Anderson Rodrigues. O evento foi realizado no Centro de Treinamento do BRB e contou com a presença da imprensa e torcedores, que puderam interagir com o treinador e com as atletas Paula Pequeno, Macrís e Andréia.

Corretora de Seguros BRB fortalecendo o apoio ao esporte

Para prestigiar a chegada de Anderson à capital, Corretora de Seguros BRB fizeram questão de recebe-lo pessoalmente. Na coletiva de imprensa estiveram Valdir José dos Santos (Diretor Presidente da Corretora de Seguros BRB); Alair José Martins Vargas (Diretor de Controladoria, Administração e Tecnologia da Corretora de Seguros BRB); Adonis Assunção Pereira (Diretor de Operações e Negócios da Corretora de Seguros BRB) e Nilban de Melo Júnior (Diretor de Governo do BRB).

“A marca BRB, historicamente, procura incentivar os esportes de alguma forma através do Banco ou de suas empresas. Sabemos que o esporte é um meio de comunicação eficaz junto a sociedade e, como uma empresa que atua fortemente no Centro-Oeste, mais do que nunca temos o foco de propiciar um incentivo às crianças a participarem de algum tipo de modalidade. O vôlei tem tido um destaque muito grande e a Corretora de Seguros BRB tem sido a parceira escolhida pelo Banco para estar junto do desenvolvimento do time e para nós é um motivo de muita alegria estar participando dessa história, que tenho certeza será uma história de sucesso”, ressaltou o Presidente Valdir José Dos Santos.

Coletiva de imprensa

Às 11h30, Sérgio Negrão, gerente do Terracap/BRB/Brasília Vôlei, abriu a coletiva agradeceu à diretoria do BRB e cedeu a palavra ao técnico Anderson Rodrigues, que fez questão de ressaltar o que lhe motivou a treinar o Brasília. “Será uma nova experiência e um grande desafio comandar uma equipe na Superliga pela primeira vez. Estou empolgadíssimo e muito confiante de implantar um novo sistema de jogo. Todos têm sua filosofia de trabalho e eu, saindo recentemente das quadras, tenho ideias diferentes por acompanhar muito o voleibol mundialmente. Teremos uma equipe sem loucuras, mas com um jeito atrevido de jogar, será interessante”, completou.

Mesmo não trabalhando diretamente com nenhuma atleta do time, Anderson diz já conhecer o perfil de todas. “É tudo novo para mim, mas mesmo não conhecendo pessoalmente todas, já acompanho a carreira delas há muito tempo e sei exatamente onde apertar e sugar mais delas durante os treinos”, explica.

Sobre a temporada 15/16, o treinador acredita que esta será uma das Superligas mais equilibradas. “O País vem passando por uma dificuldade grande na economia e não é diferente no esporte. Será um torneio bem equilibrado e trabalharemos para nos mantermos nas melhores colocações. Nossa meta é conseguir os melhores resultados”, pontua.

Anderson não terá muito tempo para descansar após a prata na Liga Mundial. Ele passará em Belo Horizonte e seguirá para o Rio de Janeiro, onde se juntará à Seleção Brasileira Masculina. “Sou o quarto treinador da Seleção Masculina. Vou domingo à Saquarema e ficarei com a Seleção, se tudo ocorrer bem, até o dia 21 de agosto, que é quando, quem sabe, jogaremos a final da Olimpíada. Esse é o propósito e nosso objetivo atualmente. Volto ao Terracap/BRB/Brasília Vôlei no final de agosto, mas estou tranquilo porque o trabalho feito pelo Sérgio Negrão e pelo Inácio Júnior (assistente técnico do Brasília) junto à comissão técnica está muito bem elaborado e o time está em ótimas mãos”, comenta.

Atletas motivadas

Paula Pequeno, Macrís e Andréia tiveram discursos unânimes durante a coletiva. Todas disseram que o diferencial desta temporada será a união do grupo, assim como no ano passado, e elogiaram muito a chegada do novo comandante. “Esse ano a base que ficou está mais experiente e as meninas que estão chegando são mais jovens. Gosto muito da mistura de idades porque não estamos aqui só para jogar, estamos aqui para deixar um legado. É muito legal trabalhar com as mais novas para que possamos ajudá-las na carreira e elas também nos ensinam bastante. Estou sempre pronta para aprender mais e essa mistura é muito positiva e pode ser uma das chaves para o sucesso este ano”, diz Paula Pequeno.

Com a base titular mantida (Vivian, Roberta, Paula, Amanda e Macrís), Andréia chega para substituir Bárbara como oposta e Silvana no lugar de Sassá como líbero. Andréia e Macrís faturaram a Copa Brasil 2014 pelo Pinheiros. “Jogar junto da Macrís, que teve um papel essencial no crescimento da equipe na temporada passada, será um prazer. Ela tem um estilo de jogo muito rápido, que é como eu mais gosto de jogar. Essa velocidade pôde resgatar a atleta excepcional que é a Paula Pequeno e tenho certeza que dará muito certo com esse novo grupo”, apontou Andréia.

Macrís conta que o entrosamento também será um dos pontos chave. “É muito positivo ter mantido a base. Todas as meninas que chegaram sabem que o entrosamento é muito importante para fazer um grande trabalho. Os anos que joguei com a Andréia foram excelentes porque foi o meu início ‘mais profissional’ na Superliga e sempre tive o apoio dela como uma mãezona mesmo. Ela sempre me motivava e foi excelente. Somaremos bastante para ir longe nos campeonatos” finalizou a levantadora.

Na parte da tarde, Anderson se reuniu com todo o elenco no Ginásio do SESI-Taguatinga e conversou por aproximadamente dez minutos com as atletas. Depois acompanhou o treino na areia e deu um até logo.

Fonte/foto: Brasília Vôlei
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...