sexta-feira, 24 de junho de 2016

WORLD GRAND PRIX 2016: Em Ancara, Brasil vence a Itália

Em Ancara, Brasil vence a Itália pelo Grand Prix 2016
Brasil comemora vitória sobre a Itália

De virada, a seleção brasileira feminina de vôlei começou a terceira semana do Grand Prix com vitória. Depois de uma grande reação no quarto set, o Brasil venceu a Itália, nesta sexta-feira (24.06), por 3 sets a 1 (24/26, 25/22, 25/13 e 25/22), em 1h58 de jogo, no Baskent Volleyball Hall, em Ancara, na Turquia. Brasileiras e italianas fazem parte do grupo G da competição que conta ainda com a Bélgica e a Turquia. 

A equipe do treinador José Roberto Guimarães voltará à quadra às 8h30 (Horário de Brasília) deste sábado (25.06) para enfrentar a Bélgica. O SporTV 2 transmitirá ao vivo. 

A ponteira Natália foi a maior pontuadora entre as brasileiras com 17 acertos. A campeã olímpica Fernanda Garay com 11 e as centrais Fabiana com 11 e Thaisa com 10 também pontuaram bem pelo time verde e amarelo. Pelo lado da Itália o destaque foi a atacante Egonu, maior pontuadora do confronto, com 26 pontos. 

O treinador José Roberto Guimarães fez uma análise da vitória do Brasil sobre a Itália e enalteceu o espírito de grupo do time verde e amarelo. 

“Foi um jogo importante para nós porque jogamos com a Itália completa. É uma equipe que vai disputar os Jogos Olímpicos e pode ser um adversário em um dos cruzamentos. Hoje nos posicionamos melhor em quadra e a relação entre o bloqueio e a defesa foi mais eficiente. Conseguimos uma virada importante no quarto set, mas não podemos deixar o placar chegar nesse ponto. A entrada das jogadoras que vieram de fora ajudou o time e nós precisamos de todas. Somos uma equipe que precisa jogar como time”, analisou José Roberto Guimarães. 

Um dos destaques da partida a ponteira Natália parabenizou o grupo pela reação no quarto set. 

“Para o nosso time foi muito positivo ter ganho essa partida. Conseguimos reverter um placar adverso no quarto set, mas sabemos que ainda temos muito o que melhorar. As jogadoras que vieram de fora ajudaram bastante e essa vitória mostrou que estamos no caminho certo”, afirmou Natália 

A ponteira Jaqueline entrou em quadra quando o placar estava favorável para a Itália na quarta parcial e teve atuação decisiva na virada no quarto set. A bicampeã olímpica falou sobre a reação do Brasil e o resultado da partida.

“Fiquei feliz de ter ajudado o grupo. Quem está no banco tem que entrar em quadra para ajudar da melhor maneira possível e foi isso que tentamos fazer hoje. O grupo conseguiu um resultado importante para nossa sequência na competição”, disse Jaqueline. 

O JOGO

A Itália começou melhor e fez 6/3 no início do primeiro set. Bem no saque e jogando com velocidade as brasileiras viraram o marcador (10/9). A parcial ficou disputada ponto a ponto. As italianas foram para o segundo tempo técnico com dois de vantagem (16/14). A central Thaisa conseguiu um rápido ataque pelo meio e a time do treinador José Roberto Guimarães abriu dois pontos (19/17). A Itália foi melhor no final da parcial e venceu o primeiro set por 26/24. 

O Brasil voltou melhor para a segunda parcial e fez 4/2. Com um contra-ataque da ponteira Fernanda Garay, o time verde e amarelo abriu quatro (9/5). Bem no saque e no bloqueio a Itália encostou (11/10). O Brasil voltou a ditar o ritmo da parcial e fez 17/13. A equipe do treinador José Roberto Guimarães segurou uma reação italiana no final da parcial e venceu o segundo set por 25/22. 

O Brasil fez os dois primeiros pontos do terceiro set. Com um ponto de ataque da central Fabiana, o time verde e amarelo foi para o primeiro tempo técnico com dois de vantagem (8/6). A central Thaisa conseguiu um ponto de bloqueio e as brasileiras fizeram 11/7. O Brasil passou a jogar com velocidade e a diferença no marcador subiu para oito pontos (16/8). As brasileiras dominaram a parcial até o final e venceram o terceiro set por 25/13. 

A Itália começou bem o quarto set e fez 6/3. As italianas eram eficientes no saque e na defesa e o time do treinador Marco Bonitta abriu seis pontos (19/13). O treinador José Roberto Guimarães fez duas substituições. Entraram Jaqueline e Juciely e saíram Fê Garay e Thaisa. As mudanças fizeram bem ao grupo brasileiro que conseguiu uma incrível reação e venceu o set por 25/22 e o jogo por 3 sets a 1. 

Entenda o Grand Prix:

De 9 a 26 de junho, as 12 principais seleções disputarão a fase classificatória. A cada semana serão formados três grupos com quatro seleções em cada, definidas em sorteio. Ao fim da fase classificatória, as cinco equipes mais bem classificadas avançarão à Fase Final, que contará ainda com a Tailândia, país sede. A Fase Final acontecerá de 6 a 10 de julho, em Bangcoc, na Tailândia.

Equipes:

Brasil – Dani Lins, Sheilla, Fê Garay, Natália, Thaisa e Fabiana. Líbero – Léia 
Entraram – Roberta, Tandara, Jaqueline e Juciely 
Técnico – José Roberto Guimarães

Itália – Malinov, Egonu, Ortolani, Del Core, Chirichella e Danesi. Líbero – De Gennaro 
Entraram – Sylla, Guiggi, Centoni e Cambi 
Técnico – Marco Bonitta

Jogos do Brasil no Grand Prix

Rio de Janeiro (Brasil)

09.06 (Quinta-feira) – Brasil 3 x 1 Itália (23/25, 25/15, 25/15 e 27/25) 
10.06 (Sexta-feira) – Brasil 3 x 0 Japão (25/20, 25/23 e 25/15) 
12.06 (Domingo) – Brasil 3 x 0 Sérvia (25/20, 25/18 e 25/18)

Macau (China) 

17.06 (Sexta-feira) – Brasil 2 x 3 Sérvia (25/16, 31/29, 19/25, 19/25 e 16/18) 
18.05 (Sábado) – Brasil 3 x 1 Bélgica (23/25, 25/19, 25/15 e 25/18) 
19.05 (Domingo) – Brasil 0 x 3 China (23/25, 16/25 e 20/25) 

Ancara (Turquia) 

24.06 (Sexta-feira) – Brasil 3 x 1 Itália (24/26, 25/22, 25/13 e 25/22) 
25.06 (Sábado) – Brasil x Bélgica às 8h30 (Horário de Brasília) – SporTV 2
26.06 (Domingo) – Brasil x Turquia às 11h30 (Horário de Brasília) – SporTV 2

Fonte/foto: CBV
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...