quarta-feira, 8 de junho de 2016

Seleção masculina sub-23 ganha experiência em convívio com equipe adulta

Seleção masculina sub-23 ganha experiência em convívio com equipe adulta

O Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), é conhecido por proporcionar integração entre as categorias. Seja o atleta da seleção infantojuvenil ou da adulta, todos dividem o mesmo espaço. Isso acontece agora com a equipe sub-23 masculina, que se prepara para o Campeonato Sul-Americano, e a adulta, que treina para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

A dedicação aos treinamentos é a mesma. A importância do campeonato para o qual está se preparando tem a mesma proporção. Quem garante é o jovem líbero, Rogerinho, que é um dos mais presentes da quadra do adulto, sempre ajudando nos treinos – seja catando bola, passando o rodo ou da maneira que for preciso.

“Acho que aprendemos em tudo que vivemos aqui no Centro. Tanto treinando, quanto observando. Quero sempre ajudar nos treinos da seleção adulta para ficar mais perto, ouvir as dicas, mesmo as broncas, e ver como tudo funciona para, quem sabe um dia, chegar lá”, comentou Rogerinho, que, claro, tem Serginho como seu maior ídolo.

“Fico vendo os jogadores, principalmente o Serginho, treinando e tento seguir os passos dele pra um dia jogar pelo menos parecido com o que ele faz. Acho que com essa integração conseguimos ver o quanto se empenham para se preparar para uma Olimpíada. Sonho chegar lá e ver o tanto que tenho que ralar me faz enxergar tudo ainda melhor”, disse Rogerinho.

E a participação do jogador não fica restrito. Na semana anterior aos amistosos da seleção feminina em São José dos Pinhais (PR), nos dias 27 e 29 de maio, Rogerinho ainda reforçou os treinamentos da seleção feminina, a pedir do técnico José Roberto Guimarães.

Técnico do líbero na seleção sub-23, Maurício Motta Paes também avalia como positiva a experiência que os jovens jogadores têm diariamente em contato com a equipe principal do Brasil.

“Hoje, eles estão vendo de perto o time que está se preparando para os Jogos Olímpicos. Estando aqui dentro do Centro, tudo é lucro. É um momento de aprendizado enorme. O espírito que tem aqui é uma oportunidade de todos absorverem uma força muito grande, o que é fundamental para a carreira de cada um”, afirmou Maurício.

No comando da preparação para o Campeonato Sul-Americano, que vai acontecer de 18 a 25 deste mês, em Cartagena, na Colômbia, o treinador tenta tirar proveito deste contato próximo entre jovens e experientes jogadores.

“Os rapazes observam o Bernardo dando treino, olham tudo, ajudam, catam bola, e têm a chance de ver de perto o comprometimento dos jogadores. Isso tudo é uma riqueza muito grande. Quantos deles vão chegar lá, nós não sabemos, mas é fato que isso tudo aqui é uma passagem para a equipe principal”, concluiu Maurício Motta Paes.

Fonte/foto: CBV
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...