domingo, 1 de maio de 2016

VÔLEI DE PRAIA: Duda/Elize Maia ficam com título do Open de Fortaleza e Brasil domina pódio com prata e bronze

Duda/Elize Maia ficam com título do Open de Fortaleza e Brasil domina pódio com prata e bronze

O Brasil repetiu o que havia feito no Campeonato Mundial da Holanda, e dominou o pódio da etapa Open de Fortaleza do Circuito Mundial 2015/2016. Duda e Elize Maia (SE/ES) superaram Juliana/Taiana (CE) por 2 sets a 0 (21/17, 21/18) na final neste domingo (01.05), na arena montada na Praia do Futuro, na capital cearense. Para completar, bronze de Lili e Rebecca, que superaram Matauatu/Pata, de Vanuatu, por 2 sets a 0 (21/19, 21/19).

Foi a segunda medalha de ouro da dupla brasileira, que havia vencido o Open de Maceió (AL), em fevereiro. Em oito eventos do Circuito Mundial, Duda e Elize somam ainda uma medalha de prata e um bronze. A campanha das campeãs contou com sete vitórias em sete jogos e apenas um set perdido, durante as quartas de final. Após a partida, Duda analisou a primeira vitória contra as adversárias e a evolução ao lado de Elize.

"Juliana/Taiana são uma dupla difícil, nosso jogo não encaixou contra elas na etapa de Natal. Mas estudamos muito, assistimos aos jogos dela. É um jogo muito equilibrado e estudado, felizmente deu tudo certo. Estamos observando uma evolução no nosso time e isso motiva, vamos correr atrás do nosso sonho que é defender o Brasil em 2020".

Para Elize Maia, pensar ponto a ponto e não se abater com erros foi fundamental para vencer Juliana e Taiana, que possuem no currículo diversas conquistas internacionais.

"Da primeira vez disse que a ficha não tinha caído. Mas parece que aconteceu novamente. As meninas jogaram muito bem e valorizaram nossa medalha. Pensamos ponto por ponto e isso ajudou a controlar a ansiedade, ficamos concentradas. Quando vimos, o placar estava próximo do final e o ouro próximo. Esse foi mais um objetivo alcançado", disse Elize Maia, emocionada.

A prata foi a primeira medalha de Circuito Mundial para Juliana e Taiana, que se juntaram em janeiro deste ano. Juliana possui 92 medalhas em etapas do tour internacional, enquanto Taiana conquista seu 15º pódio em uma etapa.

<b>Brasil também é bronze</b>
O Brasil também ficou com bronze com a vitória de Lili e Rebecca, empurradas pela torcida que lotou a arena em Fortaleza. As brasileiras tiveram garra para superar o placar adverso no segundo set, fechando a partida sem a necessidade do tie-break. Rebecca, que nasceu e mora na capital cearense, comentou a alegria pelo pódio.

"Conseguimos um quarto lugar no Brasileiro, e agora um terceiro no Circuito Mundial. Ainda mais sendo em casa, com minha filha na arquibancada assistindo. Não sei como descrever em palavras essa alegria e felicidade. Tivemos jogos muito difíceis, mas acredito que merecíamos demais essa vitória para levarmos a medalha para casa", disse Rebecca.

Foi a segunda medalha de Lili e Rebecca, que haviam sido bronze na etapa da Argentina do Circuito Mundial 2014. Lili possui ainda uma prata e dois bronzes com outras parceiras, enquanto Rebecca só disputou etapas internacionais ao lado da capixaba. Lili comentou sobre a postura do time, que se reergueu após a semifinal.

"Sabia que seria um jogo muito duro, elas superaram o ótimo time da Holanda. E ainda estamos ajustando o time, essa medalha tem um gostinho de ouro. No final, perdendo o segundo set, olhei para a Rebecca e disse que merecemos esse bronze. Essa energia no final, de bater na mão, essa garra fez com que ganhássemos essa medalha. Estou orgulhosa da nossa postura no torneio", destacou Lili.

A parada na capital cearense encerra uma série de eventos do Circuito Mundial realizados no Brasil. Maceió (AL), em fevereiro, e Vitória (ES), em março, sediaram etapas Open. O Rio de Janeiro, sede dos Jogos Olímpicos, recebeu um Grand Slam também em março. O torneio em Fortaleza também será da categoria Open, que vale menos pontos que um Grand Slam.

Os campeões da etapa de Fortaleza recebem 500 pontos no ranking geral e uma premiação de 11 mil dólares. Ao todo, são 150 mil dólares em premiação nos dois naipes. Após a parada na capital cearense o Circuito Mundial segue para a Europa, onde será realizado o Open de Sochi, na Rússia, de 3 a 8 de maio. Outros oito eventos ocorrem até a disputa dos Jogos Olímpicos.

Fonte/foto: CBV
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...