sexta-feira, 29 de abril de 2016

VÔLEI DE PRAIA: Brasil começa com quatro duplas invictas no naipe feminino em Fortaleza

Brasil começa com quatro duplas invictas no naipe feminino do Open de Fortaleza

O Brasil largou com bom desempenho no torneio feminino do Open de Fortaleza, que ocorre de terça-feira a domingo (01.05), na Praia do Futuro, altura do hotel Crocobeach. Foram nove vitórias nas 14 partidas disputadas por duplas do país nesta quarta-feira (28.04), com quatro times terminando o dia sem derrota: Ágatha/Bárbara Seixas (PR/RJ), Duda/Elize Maia (SE/ES), Juliana/Taiana (CE) e Val/Josi (RJ/SC).

Além das partidas da última rodada da fase de grupos, nesta sexta-feira (29.04) também serão realizados os jogos da repescagem (Round 1) e oitavas de final (Round 2). Pelo torneio masculino ocorre a fase de oitavas de final. A disputa ocorre das 8h às 19h, com entrada franca e transmissão no site da CBV.

Ágatha e Bárbara Seixas, campeãs mundiais e representantes do Brasil nos Jogos Olímpicos, venceram a única partida que disputaram no dia. Elas venceram as norte-americanas Hester/Ledoux por 2 sets a 0 (21/16, 21/13), em 32 minutos. As brasileiras são cabeça de chave no grupo A, que conta com três equipes, e voltam à quadra nesta sexta-feira, contra as irmãs colombianas Andrea e Claudia Galindo.

"Estávamos com saudade, sede de entrar em quadra. Nossa última etapa foi no Rio de Janeiro, há quase um mês. E quando você treina forte, fica com vontade de colocar tudo em prática. Foi ótimo vencer esse primeiro duelo. Sabemos que o foco está lá em agosto, mas vencer é sempre importante. Estamos felizes por jogar aqui", disse Ágatha.

As ‘locais’ Juliana e Taiana (CE) também começaram com um jogo e uma vitória, pois o grupo D também conta com três times. As brasileiras superaram as argentinas Zonta/Benet por 2 sets a 0 (21/18, 21/19), em 38 minutos. O segundo jogo na chave, nesta sexta-feira, será contra as norte-americanas Summer Ross/Lane Carico.

"Jogar aqui em Fortaleza é sempre especial, minha história em Circuito Mundial começou aqui, jogando country-cota. E disputar torneios internacionais é bacana, tem o elemento da torcida, em termos o Brasil enfrentando países estrangeiros. Além disso, posso contar com a torcida da família na arquibancada, vamos passar um período fora e quero aproveitar ao máximo as oportunidades que tenho para ficar com ela", disse Juliana.

Duda e Elize Maia (SE/ES) abriram o dia jogando na quadra central. E não deram chance alguma para as venezuelanas Rebeca e Gabi, com triunfo por 2 sets a 0 (21/10, 21/8), em rápidos 23 minutos.

Na sequência, mais um resultado positivo, desta vez sobre a tcheca Kolocova, atleta olímpica, e sua parceira Michala Kvapilova, com vitória por 2 sets a 0 (21/13, 21/16), em 29 minutos. As brasileiras fecham a participação no grupo E contra as alemãs Teresa Mersmann e Isabel Schneider, nesta sexta-feira, em jogo válido pela primeira colocação na chave.

"A Duda já é uma jogadora muito vitoriosa nas categorias de base e isso ajuda mundo, pois ela tem o espírito de campeã. Tenho ajudado muito ela nos torneios adultos, que têm um nível maior. Ela tem que sair da zona de conforto e está se acostumando a isso, é muito inteligente e aprende muito rápido. Outra característica dela que se destaca é a tranquilidade dentro de quadra. Ela fala mais e eu sou mais de escutar, isso nos dá um equilíbrio. Nossa química é muito boa, nosso jogo flui bem", analisou Elize Maia após as vitórias.

Josi e Val (SC/RJ) também começaram o torneio com vitória, superando as alemãs Bieneck/Großner de virada, por 2 sets a 1 (21/19, 16/21, 13/15), em 48 minutos. Horas mais tarde, superaram velhas conhecidas de etapas Sul-Americanas, as venezuelanas Norisbeth Agudo e Olaya Pazo, por 2 sets a 1 (21/19, 18/21, 15/8), em 49 minutos. O último jogo pela chave H, valendo a primeira posição, será contra as norte-americanas Dowdy/ Stockman.

Campeãs mundiais Sub-19, Andressa e Tainá (PB) começaram com triunfo por 2 sets a 0 (21/16, 21/19) sobre as chinesas Chen Xue e Xinyi Xia, em 35 minutos. Na sequência, acabaram superadas pelas norte-americanas Hochevar/Fopma por 2 sets a 0 (21/17, 21/18), em 35 minutos. Elas encerram participação no grupo G amanhã, contra as paraguaias Erika/Pati.

Rebecca e Lili começaram vencendo as norte-americanas Dicello/Vanzwieten por 2 sets a 0 (21/14, 21/16), em 32 minutos. Na segunda partida do dia, contra as campeãs europeias Meppelink/Van Iersel, da Holanda, derrota por 2 sets a 0 (21/19, 21/16), em 36 minutos. Como o grupo C possui apenas três times, elas não entram mais em quadra pela chave e aguardam os resultados dos outros confrontos.

Carol e Ana Patrícia (CE/MG) não deram chances para a zebra na estreia, vencendo as norueguesas Kongshavn/Solvoll por 2 sets a 0 (21/15, 21/13), em 30 minutos. No segundo jogo, fizeram duelo equilibradíssimo contra o terceiro time no ranking mundial, as alemãs Laura Ludwig e Kira Walkenhorst. As brasileiras acabaram superadas no tie-break (18/21, 21/17, 15/13). O grupo B também possui três times e Carol/Ana Patrícia aguardam os outros resultados da chave para definirem a colocação.

Rachel e Ângela (RJ/DF) começaram sendo surpreendidas pelas paraguaias Michelle e Filippo por 2 sets a 1 (21/19, 13/21, 15/10), em 45 minutos. No segundo jogo, nova derrota, desta vez para Matauatu/Pata, de Vanuatu, por 2 sets a 1 (21/13, 11/21, 15/9), em 41 minutos. Elas voltam à quadra nesta sexta-feira, contra as alemãs Arnholdt/Schumacher.

A parada na capital cearense encerra uma série de eventos do Circuito Mundial realizados no Brasil. Maceió (AL), em fevereiro, e Vitória (ES), em março, sediaram etapas Open. O Rio de Janeiro, sede dos Jogos Olímpicos, recebeu um Grand Slam também em março. O torneio em Fortaleza também será da categoria Open, que vale menos pontos que um Grand Slam.

Os campeões da etapa de Fortaleza recebem 500 pontos no ranking geral e uma premiação de 11 mil dólares. Ao todo, são 150 mil dólares em premiação nos dois naipes. Após a parada na capital cearense o Circuito Mundial segue para a Europa, onde será realizado o Open de Sochi, na Rússia, de 3 a 8 de maio. Outros oito eventos ocorrem até a disputa dos Jogos Olímpicos.

Fonte/foto: CBV
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...