terça-feira, 1 de março de 2016

SUPERLIGA MASCULINA 2015/16: Vôlei Brasil Kirin vence jogo emocionante e assume 3º lugar

Vôlei Brasil Kirin vence jogo emocionante e assume 3º lugar

Na raça, o Vôlei Brasil Kirin assumiu o terceiro lugar da Superliga Masculina de Vôlei. Em jogo bastante equilibrado na noite desta segunda-feira (29), no Ginásio do Taquaral, em Campinas, os comandados do técnico Alexandre Stanzioni subiram na classificação ao derrotar Bento Vôlei/Isabela, por 3 a 2 (13/25; 25/23; 23/25; 25/16 e 23/21), pela oitava rodada do returno. O ponteiro Lucas Lóh foi eleito o melhor em quadra e recebeu o Viva/Vôlei.

Com os dois pontos somados e a quarta vitória seguida, o time pulou para terceiro, com 38 pontos, um na frente do Sesi-SP, que caiu para quarto. Agora, o Vôlei Brasil Kirin embarca para Minas Gerais, onde fará dois jogos. O primeiro será contra o Sada/Cruzeiro, nesta quinta-feira (03), às 21h30, no Ginásio do Riacho, em Contagem. Em seguida, no sábado (05), o adversário será o Juiz de Fora, às 14h45. As duas partidas serão televisionadas.

“Uma vitória conquistada por todos. Esse é nosso perfil: o conjunto. Foi um jogo no qual fizemos de tudo para sair daqui vitorioso, buscamos força para virar, duas vezes. Fico feliz pelo que todo grupo apresentou. Quem entrou cumpriu bem seu papel, sua função, e manteve o alto nível. Conquistamos este primeiro objetivo, que é ficar entre os três, mas ainda tem muito torneio pela frente. Temos que manter a seriedade e trabalhar duro”, comentou o treinador campineiro.

O JOGO – O Vôlei Brasil Kirin teve dificuldades para segurar o saque do adversário e sofreu durante toda a parcial inicial, que terminou com vitória dos gaúchos por 25 a 13. A entrada de Lucas Lóh para o segundo set eliminou o problema do passe campineiro. A atuação do camisa 7 foi decisiva para que os donos da casa conseguissem o empate.

O ponteiro engatou boa sequência de saque e o Vôlei Brasil Kirin foi para a primeira parada do segundo set na frente (8 a 7). Os donos da casa conseguiram ampliar a frente com o ataques precisos de Wallace e Piá (16 a 13) e controlaram bem o jogo. No final da parcial, Vini anotou ace em momento importante (22 a 19) e deixou os campineiros em situação confortável para fechar o set, mesmo com uma pequena reação do rival, após ataque pela entrada de rede: 25 a 23.

O Vôlei Brasil Kirin aproveitou o embalo e começou com tudo a terceira parcial. O paredão campineiro trabalhou bem e conseguiu segurar o ataque adversário duas vezes em sequência com Wallace (4 a 1). Apesar do bom início, o equilíbrio se manteve durante toda parcial, mas os mandantes mantiveram a frente, mesmo que mínima. Na reta decisiva, os times deixaram o jogo emocionante e trocaram pontos. Os gaúchos, no entanto, fizeram 2 a 1 depois de erro de campineiro: 25 a 23.

No quarto set, o Vôlei Brasil Kirin apresentou um bom volume de jogo. Os donos da casa impuseram um ritmo forte no saque e forçaram o adversário a errar no ataque. Quando foi necessário, especialmente, nos contra-ataques, Gonzalez trabalhou bem com e não teve dificuldades para comandar a vitória campineira na parcial: 25 a 16, forçando o tiebreak.

O equilíbrio e a tensão marcaram o set decisivo. Os dois times trocaram pontos durante boa parte da parcial. Os gaúchos chegaram a abrir dois de vantagem (9 a 7), em lance que Wallace deu um susto na torcida em queda após bloqueio. Recuperado, o capitão ajudou os campineiros a buscarem o empate em bloqueio de Michael (11 a 11). Os ponteiros - Bogdan, Lucas Lóh e Ygor Ceará - mantiveram a tranquilidade no passe e deixaram Gonzalez confortável no ataque. Depois de desperdiçar algumas oportunidades em contra-ataque, o time campineiro fechou o jogo após ataque para fora do adversário: 23 a 21.

Fonte e Foto: Vôlei Brasil Kirin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...