quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

SUPERLIGA MASCULINA 2015/16: Pacheco crê em “Superliga mais equilibrada de todos os tempos”

Pacheco crê em “Superliga mais equilibrada de todos os tempos”
Para o treinador do SESI-SP, não há grandes diferenças entre os times que disputam a atual edição da Superliga

Na reta final da fase classificatória, a Superliga Masculina 2015/2016 vem chamando atenção pelo equilíbrio entre as equipes: há brigas em todas as partes da tabela, uma enorme quantidade de tie-breaks e vários resultados considerados surpreendentes, em que os times mais tradicionais perdem para os que estão mais abaixo na classificação.

Já acostumado a disputar a competição, Marcos Pacheco, técnico do SESI-SP, acredita que esta é a edição mais equilibrada da história: “Participei de todas as Superligas e posso dizer que essa é a mais equilibrada. Logo no começo percebemos que seria assim, pois já na terceira rodada não tínhamos mais nenhum time invicto, o que é bem raro se olharmos o histórico da competição”, analisou o técnico.

Para Pacheco, o Sada/Cruzeiro, atual campeão e líder até o momento, tem vantagem sobre seus concorrentes, mas ainda assim há um grande equilíbrio entre os outros clubes: “Acredito que o Cruzeiro manteve o grupo e está em um patamar um pouco acima do restante. Mas há um equilíbrio muito maior entre as equipes, diminuiu muito a diferença entre os primeiros e os últimos colocados. O Juíz de Fora, por exemplo, tem feito jogos duríssimos e dificultou a vida dos grandes times, mesmo estando na lanterna do campeonato”, aponta o treinador.

Atualmente, o SESI-SP está na terceira colocação com 37 pontos conquistados até aqui. O desempenho do time é considerado positivo pelo treinador, já que a equipe teve um grande corte de investimento para a montagem do elenco: “Desde o começo, fizemos um planejamento de um time que mesclava jogadores experientes com jovens promessas. Todos esses atletas vêm desempenhando um bom papel e estamos fazendo uma boa temporada, bastante regular e sem grandes altos e baixos. Mas temos muito a evoluir e estramos trabalhando forte para conseguir fazer bons jogos e tentar atingir nosso objetivo, que é chegar a mais uma final”, concluiu o comandante.

O próximo desafio do SESI é nesta quinta-feira, às 20h, contra o Bento Vôlei, no Ginásio da Vila Leopoldina. O confronto é válido pela 7ª rodada do returno da Superliga.

Fonte: Voleishow
Foto: Divulgação
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...