sábado, 6 de fevereiro de 2016

SUPERLIGA FEMININA 2015/16: Terracap/Brasília Vôlei vence o Bauru fora de casa e garante três pontos

Terracap/Brasília Vôlei vence o Bauru fora de casa e garante três pontos

O atraso em uma hora e meia na partida contra o Concilig/Vôlei Bauru não desanimou as jogadoras do Terracap/Brasília Vôlei que repetiram a vitória do primeiro turno, vencendo as paulistas por 3 sets a 0 no Ginásio Panela de Pressão, em jogo válido pela sétima rodada da Superliga. As parciais foram 17×25, 26×28 e 14×25. Macrís foi eleita a melhor em quadra e levou o troféu VivaVôlei.

Devido a um acidente e interdição na estrada, a arbitragem não conseguiu chegar há tempo no Ginásio, atrasando a partida. Ainda assim as comandadas de Manu Arnaut entraram focadas em quadra. Macrís, Paula Pequeno, Amanda, Vivian, Roberta, Bárbara e Sassá começaram jogando. Do outro lado da rede o técnico Marcos Kwiek optou por utilizar Bruna, Ana Tiemi, Fê Isis, Alana, Natiele, Érika e Andressa.

O jogo

No primeiro set as visitantes começaram melhor. Acertando o saque com Amanda e aproveitando os ataques, abriu rapidamente três pontos de (3×6). Mantendo o bloqueio consistente, as brasilienses não deixavam o Bauru encostar e ampliaram para 6 pontos de vantagem (6×12). O domínio se manteve até o fim do set, que terminou em um ataque na diagonal da ponteira Amanda após bom levantamento de Macrís (17×25).

O segundo set começou com Macrís levantando com uma mão para Vivian abrir o marcador após o saque do Bauru. As mandantes até chegaram a trocar pontos, mas os erros de ataque e recepção favoreciam a equipe do Distrito Federal, que pontuou com Roberta na china (3×5). A virada para as paulistas veio no bloqueio de Fê Isis (8×7). Os erros tornaram a afetar as atletas de Kwiek, fazendo com que o Brasília passasse à frente (10×11). Na reta final, Amanda passava a ser bastante acionada e correspondia bem na ponta (15×17). As bauruenses voltaram a incomodar o Brasília e empataram em 23×23. O time de Manu teve o set point, mas não conseguiu garantir o ataque (25×24) e o empate veio com Fê Isis na diagonal. A mesma Fê Isis errou quando não podia, atacando para fora, dando o set para o time de Macrís, fechando 26×28.

No terceiro set, Bárbara fez um ace na primeira jogada. Já com Roberta no saque, o Terracap/Brasília Vôlei quebrava a linha de passe do Bauru, que sentiu o set anterior (2×8). A superioridade continuou. A torcida da casa até apoiava, mas não adiantava e o Brasília convertia os ataques (8×11). A grande atuação no bloqueio fez a diferença para o Terracap/Brasília Vôlei, que concluiu o set em 14×25.

Macrís comenta o resultado. “Sabemos da qualidade do Bauru. Elas vêm forte essa temporada e jogar aqui é sempre muito complicado. Agora temos que ir com um passo de cada vez. O trabalho é diário e vamos focar nos próximos adversários, que serão os diretos na briga pela melhor classificação na tabela”, conclui.

Próximo confronto

A próxima partida do Terracap/Brasília Vôlei será na próxima sexta-feira (12), às 20h, contra o São Bernardo Vôlei, no Ginásio do SESI/Taguatinga. Os ingressos já estão disponíveis na bilheteria do SESI e custam R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia). Crianças até 5 anos não pagam e dos 6 aos 12 pagam meia. A bilheteria é aberta de segunda a sexta, das 9h às 12h e 14h às 17h.

Fonte: Ponto Marketing Esportivo
Foto: Marina Beppu/Vôlei Bauru
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...