sábado, 30 de janeiro de 2016

COPA BANCO DO BRASIL FEMININA 2016: Rexona-Ades vence o Vôlei Nestlé Nestlé e decide o título da Copa Brasil contra o Dentil/Praia Clube

Rexona-Ades vence o Vôlei Nestlé Nestlé e decide o título da Copa Brasil contra o Dentil/Praia Clube
Rexona-AdeS comemora ponto contra o Vôlei Nestlé

A decisão do segundo finalista da Copa Banco do Brasil feminina de vôlei marcou mais um capítulo na história de uma dos grandes clássicos do voleibol brasileiro. Com a presença de 2.600 torcedores que lotaram o ginásio do Taquaral, o Rexona-AdeS (RJ) venceu o Vôlei Nestlé (SP), nesta sexta-feira (29.01), por 3 sets a 1 (25/22, 25/19, 20/25 e 30/28), em Campinas (SP). O resultado classificou o Rexona-AdeS para a final da competição, onde enfrentará o Dentil/Praia Clube (MG), que já havia garantido a vaga com a vitória sobre o Camponesa/Minas.

A grande decisão entre o Rexona-AdeS e o Dentil/Praia Clube será disputada neste sábado (30.01), às 21h30, com transmissão ao vivo do SporTV e da TV Brasil.

Um dos destaques da partida, a ponteira Gabi comemorou a vitória do time carioca e fez uma análise da partida.

“Foi o jogo que esperávamos. Rexona-AdeS contra Vôlei Nestlé é sempre uma emoção a mais e essa partida não foi diferente. É muito difícil jogar contra um bloqueio alto como o de Osasco e as duas centrais, Thaísa e Adenízia, foram muito eficientes. O quarto set demostrou a realidade desse clássico e o final foi coração e conseguimos fechar o jogo. Agora, já temos que pensar no Dentil/Praia Clube, que também vai ser um jogo muito difícil”, disse Gabi.

Pelo lado do Vôlei Nestlé, o treinador Luizomar de Moura lamentou a derrota, mas fez questão de parabenizar sua equipe pelo espírito de luta ao longo do confronto.

“Um clássico sempre traz emoções e lições. Tínhamos o objetivo de sair daqui melhor do que chegamos e isso nós conseguimos. A equipe lutou, mas ainda erramos em alguns momentos importantes. No entanto, estamos em um processo de crescimento e agora temos que pensar na Superliga”, afirmou Luizomar de Moura.

O JOGO

O Rexona-AdeS começou melhor e fez 8/4. Bem no saque, as cariocas abriram cinco pontos (11/6). Quando o placar estava 13/7 para o Rexona-AdeS, o treinador Luizomar de Moura trocou as ponteiras. Entrou Carcaces e saiu Ivna. Mesmo com a mudança, o time comandado pelo treinador Bernardinho seguiu melhor e foi para o segundo tempo técnico vencendo por 16/9. Se aproveitando dos erros das cariocas, o Vôlei Nestlé encostou (18/15). Liderados pela central Thaísa, a equipe de Osasco diminuiu a diferença no marcador para um ponto (23/22). O Rexona-AdeS segurou a vantagem e, com um ataque da ponteira Natália, fechou o primeiro set por 25/22.

O segundo set começou equilibrado. Com Thaísa se destacando no bloqueio, o Vôlei Nestlé abriu dois pontos (6/4). Numa boa sequência de saques da ponteira Natália, o Rexona-AdeS empatou (6/6). A levantadora Thompson conseguiu um ace e as cariocas abriram dois pontos (14/12). O Rexona-AdeS se destacava no bloqueio e a diferença no marcador subiu para quatro pontos (16/12). O Rexona-AdeS dominou a parte final da parcial e venceu o segundo set por 25/19.

O Vôlei Nestlé voltou melhor para o terceiro set e foi para o primeiro tempo técnico com um de vantagem (8/7). O time de Osasco cresceu de produção e abriu quatro pontos (16/12). Numa boa sequência de saques da levantadora Roberta e se aproveitando dos erros do time de Osasco, o Rexona-AdeS encostou (18/17). O Vôlei Nestlé voltou a abrir no final da parcial e venceu o terceiro set por 25/20.

O Rexona-AdeS começou melhor a quarta parcial e foi para o primeiro tempo técnico, com dois de vantagem (8/6). A ponteira Gabi conseguiu um ponto de bloqueio e as cariocas abriram três pontos (11/8). Neste momento, o treinador Luizomar de Moura pediu tempo. Na sequência, a central Carol conseguiu um ace e o Rexona-AdeS abriu quatro pontos (14/10). E também foi com um ace da levantadora Dani Lins que o time de Osasco encostou (18/16). Quando placar estava 19/18, o treinador Bernardinho pediu tempo. A central Thaísa conseguiu um ponto de bloqueio e o Vôlei Nestlé empatou (19/19). O Vôlei Nestlé chegou a virar o marcador no final da quarta parcial, mas o Rexona-AdeS foi melhor nos momentos decisivos e venceu o quarto set por 30/28 e o jogo por 3 sets a 1

EQUIPES:

REXONA-ADES – Thompson, Monique, Natália, Gabi, Carol e Juciely. Líbero – Fabi. 
Entraram – Roberta, Lorenne e Drussyla 
Técnico – Bernardinho

VÔLEI NESTLÉ – Dani Lins, Lise Van Hecke, Ivna, Gabi, Thaísa e Adenízia. Líbero – Camila Brait 
Entraram – Carcaces, Suelle, Diana e Saraelen 
Técnico – Luizomar de Moura

Fonte: Divulgação CBV
Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...