sábado, 12 de dezembro de 2015

SUPERLIGA MASCULINA 2015/16: Na despedida do Taquaral em 2015, Vôlei Brasil Kirin vence Juiz de Fora

Na despedida do Taquaral em 2015, Vôlei Brasil Kirin vence Juiz de Fora

O Vôlei Brasil Kirin cumpriu bem o dever de casa no último jogo como mandante em 2015. Na tarde deste sábado (12), os comandados do técnico Alexandre Stanzioni derrotaram Juiz de Fora, por 3 a 1 (25/10; 25/19; 22/25 e 25/18), no Ginásio do Taquaral, em Campinas, pela nona rodada da Superliga Masculina de Vôlei. O ponteiro Lucas Loh foi o vencedor do troféu Viva Vôlei.

Com o resultado, o time campineiro chegou aos 18 pontos, na briga com os líderes do torneio.O Vôlei Brasil Kirin volta às quadras contra Bento Vôlei/Isabela, na próxima quinta-feira (17), às 21 horas, no Ginásio Municipal, em Bento Gonçalves (RS). No dia 21 (segunda-feira), o time campineiro faz o último jogo do ano contra o Sesi-SP, no Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo, no encerramento do 1º turno.

“Jogamos bem, especialmente, nos dois primeiros sets. Alguns jogadores sentiram a parte física depois da semana pesada e acabamos precisando fazer algumas trocas durante o jogo, mas vejo pelo lado positivo, pois conseguimos dar ritmo para boa parte do time. Isto pode nos ajudar mais para frente”, comentou o treinador Alexandre Stanzioni.

O JOGO – O Vôlei Brasil Kirin impôs seu ritmo desde o início e não teve trabalho para levar o set inicial. Com ataque firme, o time campineiro não deu chances para o adversário e na primeira parada técnica abriu boa vantagem (8 a 4). Em passagem de Piá pelo saque, os mandantes mostraram que estão com a defesa em dia e aproveitaram para rodar contra-ataques. Com Luizinho pelo serviço, Vini conseguiu dois bloqueios e a vantagem foi para 11 pontos na segunda parada (16 a 5). Com grande frente no placar, os donos da casa abriram 1 a 0 após erro do adversário: 25 a 10.

A segunda parcial foi mais equilibrada. O time mineiro voltou mais ligado, errou menos e trocou pontos com os campineiros no início. Mesmo assim, o Vôlei Brasil Kirin foi para a primeira parada na frente (8 a 7). Depois da paralisação, os donos da casa começaram a abrir frente. Vini anotou ace e colocou 12 a 8 no placar. Com o passar do set, os contra-ataques mandantes voltaram a cair na quadra adversária e a vantagem foi aumentando. Os visitantes chegaram a reagir na reta final, mas em ataque pelo meio os donos da casa fecharam em 25 a 19.

No terceiro set, os visitantes cresceram de produção e controlaram toda parcial. O técnico Alexandre Stanzioni usou o banco de reservas para tentar buscar a reação e teve sucesso. A vantagem que era de seis pontos (17 a 23) caiu para apenas três, em passagem de Lucas Loh pelo saque. Apesar da recuperação, os mineiros levaram o set: 25 a 22.

Animado com o final do set anterior, o Vôlei Brasil Kirin voltou em cima e com ace de Vini foi para a primeira parada em vantagem (8 a 6). Pressionados pelo forte bloqueio campineiro, os mineiros abusaram dos erros, quando a bola não ia para fora, o paredão aparecia para garantir o ponto para os donos da casa. Sem perder o ritmo, os donos da casa não tiveram problemas para fechar a quarta parcial por 25 a 18 e o jogo por 3 a 1.

Fonte e Foto: Divulgação Vôlei Brasil Kirin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...