quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

SUPERLIGA FEMININA 2015/16: Vôlei Nestlé vence o Renata Valinhos

Com ótima atuação de Carcaces, Vôlei Nestlé vence o Renata Valinhos
A equipe comandada por Luizomar marcou 3 a 0, na casa do adversário. Agora, enfrenta o Rexona-Ades, na sexta-feira (18), às 21h30, em Osasco

Valinhos (SP) - O Vôlei Nestlé colocou em quadra seu favoritismo e não deu chances ao estreante Renata Valinhos/Country. Em 1h25min, o time de Osasco despachou o rival por 3 sets a 0, parciais de 25/23, 25/15 e 25/14. Eficiente no ataque e no saque, a ponteira Carcaces foi eleita a melhor em quadra e recebeu o troféu VivaVôlei. A vitória dá confiança para o clássico diante do Rexona-Ades, na sexta-feira (18), no José Liberatti, às 21h30, na partida que encerra o primeiro turno da fase classificatória. 

Carcaces elogiou o jogo coletivo da equipe e se sentiu segura em quadra. "Essa vitória era importante e cumprimos nosso papel. Mostramos a força do time quando ganhamos o primeiro set após estarmos atrás no marcador. Me senti muito bem em quadra e com bastante confiança, dando o máximo de mim. Estou feliz porque jogamos juntas e conquistamos o resultado", afirmou a cubana.

Carcaces com o Troféu VivaVôlei

O técnico Luizomar fez uma análise e enalteceu o trabalho do time. "O primeiro set foi bastante disputado. Jogamos atrás boa parte dele e, mais uma vez, as entradas de Diana e Ivna foram fundamentais para a virada na parcial. Tivemos dificuldades com um ginásio onde nunca havíamos atuado, mas depois controlamos a partida e saímos daqui com sentimento de dever cumprido. Estamos em uma semana importante dentro do nosso planejamento", resumiu. 

São 22 pontos conquistados depois de dez rodadas. O Vôlei Nestlé venceu oito partidas e sofreu dois resultados negativos. Luizomar e suas comandadas venceram quatro jogos, por 3 sets a 0, dois, por 3 a 1, e dois, por 3 a 2. A equipe de Osasco ganhou 26 sets e perdeu 12. 

O jogo - Sem contar com Thaisa, que ficou no banco, o Vôlei Nestlé teve um início instável, 3/7. Mas a boa atuação da ponteira Carcaces, com dois pontos, permitiu que a equipe encostasse na primeira parada técnica, 7/8. Mais equilibrado, o Renata/Valinhos abriu três pontos no segundo tempo técnico, 13/16. Neste momento, Luizomar fez a inversão 5/1, colocando Diana e Ivna, nos lugares de Lise Van Hecke e Dani Lins. Diana foi para o saque e forçou o erro das adversárias. Permitiu contra-ataques de Carcaces (2) e de Ivna, empatando em 17/17. A partir daí, a maior experiência das visitantes prevaleceu. A central Adenízia comandou de vez a reação, marcando três pontos. Ivna e Lise, duas vezes, deram números finais ao set, 25/23. O destaque foi Adenízia com 6 pontos.

Depois do ímpeto inicial, quando equilibrou o set, a jovem equipe de Valinhos sentiu o crescimento das adversárias, que abriram 8/6 na parada técnica, com Carcaces e Gabi fazendo dois pontos cada. O bloqueio funcionou e o Vôlei Nestlé foi ampliando a vantagem, novamente com Adenízia até chegar a 16/10. Dois aces seguidos de Gabi, 18/10, outros dois pontos da central Saraelen, 22/12 e ace de Carcaces - destaque da parcial com 6 pontos - para fechar a série em 25/15.

O Vôlei Nestlé voltou para o terceiro set com Ivna no lugar de Lise Van Hecke e Suelle substituindo Gabi. Mesmo assim, a equipe não perdeu ritmo e logo marcou 8/5. Concentrado, o time ampliou a vantagem com três pontos de Suelle, 15/10. Carcaces aproveitou dois contra-ataques e fez um ace, 22/13. Saraelen foi rápida, 24/14 e Adenízia fechou o set e o jogo com um bloqueio, 25/14. Ivna, Suelle, Saraelen e Carcaces marcaram 4 pontos cada.

EQUIPES:

Vôlei Nestlé: Dani Lins, Lise Van Hecke, Carcaces, Gabi, Saraelen, Adenízia e a líbero Camila Brait. 
Entraram: Ivna, Diana e Suelle. 
Técnico: Luizomar de Moura.

Renata Valinhos/Country: Mariana, Mariele, Franciele, Mari Capovilla, Flávia, Juliana Mello e a líbero Andréia. 
Entraram: Fran, Rebeca, Rafaela e Bruna. 
Técnico: André Rosendo.

Fonte/foto: ZDL


 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...