sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

SUPERLIGA FEMININA 2015/16: Concilig Vôlei Bauru enfrenta Dentil/Praia Clube buscando a primeira vitória fora de casa

Concilig Vôlei Bauru enfrenta Dentil/Praia Clube buscando a primeira vitória fora de casa pela Superliga 2015/16

Já se passaram oito rodadas da edição 2015/16 da Superliga Feminina e o Concilig Vôlei Bauru ainda não sabe o que é vitória longe da própria torcida na competição. Tudo bem que foram apenas dois jogos fora de casa, contra o Rio do Sul/Equibrasil e o Terracap/Brasília Vôlei, ambos com vitórias das adversárias por três sets a zero.

A chance de conquistar o primeiro resultado positivo fora de Bauru é nesta sexta-feira (11), às 19h30, contra o Dentil/Praia Clube, em Uberlândia. E não será tarefa fácil para as comandadas do técnico Chico dos Santos, já que o adversário ocupa a vice-liderança da Superliga com 18 pontos conquistados, sendo seis vitórias e apenas duas derrotas no nacional.

Em sua primeira participação na elite do vôlei brasileiro, o Concilig Vôlei Bauru faz até aqui uma campanha surpreendente, ocupando a sexta posição na classificação geral, à frente de equipes tradicionais como SESI-SP, São Cristóvão Saúde/São Caetano e Pinheiros. Em oito partidas disputadas, o time bauruense tem 50% de aproveitamento, com quatro vitórias (todas em casa) e quatro derrotas (duas em Bauru e duas fora).

Essa será a terceira vez que Concilig Vôlei Bauru e Dentil/Praia Clube se enfrentam nesta temporada. As duas equipes realizaram dois amistosos no ginásio Panela de Pressão, em Bauru, no mês de setembro, com uma vitória para cada time. Por ter enfrentado, e vencido, o Uniara/Araraquara no dia anterior pelo Campeonato Paulista o técnico Chico dos Santos poupou alguma atletas no primeiro amistoso, que teve vitória mineira por três sets a um (15x25, 17x25, 20x25 e 25x17). Com a equipe completa, o Concilig venceu a segunda partida por dois sets a um, com parciais de 25x22, 23x25 e 25x18.

Aliviado pela vitória na última rodada, que quebrou a sequência negativa de três derrotas seguidas da equipe bauruense, o técnico Chico dos Santos espera um jogo bem difícil nesta sexta-feira, assim como foram os amistosos em Bauru, mas sabe por qual caminho pode encontrar a vitória no triângulo mineiro. “É um time muito rápido e com um ataque potente, principalmente com as duas estrangeiras (a cubana Daymi Ramires e a norte-americana Alix Klineman), mas que conseguimos encarar de igual pra igual nos amistosos. O importante é conseguirmos sacar bem e quebrar o passe adversário, assim temos chances de um bom resultado.”

Esse será o jogo de duas, das três melhores equipes no bloqueio da Superliga 2015/16. O Dentil/Praia Clube lidera as estatísticas desse fundamento, ao lado do Terracap/Brasília Vôlei, com 99 pontos, sendo que o time da capital federal tem um jogo a mais. O Concilig Vôlei Bauru aparece na terceira posição, com 89 pontos de bloqueio em oito jogos. A central Fê Isis é o destaque da equipe, com 23 pontos, e está entre as dez melhores da competição no fundamento. 

O ADVERSÁRIO

Quinto colocado nas três últimas edições da Superliga, o Dentil/Praia Clube investiu pesado para ir mais longe nessa temporada. A equipe mineira contratou a central campeã olímpica Walewska, a ponteira norte-americana Alix Klineman, vice-campeã italiana pelo Novara, a ponteira Pri Daroit e a levantadora Claudinha, ambas com passagens pela seleção brasileira. O time do técnico Ricardo Picinin ainda manteve a base da temporada passada, que tem como destaque a oposta cubana Daymi Ramirez, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas (2004).

Ocupando a segunda posição na tabela da Superliga, com 18 pontos, o Dentil/Praia Clube vem de derrota na rodada anterior, fora de casa, para o Rexona Ades por três sets a zero (25x11, 25x16 e 25x21). Anteriormente, havia vencido o até então invicto Vôlei Nestlé/Osasco, em casa, por três sets a um (27x25, 26x28, 25x12 e 25x23).

“É um jogo em que tudo que estudamos e preparamos taticamente tem que funcionar bem, só assim podemos sair daqui com um resultado positivo. Sabemos dos pontos fortes e fracos deles e eles dos nossos, por isso quem errar menos vence. Contra o Pinheiros nós erramos pouco e não deixamos elas crescerem no jogo. Se conseguirmos repetir isso contra o Praia, temos boas chances”, afirma Chico dos Santos.

Fonte: Assessoria Vôlei Bauru
Foto: Leandro Ferreira
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...