domingo, 22 de novembro de 2015

SUPERLIGA MASCULINA 2015/16:Vôlei Brasil Kirin vence Lebes/Gedore/Canoas e se recupera na Superliga

Vôlei Brasil Kirin vence Lebes/Gedore/Canoas e se recupera na Superliga


O Vôlei Brasil Kirin se reencontrou com a vitória na Superliga Masculina de Vôlei. Na tarde deste domingo (22), o time campineiro derrotou Lebes/Gedore/Canoas, por 3 a 2 (23/25; 25/21; 25/17; 23/25; 15/13), no Ginásio do Grêmio Náutico União, em Porto Alegre, no encerramento da quarta rodada. O líbero Tiago Brendle foi eleito o melhor da partida e recebeu o troféu Viva Vôlei.

Com a terceira vitória em quatro jogos, os comandados do técnico Alexandre Stanzioni, que vinham de derrota para Montes Claros, por 3 a 1, chegaram aos oito pontos pontos e assumiram o quarto lugar, atrás de São José dos Campos, Funvic/Taubaté e Sada/Cruzeiro, que dividem a liderança com um ponto a mais.

O Vôlei Brasil Kirin volta às quadras contra Funvic/Taubaté, em duelo direto pela liderança, na próxima quarta-feira (25), às 18h45, no Ginásio Abaeté, no Vale do Paraíba.

O JOGO – O Vôlei Brasil Kirin apresentou grande poder de reação durante todo primeiro set. Os donos da casa impuseram um ritmo forte, abriram vantagem, mas os campineiros correram atrás e buscou o empate em três oportunidades. Foi assim durante toda parcial. Após a inversão, com as entradas de Jotinha e Michael, o time campineiro deixou tudo igual mais uma vez (18 a 18) em passagem de Vini pelo saque. O equilíbrio se manteve até o final e os mandantes conseguiram sair na frente após a arbitragem ver toque do bloqueio após ataque de Dennis.

A reação do time campineiro foi comandada pelo oposto Wallace. O capitão teve grande passagem pelo saque logo no início, marcou cinco pontos antes da primeira parada técnica e ajudou o Vôlei Brasil Kirin a abrir vantagem (8 a 4). Os donos da casa chegaram a reagir, mas o Vôlei Brasil Kirin teve cabeça no lugar e não desperdiçou a vantagem. Wallace voltou a aparecer após anotar ace antes da segunda parada (16 a 13). Vini foi o responsável por anotar o ponto que igualou a partida em jogada de velocidade.

Com o placar igual, as equipes fizeram um começo de terceiro set equilibrado. Os times trocaram ataques e os gaúchos foram para a primeira parada na frente (8 a 7), mas depois os campineiros tomaram conta do jogo completamente. Lucas Loh emplacou uma sequência de oito pontos seguidos, com ajuda do bloqueio, que dominou completamente o ataque adversário, e da defesa (18 a 10). Tiago Brendle teve participação fundamental no set e protagonizou a principal jogada da parcial ao buscar uma bola na arquibancada com apenas uma das mãos. Sem deixar o ritmo cair, os visitantes não tiveram problema para fechar o set em bloqueio de Maurício Souza.

O quarto set foi de tirar o fôlego. Os campineiros largaram bem, chegaram a abrir boa vantagem, mas se desconcentraram e acabaram permitindo a reação do adversário, que forçou o tiebreak. Na parcial de desempate, o equilíbrio predominou e a experiência de Wallace e Vini fez a diferença.

O oposto, além de garantir a segurança na virada de bola, anotou dois aces em momentos importantes, enquanto o central comandou o bloqueio campineiro, que apareceu para segurar o ataque adversário deixando o set empatado (11 a 11). As mãos do camisa 11 seguraram o ataque gaúcho e garantiram a vitória do Vôlei Brasil Kirin.

Fonte e Foto: Divulgação Vôlei Brasil Kirin.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...