quinta-feira, 26 de novembro de 2015

SUPERLIGA MASCULINA 2015/16: Sesi-SP vai ao Vale do Paraíba e arranca mais uma vitória fora de casa

Sesi-SP vai ao Vale do Paraíba e arranca mais uma vitória fora de casa
Sesi-SP vence São José na casa do adversário por 3 a 1 pela Superliga

Mais um triunfo para a conta. Depois de duas derrotas dentro de casa e uma vitória fora, no último sábado, o time masculino de vôlei do Sesi-SP voltou a vencer na noite desta quarta-feira (25). Jogando no Vale do Paraíba contra o São José Vôlei, os atletas do técnico Marcos Pacheco fizeram 3 sets 1 (25/19, 22/25, 25/19 e 25/20), em partida válida pela quinta rodada da Superliga 2015/16.

Com o resultado, o Sesi-SP espantou a má fase, tirou o São José da liderança e ainda subiu para o segundo lugar (até o fechamento desta reportagem). O troféu Viva Vôlei foi para o central Gustavão, que marcou 14 pontos e brilhou no bloqueio, com 7. O ponteiro Douglas foi o maior pontuador do time, com 19. Diogo, do São José, foi o maior marcador do jogo, com 21 pontos.

“Nosso time vem evoluindo a cada jogo, só tivemos uma baixa contra o Minas, mas esta Superliga está bem equilibrada e temos que estar 100% em todos os jogos. Fiquei muito satisfeito com a evolução da equipe. Conseguimos vencer um adversário duro fora de casa. Foi uma ótima vitória. Agora não podemos só comemorar, porque sábado teremos mais uma pedreira”, comentou o central Gustavão.

Após a partida desta quarta-feira, o time do Sesi-SP se prepara para mais um jogo no Vale do Paraíba, agora contra o Funvic/Taubaté. O jogo acontece neste sábado (28), às 21h30, no ginásio do Abaeté, com transmissão pelo canal de TV por assinatura SporTV.

Marcos Pacheco mandou para quadra Theo, Aracaju, Murilo, Thiaguinho, Douglas Souza, Gustavão e o líbero Serginho. Entraram Johan, Vinhedo e Rafael Araújo. O São José entrou para o jogo com Cristian, Lorena, Diogo, Rodriguinho, Alberto, Bruno e o líbero Mário Jr. Entraram Hugo, Everton, Lucas Salim e Alemão.

O jogo

O Sesi-SP começou melhor na partida e com facilidade abriu 4 a 1, após um ponto de saque do ponteiro Douglas Souza. Chegando com boa vantagem na primeira parcial técnica (8/4), os comandados do técnico Marcos Pacheco dominaram o jogo, ampliaram ainda mais a vantagem (11/6), forçando o técnico adversário a pausar a partida para acalmar os ânimos. Na volta, mais uma parcial para os meninos da Vila Leopoldina (16/11) e mais um ponto de saque, agora com o central Gustavão, levando a equipe ao final do set com 25/19.

Diferentemente do começo do jogo, no segundo set foi o São José que começou melhor e dominou as primeiras parciais. A equipe do Vale do Paraíba aproveitou os erros de ataque do Sesi-SP e garantiu o primeiro tempo técnico com 8/6, em seguida aumentou para quatro pontos a vantagem e fechou a segunda parcial em 16/12. Após uma sequência de erros de saque de ambos os lados, o time da capital paulista até chegou a encostar (15/17), mas com um saque para fora do oposto Theo, o São José fez 25/22 e deixou tudo igual.

Muito equilibrado, o terceiro set foi marcado pela igualdade no placar. Com Lorena acertando um ace e Douglas Souza atacando forte pela lateral, as equipes seguiram empatadas até a primeira parcial técnica, quando o São José cravou um ataque na quadra do Sesi-SP e fez 8/7. Aproveitando melhor os erros do adversário, o time da capital paulista saiu na frente e abriu dois pontos de vantagem no segundo tempo técnico (16/14). Atuando melhor, o Sesi-SP voltou a crescer em quadra sem dar vez para o São José e, bloqueando o oposto Lorena e com direito a um ponto de saque do levantador Thiaguinho, os meninos da Vila fecharam mais um set com 25/19.

Assim como no set anterior, o equilíbrio tomou conta do quarto período. Com Gustavão acionado e desempenhando bem, o Sesi-SP se manteve forte na briga e cravou a primeira parcial com 8/7. Mesmo com Lorena forte na quadra adversária, os meninos da Vila Leopoldina não se intimidaram e passaram a abrir ainda mais a vantagem. Com direito a dois pontos de saque do levantador Thiaguinho, o time da capital paulista fez 16/11 e garantiu o segundo tempo técnico do set. Superior em quadra, rodando melhor a bola e errando menos, o Sesi-SP soube administrar a vantagem que girava entre 4 e 6 pontos e fechou o jogo em 3 sets a 1 após fazer 25/20 no quarto e último set do jogo.

Fonte: Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp
Foto: Zaia Comunicação
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...