sábado, 28 de novembro de 2015

SUPERLIGA FEMININA 2014/15: Sesi-SP vence Pinheiros por 3 sets a 1

 Sesi-SP vence Pinheiros por 3 sets a 1 
A capitã Fabiana com o troféu Viva Vôlei

Em jogo praticamente impecável -com o saque sendo um dos elementos principais- as meninas do Sesi-SP venceram o E.C. Pinheiros por 3 sets a 1 (25/14, 25/14, 23/25 e 25/20), na tarde deste sábado (28), no ginásio da Vila Leopoldina. Na quinta rodada da Superliga Feminina 2015/16, as atletas comandadas pelo técnico Talmo de Oliveira chegam, com o resultado, aos oito pontos em cinco jogos e passam da nona para a sétima posição, deixando para trás o Pinheiros e o Brasília.

O lema da tarde era vencer e vencer, e foi o que as meninas da Vila Leopoldina fizeram. Começando forte desde o primeiro set, o Sesi-SP mostrou força e garra e com tranquilidade garantiu as duas primeiras parciais. Na sequência o Pinheiros sofreu com a ausência da líbero Ju Paes, que saiu do jogo após se chocar com a companheira de equipe Paula. Mesmo com o incidente, o time do técnico Wagão não se deixou abater e fechou o terceiro set. Mas, mais uma vez, as meninas do Sesi-SP brilharam, imprimiram um bom jogo com Fabiana e Dayse inspiradas e garantiram os três pontos.

Para Talmo de Oliveira, a vitória foi muito importante para dar mais ânimo para equipe. “Nós não vínhamos de bons resultados, apesar de ter feito alguns jogos legais, nós não chegamos aos resultados, então hoje a vitória seria muito importante para gente. Nós tivemos uma semana muito boa de trabalho e nos condicionamos muito bem para esse jogo contra o Pinheiros. A equipe aproveitou momentos muito importantes no jogo, principalmente o saque, sacamos muito bem. A vitória foi muito importante para dar confiança e mostrar o que a gente tem feito no dia a dia, o grupo vem se fortalecendo cada vez mais, e a entrega vem sendo muito grande”, comentou o treinador.

Dona de 3 dos 9 pontos de saque, Fabiana foi a maior pontuadora do Sesi-SP, com 18 pontos, seguida pela ponteira Dayse, com 13. A central e capitã da equipe ainda levou o Troféu Viva Vôlei, por votação do público, e comemorou não só a escolha como o resultado final.

“Estou muito feliz com a vitória de hoje. Eu dedico esse troféu (Viva Vôlei) não só para as meninas como para toda comissão técnica. A gente estava passando por um momento complicado, é difícil vir de uma derrota e já pensar no outro jogo, então eu fico superfeliz de hoje sentir esse gosto da vitória. A gente sabe que a nossa equipe é capaz, e esse é um momento muito bom para crescermos cada vez mais”, comemorou Fabiana.

O jogo

O objetivo da tarde era ganhar do Pinheiros para voltar a crescer na competição, e foi o que equipe do técnico Talmo de Oliveira começou fazendo. Voando em quadra, as meninas do Sesi-SP imprimiram um jogo com pouquíssimos erros logo no primeiro set. Abrindo uma vantagem de três pontos na primeira parcial técnica (8/5), Fabiana e companhia já mostraram a que vieram. Com direito a dois pontos de saque em três passagens seguidas pelo fundamento, a capitã foi uma das principais responsáveis pelo crescimento da equipe no jogo, que ampliou a vantagem para nove pontos (16/7). Distribuindo bem as bolas entre suas atacantes, Pri Heldes ainda largou uma bola de segunda na quadra adversária e não deu vez para o Pinheiros, fechando a primeira parcial do jogo com 25/14.

Para o segundo set, o Sesi-SP manteve o bom entrosamento e as viradas de bola potentes, mas o que tomou conta da parcial foi o saque. Da primeira parada técnica (8/4) até a segunda (16/9), foi uma sequência de sete saques da oposta Andreia, pontuando direto em dois deles. Dayse também cravou dois bons saques na quadra do Pinheiros e complicou a vida das adversárias, que fizeram algumas paradas para acalmar o ritmo do jogo. Mas, com superioridade as meninas da Vila Leopoldina mantiveram as viradas de bola e as jogadas rápidas com Fabiana e Angélica pelo meio de rede e repetiram a parcial anterior, com 25/14.

O terceiro set foi marcado pelo equilíbrio entre as equipes. O Sesi-SP até começou melhor e abriu 5 a 2, mas logo as meninas do Pinheiros encontraram um bom entrosamento dentro de quadra e chegaram ao empate em 5/5. Com a saída da líbero Ju Paes, após se machucar em um lance, o jogo ficou um pouco abalado, e as adversárias aproveitaram o momento para se recompor em quadra e virar a partida. Após a segunda parada técnica (16/15), quando o Sesi-SP ainda permanecia na vantagem, o Pinheiros voltou a crescer e se encontrar no jogo. Chegando ao empate em 21/21, o grupo do técnico Wagão aproveitou a baixa das donas da casa e fechou a parcial em 23/25.

No quarto e último set o Sesi-SP recuperou o brilho do início da partida e novamente se impôs em quadra. Abrindo seis pontos de vantagem logo no primeiro tempo técnico (8/2), Fabiana brilhou no ataque pelo meio de rede e no bloqueio, impedindo o Pinheiros de abrir uma sequência de recuperação. Após a segunda parada técnica (16/9) o time adversário até chegou a respirar no jogo e fez cinco pontos seguidos, mas não foram suficientes para bater o Sesi-SP, que chegou aos 25/20 e fechou o jogo com vitória e três pontos.


Fonte:Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp
Foto: Raphael Amoroso/Fiesp
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...