sexta-feira, 9 de outubro de 2015

CAMPEONATO PAULISTA DE VÔLEI FEMININO 2015:Uniara/AFAV comunica Federação Paulista de Vôlei sobre incidentes na partida entre Uniara/AFAV e Concilig Vôlei Bauru


Uniara/AFAV comunica Federação Paulista de Vôlei sobre incidentes na partida entre Uniara/AFAV e Concilig Vôlei Bauru

A equipe da Uniara/AFAV comunicou na manhã desta quinta-feira através de sua assessoria de Imprensa que notificou a Federação Paulista de Voleibol sobre os atos de agressões física e verbal ocorridos contra as atletas e comissão técnica de Araraquara na partida entre as equipes da Uniara/AFAV e do Concilig Vôlei Bauru na noite de ontem no ginásio do Gigantão em Araraquara.

Confira o comunicado: 

Sobre os fatos e atos de agressão física e verbal contra as atletas e comissão técnica da Equipe de Voleibol Feminino de Araraquara ocorridos na noite de ontem, no jogo contra a equipe de Bauru pela Divisão Especial do Campeonato Estadual, a AFAV – Associação Feminina Araraquarense de Voleibol informa que já notificou a Federação Paulista de Voleibol – FPV sobre os tristes acontecimentos.

A AFAV lamenta o ocorrido e comunica que em virtude das várias ameaças realizadas por membros da equipe adversária à Equipe de Araraquara, esta aguardando o posicionamento dos membros da FPV que inclusive presenciaram todo o ocorrido, quanto as possíveis sanções, providencias e inclusive, medidas de segurança a serem adotadas para a realização da segunda partida entre as equipes, prevista para acontecer em Bauru, no sentido de preservar a integridade de todos os envolvidos.

A AFAV informa ainda que, tal violência mesmo "fora" de quadra envergonha a modalidade em todos os sentidos, e proporciona total surpresa já que a equipe de Araraquara sempre sediou grandes confrontos, com adversário ilustres onde o respeito e a competitividade entre as equipes sempre prevaleceram.

No sentido de tranquilizar nossos torcedores e apoiadores, por fim, informamos que providencias foram e estão sendo tomadas para garantir a integridade física e moral de toda a comissão e atletas araraquarenses para que fatos como este não se repitam e não estraguem a real finalidade social do esporte em nossa cidade e região.

Pelo lado de Bauru, a equipe reclamou da organização e da segurança do local e segundo sua assessoria de imprensa a confusão começou ainda durante a partida, quando alguns torcedores de Araraquara teriam tido atos racistas contra a jogadora Fernanda Isis e informou que ninguém da equipe agrediu o adversário. 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Uniara/AFAV e Jornal da EPTV
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...