quarta-feira, 14 de outubro de 2015

CAMPEONATO PAULISTA DE VÔLEI FEMININO 2015: Em noite inspirada das Centrais Adenízia e Saraelen, Vôlei Nestlé vence São Cristóvão Saúde/São Caetano e abre vantagem na Semifinal do Paulista

Em noite inspirada das Centrais Adenízia e Saraelen, Vôlei Nestlé vence São Cristóvão Saúde e abre vantagem na Semifinal do Paulista
No retorno das jogadoras da Seleção, Adenízia e Saraelen são destaque na vitória diante do São Cristóvão Saúde/São Caetano, por 3 sets a 0

 Adenízia e Saraelen brilharam na vitória do Vôlei Nestlé no primeiro confronto semifinal do Campeonato Paulista diante do São Cristóvão Saúde/São Caetano, na noite desta quarta-feira (14) no ginásio Milton Feijão, em São Caetano do Sul. A equipe visitante marcou rápidos 3 sets a 0, parciais de 25/23, 25/21 e 25/17, em 1h33min, contando com o ótimo aproveitamento das centrais no retorno das jogadoras que estavam servindo a Seleção Brasileira. Adenízia fez 17 pontos e Saraelen 13. 

Em sua estreia na temporada, Adenízia foi decisiva, mas dividiu os méritos com as companheiras. "A equipe está de parabéns. Sabíamos das dificuldades de jogar na casa delas. São Caetano está bem encaixado e nosso time se entrosando. Eu, Brait e Dani chegamos agora. Acredito que força de vontade e concentração fizeram com que saíssemos com essa vitória. A Dani jogou com o passe na mão e na bola de graça as meninas capricharam bastante, deixando-a com todas as opções. A minha participação e a da Saraelen depende muito do bom desempenho das passadoras: Camila Brait, Suelle e Gabi. Se não fossem elas as centrais não se destacariam", afirmou Adenízia, com humildade. 

Saraelen foi a responsável pelos últimos quatro pontos do segundo set. "Foi o jogo das centrais. O passe ajudou bastante para nossos ataques e tivemos bons aproveitamentos também nos contra-ataques. É de extrema importância abrir vantagem, mas temos de seguir trabalhando porque a segunda partida será ainda mais difícil", disse a atleta.

O técnico Luizomar elogiou o desempenho no terceiro set. "Fizemos um bom jogo diante de um time que chegou nesta semifinal fortalecido. Sabíamos que seria difícil e ficou ainda mais porque no primeiro e segundo sets pecamos um pouco no contra-ataque e desperdiçamos várias oportunidades para pontuar, deixando o jogo ficar perigoso. Na terceira parcial a equipe se comportou bem e fizemos um grande resultado. Taticamente sacamos bem e tivemos uma relação bloqueio e defesa bastante eficiente", analisou o treinador. 

Uniforme comemorativo - Outro destaque da abertura da semifinal foi o uniforme especial do Vôlei Nestlé. Em uma homenagem ao Dia das Crianças, cada jogadora tinha na camiseta uma miniatura de quando era criança na frente e atrás seu apelido na infância. O time formou com Camila Brait (Nanica) e Dani Lins (Nielle), Suelle (Su), Gabi (Preguinho), Marjorie (Má), Elisângela (Lili), Diana (Dianinha), Ivna (Iv), Saraelen (Sara), Cacá (Carol), Dani Terra (Danizinha), Carcaces (Keniesita) e Adenízia (Dê). O uniforme tinha ainda a marca do biscoito PASSATEMPO, da Nestlé. 

Decisão no domingo em casa - O segundo e decisivo jogo será, no ginásio José Liberatti, em Osasco, no domingo, às 10h30, novamente com transmissão do SporTV. Em caso de vitória do São Caetano será disputado em seguida o Golden Set para definir o finalista. Na fase de classificação, o Vôlei Nestlé venceu o rival do ABC por 3 sets a 0, em Sorocaba. 

O jogo - Duas atletas e um fundamento foram destaque no set inicial da semifinal. Adenízia e Dani Lins comprovaram que estavam com saudade do clube e fizeram uma parcial de respeito. Adenízia marcou 6 pontos e Dani Lins derrubou três bolas, o que não é natural para uma levantadora. E o fundamento foi o bloqueio, responsável por 5 pontos da equipe visitante. Mesmo assim, o set foi bem equilibrado. O Vôlei Nestlé virou na frente nos dois tempos técnicos, 8/7 e 16/14, mas o São Caetano reagiu na fase decisiva e buscou o empate em 23/23. Nesta hora, o bloqueio de Saraelen funcionou e um erro do adversário determinou o final em 25/23, em 33 minutos.

O Vôlei Nestlé voltou arrasador e logo chegou a 8/3. Aos poucos, as donas da casa reagiram e chegaram ao empate em 13/13. Neste momento, surgiu outra central que definiria a parcial. Saraelen fez 15/14 e continuou em ritmo forte. Gabi marcou duas vezes, 17/15 e 18/16, mais dois de Suelle, que entrou no lugar de Carcaces, 19/17. Aí Saraelen dominou as ações novamente e marcou quatro pontos seguidos fechando o set em 25/21, em 31 minutos. 

A noite era realmente das centrais. Com uma atuação espetacular de Adenízia, a equipe visitante não deu chance ao adversário no terceiro set. Abriu 8/4, manteve a diferença na segunda parada técnica 16/7, com um show de bloqueios (7 só nesta parcial). Logo definiu a vitória na primeira partida do confronto semifinal por 25/17, em 29 minutos. Adenízia marcou mais 7 pontos e confirmou ser o destaque da noite.

No Vôlei Nestlé jogaram e marcaram: Dani Lins (3), Carcaces (4), Adenízia (17), Saraelen (13), Gabi (10), Ivna (9) e a líbero Camila Brait. Entraram: Diana, Suelle (5) e Elisângela. Técnico: Luizomar de Moura.

No São Cristóvão Saúde/São Caetano jogaram e marcaram: Ana Maria, Thaisinha (11), Andressa (6), Edna (11), Lia (4), Ciça ((6) e a líbero Silvana. Entraram: Bruna (3), Larissa (1), Soninha e Sonaly. Técnico: Ayrton Cabral.


Fonte:ZDL - Rafael Zito
Foto:Gabriel Inamine/Fotojump
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...