domingo, 25 de outubro de 2015

CAMPEONATO PAULISTA DE VÔLEI FEMININO 2015: Vôlei Nestlé vence Sesi-SP e é tetracampeão paulista

Vôlei Nestlé vence Sesi-SP e é Tetracampeão Paulista 
Meninas do  Vôlei Nestlé comemoram o título invicto

O Vôlei Nestlé conquistou neste domingo (25) seu quarto título consecutivo do Campeonato Paulista e de forma invicta. Dominante, o time de Osasco superou o Sesi-SP, no ginásio José Liberatti, por 3 sets 0, parciais de 25/16, 25/18 e 25/20, em 1h23. Ivna foi a maior pontuadora com 16 acertos. Os destaques das finais foram a eficiência coletiva da equipe e o bom trabalho tático. Nos dois jogos, as comandadas de Luizomar somaram 39 pontos de bloqueio, neutralizando as ofensivas do rival. 

Logo após a conquista, Ivna elogiou o trabalho do preparador físico Júlio Cezar Lanzelotti. "Vou dar o mérito (do título) ao Julinho, nosso preparador físico, pois ele fez um trabalho muito importante neste começo de temporada. Jogamos muito bem em todos os jogos, bem preparadas para fazer 10 jogos invictas, isso é um mérito da comissão técnica. A gente merece muito esse título pela nossa dedicação e vontade de ganhar. Cada uma teve um papel muito importante dentro de quadra. Estou muito feliz", afirmou a oposta.

Mesmo sem entrar em quadra, Elisângela foi lembrada com carinho pelas companheiras. "A equipe está de parabéns. Somos merecedoras de tudo o que está acontecendo. Entramos em quadra hoje pela Família Nestlé, pela torcida e pela Elisângela. O que está acontecendo com a Elisângela tem que servir de aprendizado. Hoje é a Lili, amanhã sou eu, amanhã são as mais novinhas. Quem tem que decidir a hora de parar somos nós. Hoje, eu estou extremamente feliz pela vitória, mas extremamente triste pelos clubes estarem decidindo o nosso futuro", disse Adenízia.

Dani Lins também dedicou a conquista a Elisângela. "É muito bom conquistar mais um título. A gente entrou com aquela vontade de ganhar, querendo esse título. Fizemos muito pela Lili (Elisângela), que nos ajudou muito no Paulista, jogando e com palavras de força. A gente mostrou que é um grupo muito unido. Hoje (domingo) foi a determinação pela vitória em prol de uma conquista para a Lili", comentou a levantadora. Para Elisângela, o título tem um sabor especial. "Com certeza, esse título tem um gosto especial, diante de tudo que aconteceu nesta semana, do que vem acontecendo na briga com a CBV para diminuir os pontos, a partir desta semana minha vida se decide. Não sei o que vai acontecer, o futuro pertence a Deus. Mas, com certeza, esse título é diferenciado por isso", ressaltou.

Gabi e Saraelen ganharam o segundo título na temporada, pois foram campeãs mundiais sub-23. "A emoção é muito grande, essa torcida gigantesca foi um diferencial. Estou muito feliz de ter esses torcedores ao lado. A alegria é tamanha que não tem explicação", garantiu Saraelen. A ponteira levantou seu primeiro troféu como capitã. "Foi um título bem importante, pois começamos com uma formação e terminamos com outra. As meninas da seleção não estavam no começo do Campeonato Paulista. Mesmo assim, conseguimos manter um padrão, vencendo, isso foi mais importante. Independente de quem entrou e saiu, o time conseguiu ter consistência para jogar para sair com as vitórias", destacou Gabi. 

O técnico Luizomar enfatizou o bom trabalho tático nos dois embates. "Estou muito feliz, principalmente pelo padrão tático que a equipe conseguiu. Quando todo o elenco ficou junto, eu pedi que elas se comunicassem, se concentrassem, porque a gente não tinha muito tempo. Além da emoção de ser campeão, estou muito feliz pela forma tática com que a equipe jogou, sabendo o que tinha que fazer. Como equipe, isso foi muito importante", analisou o treinador.

Jogadoras homenagearam as mães com uniforme especial - As atletas do Vôlei Nestlé receberam suas mães na sexta-feira (23) no ginásio José Liberatti e as surpreenderam mostrando uma novidade para o jogo deste domingo. As jogadoras atuaram na última partida da competição estadual com o uniforme da marca Ninho, sendo que, na camiseta tem uma mensagem das filhas para suas mães e nas costas o nome da mãe da respectiva atleta. A ação faz parte da promoção da Nestlé "Vida em Família Faz Bem".

Histórico de Osasco no Paulista - O Vôlei Nestlé é o atual tetracampeão Paulista. O time de Osasco venceu Campinas, em 2012, o Sesi-SP, em 2013, o São Cristóvão Saúde/São Caetano, em 2014, e o Sesi-SP, em 2015. Além dos quatro títulos consecutivos, o clube detém a hegemonia na competição estadual, com 13 conquistas. O clube da cidade foi campeão nas edições de 1996, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2012, 2013, 2014 e 2015.

O jogo - Uma palavra resume o início do Vôlei Nestlé: avassalador! O Sesi-SP fez o primeiro ponto da parcial, mas daí em diante só as donas da casa jogaram. Saque força e uma boa relação bloqueio e defesa fizeram as mandantes construírem uma ampla vantagem: 8 a 3, com ataque de Adenízia, e depois 16 a 9 com Gabi, também no ataque. O placar apontava 22 a 10 quando o Sesi tentou uma reação marcando 5 pontos seguidos: 22 a 15. Luizomar fez a inversão 5-1 colocando Lise Van Hecke e Diana nos lugares de Dani Lins e Ivna. E foi da belga o ponto de ataque de decidiu o set: 25 a 16, em 26 minutos. Foram 13 pontos de ataque e 3 de bloqueio. Ivna foi o destaque com seis pontos.

O início da segunda parcial foi uma sequência da primeira. Superior em quadra, o Vôlei Nestlé chegou a abrir 6 a 3, com ponto de Ivna em ataque. As visitantes reagiram e reduziram para um ponto: 9 a 8. Porém, mais consistente e aproveitando as oportunidades, o time de Osasco fez 14 a 8, ponto de Carcaces em ataque. Dominante e efetivo nos contra-ataques, a vantagem foi sendo administrada e Ivna marcou 24 a 18. Irregular, o Sesi-SP cometeu mais um erro e o Vôlei Nestlé fechou por 25 a 18, em 26 minutos. Foram 15 de ataque, 6 de bloqueio e 1 de saque. Ivna, novamente, foi a melhor com seis pontos. 

O terceiro set foi o mais equilibrado. O Sesi-SP chegou a liderar por 3 a 2, mas as comandadas de Luizomar retomaram a dianteira e com um bloqueio de Saraelen a diferença foi para quatro pontos: 13 a 9. Saraelen novamente bloqueou e as mandantes anotaram 14 a 9. O time da capital voltou para o jogo e reduziu para dois pontos: 14 a 12. Mas a reação não durou muito e as donas da casa aumentara a vantagem para 22 a 17. A torcida se levantou para comemorar quando o Sesi-SP cometeu outro erro e o Vôlei Nestlé finalizou o set por 25 a 20, em 31 minutos. Saraelen foi decisiva e a maior pontuadora com 5 acertos. 

No Vôlei Nestlé jogaram e marcaram: Dani Lins (4), Carcaces (5), Adenízia (11), Saraelen (14), Gabi (10), Ivna (16) e a líbero Camila Brait. Entraram: Diana, Suelle (1) e Lise Van Hecke (2). Técnico: Luizomar de Moura.

No Sesi-SP jogaram e marcaram: Carol Leite, Ellen (3), Jaqueline (10), Bia (11), Fabiana (5), Andréia (7) e a líbero Suelen. Entraram: Sabrina, Dayse (7), Daldegan e Pri Heldes (1). Técnico: Talmo de Oliveira

Fonte: Fonte:ZDL - Rafael Zito
Foto:João Pires/Fotojump
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...