quinta-feira, 22 de outubro de 2015

CAMPEONATO PAULISTA DE VÔLEI FEMININO 2015: Com 21 pontos de bloqueio, Vôlei Nestlé vence Sesi-SP e abre vantagem na decisão do Paulista

Com 21 pontos de bloqueio, Vôlei Nestlé vence Sesi-SP e abre vantagem na decisão do Paulista

A equipe de Osasco superou o Sesi-SP, fora de casa, por 3 sets a 1. Com boa distribuição de jogo, Dani Lins foi um dos destaques do jogo

Atual tricampeão estadual, o Vôlei Nestlé deu o primeiro passo em busca do quarto título consecutivo. Nesta quinta-feira (22), a equipe de Osasco apresentou um bloqueio arrasador, com 21 pontos, e superou o Sesi-SP, em São Paulo, no ginásio Vila Leopoldina, por 3 sets a 1, parciais de 25/12, 20/25, 25/21 e 25/20, em 2h de duração. Com 19 acertos, a oposta Ivna foi a maior pontuadora da partida. Outro destaque foi Dani Lins, que distribuiu bem o jogo e fez com que quatro de suas atacantes marcassem 15 pontos ou mais.

Bem inspirada, a levantadora contribuiu para que Carcaces (17), Adenízia e Gabi (15) fossem efetivas na pontuação. "Não é só mérito meu. Pude fazer essa boa distribuição após bons passes e defesas. Além disso, as atacantes conseguiram pontuar as bolas boas e até mesmo quando estavam bem marcadas. O mérito é de todas que demonstraram muita vontade de ganhar. Elas me dão confiança para colocar bolas e isso é ótimo para a levantadora. Estamos conscientes de que nada está ganho. O time delas é experiente e não podemos vacilar em momento algum", afirmou Dani Lins.

Adenízia marcou 7 pontos em bloqueios e elogiou a segurança de sua levantadora. "Mérito da Dani Lins e do passe. Estamos trabalhando duro neste fundamento e as meninas estão colocando a bola na mão da Dani. Com isso, ela está escolhendo a melhor opção com tranquilidade. Ainda pecamos em alguns momentos no ataque, quando arriscamos demais. Somos fortes neste fundamento, mas o bloqueio também mostrou que pode ser decisivo e, às vezes, podemos atacar evitando os erros e apostar no nosso bloqueio. A Dani está de parabéns pela partida que fez e por sempre passar segurança para suas atacantes", disse a central. 


O segundo e decisivo jogo está marcado para o ginásio José Liberatti, em Osasco, no domingo (25), às 10h, novamente com transmissão do SporTV. Com 1 a 0 no playoff, as comandadas de Luizomar precisam de mais uma vitória por qualquer placar para garantir o troféu. Já o Sesi-SP terá que vencer a partida para levar a disputa para o Golden Set, parcial extra realizada no mesmo dia e de 25 pontos. 


O jogo - O Vôlei Nestlé aproveitou dois erros do Sesi-SP e logo abriu vantagem. Com Sabrina no saque, o time da casa reagiu e virou, 5 a 4. Em seguida, as visitantes retomaram a frente e Ivna, em ataque, marcou 8 a 5. Com saque forçado e bom volume de jogo, a equipe de Osasco ampliou a diferença para 16 a 10, com bloqueios de Adenízia e Dani Lins, e ataques de Saraelen e Carcaces. Mais dois ataques de Carcaces e Gabi e o placar foi para 19 a 11. Na reta final, o bloqueio apareceu avassalador com quatro pontos, sendo dois de Adenízia e dois de Ivna, que fechou a série por 25 a 12 com ponto neste fundamento, em 25 minutos. Foram 12 de ataque, 5 de bloqueio e dois de saque. Ivna foi o destaque com cinco pontos. 

Na volta, as visitantes fizeram 2 a 0, mas deixaram o Sesi se recuperar e uma sequência de três saques de Jaqueline fez com que o marcador registrasse 6 a 3 para as mandantes. Gabi recolocou o equilíbrio com dois acertos e Adenízia igualou em 6 a 6. A central bloqueou Jaqueline e o Vôlei Nestlé foi para a primeira parada técnica na dianteira: 8 a 7. Na sequência, as donas da casa mostraram bom desempenho defensivo e efetividade no ataque: 16 a 13. A equipe da capital disparou e abriu 22 a 16. As visitantes ainda esboçaram reação com Adenízia no bloqueio: 22 a 18. Mas não deu tempo e o Sesi fechou por 25 a 20, em 28 minutos. Foram 10 de ataque, 6 de bloqueio e 1 ace. Adenízia teve 8 acertos e foi a maior pontuadora do time. 

O Vôlei Nestlé não se abalou com o revés da segunda parcial e construiu uma boa diferença logo na primeira parda técnica: 8 a 3. O Sesi cresceu e com dois pontos de bloqueio e três de ataque empatou por 8 a 8. A melhora do rival não intimidou as comandadas de Luizomar, que voltaram a liderar com ace de Gabi (11 a 8) e ataque de Carcaces (16 a 11). Consistente nos fundamentos, o time de Osasco ampliou para 19 a 12 com bloqueio de Adenízia. A vantagem se manteve em sete pontos quando Gabi pontuou em ataque: 21 a 14. As mandantes chegaram a reduzir para três (23 a 20), mas o Vôlei Nestlé fechou por 25 a 21, em 33 minutos. Foram 10 de ataque, 3 de bloqueio e 1 de saque. Gabi foi o destaque com quatro pontos.

Dominante, o Vôlei Nestlé se impôs no início da quarta série e com bloqueio de Ivna o placar apontava 8 a 1. O Sesi tentou se aproximar e forçou Luizomar a pedir tempo quando a vantagem diminuiu para quatro pontos (10 a 6). A pausa deu resultado e o time de Osasco retomou seu melhor desempenho e administrando a boa diferença conquistada. Gabi colocou no chão em ataque e fez 20 a 15. A cubana Carcaces marcou 24 a 19 e Saraelen fechou a partida em 25 a 20, em 33 minutos. Foram 11 de ataque, 5 de bloqueio e 1 de saque. Ivna anotou seis pontos e foi o destaque da parcial.

No Vôlei Nestlé jogaram e marcaram: Dani Lins (2), Carcaces (17), Adenízia (15), Saraelen (8), Gabi (15), Ivna (19) e a líbero Camila Brait. Entraram: Diana (1), Suelle e Lise Van Hecke. Técnico: Luizomar de Moura.

No Sesi-SP jogaram e marcaram: Carol Leite (1), Ellen (17), Jaqueline (9), Bia (7), Fabiana (11), Sabrina (11) e a líbero Suelen. Entraram: Andréia (3), Dayse (1), Daldegan e Pri Heldes. Técnico: Talmo de Oliveira


Fonte:ZDL - Rafael Zito
Foto: 
João Pires/Fotojump
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...