sexta-feira, 4 de setembro de 2015

CAMPEONATO PAULISTA DE VÔLEI FEMININO 2015: Jogando em casa, Vôlei Nestlé vence Concilig/Vôlei Bauru

Jogando em casa, Vôlei Nestlé vence Concilig/Vôlei Bauru
Luizomar e suas comandadas superaram o Concilig/Vôlei Bauru, em Osasco, por 3 sets a 0. São dois resultados positivos após duas rodadas do Paulista

Osasco (SP) - Dia de reencontro e festa com a vitória do Vôlei Nestlé no primeiro jogo como mandante na temporada 2015/16. A vítima desta sexta-feira (4) foi o Concilig/Vôlei Bauru, derrotado por 3 sets a 0, parciais de 25/22, 25/23 e 25/16. O confronto foi realizado no ginásio José Liberatti e teve duração de 1h30min. Com 19 acertos, Ivna foi a maior pontuadora. Saraelen e Gabi tiveram boa atuação, numa noite de visitas ilustres: a atacante da seleção Fernanda Garay, e Thaisa e Suelle, que se recuperam de cirurgia e lesão, respectivamente. 

Atuando novamente como ponteira, Ivna desequilibrou a partida no ataque. "O Bauru está preparando-se há mais tempo e fez mais jogos que a gente. Ainda estamos desentrosadas, mas só com o tempo vamos superar isso. A força de vontade tem de prevalecer e foi o que aconteceu. A preparação física está forte e os treinos cada dia melhores", afirmou a atleta. 

Saraelen anotou 11 pontos, sendo dois deles nas bolas que definiram o primeiro e segundo sets. "A equipe está de parabéns. Treinamos forte nesta semana e o sincronismo está cada vez mais afinado. Estamos nos ajustando nos treinos e a cada jogo. A última bola sobrou para mim, mas foi o time que fechou os sets e venceu a partida. Essa vitória é de todas. Estou trabalhando para melhorar sempre e ajudar da melhor forma", disse a central, com humildade. 

Visitas ilustres: a atacante da seleção Fernanda Garay, e Thaisa e Suelle, que se recuperam de cirurgia e lesão, respectivamente

Para o técnico Luizomar a vitória no primeiro set foi fundamental para o resultado positivo. "A equipe ainda está sentindo falta de ritmo e isso foi notório no início. Criamos, mas desperdiçamos vários contra-ataques, permitindo que Bauru jogasse praticamente todo primeiro set em vantagem. O time se recuperou e vencer o primeiro set foi importante para retomar a confiança. Daí em diante encontramos o ritmo e conquistamos a vitória. Essas oscilações tendem a diminuir com o passar dos jogos e vamos crescer passando por situações de dificuldades e saindo delas", analisou o treinador. 

A última vez que a equipe comandada por Luizomar havia atuado como mandante foi na semifinal da Superliga 2014/15 diante do Sesi-SP, no dia 10 de abril, há quase cinco meses. Na ocasião, o time de Osasco venceu e se classificou para a decisão da competição nacional. Após a segunda rodada, o Vôlei Nestlé soma seis pontos, com duas vitórias em dois jogos. O próximo compromisso será diante do Uniara/AFAV, em Araraquara, na quarta-feira (9), às 19h, no ginásio Gigantão. 

O jogo - O Vôlei Nestlé demorou para entrar no clima do jogo. Saiu atrás no primeiro tempo técnico, 3/8, foi "esquentando" aos poucos e diminuindo a diferença. Empatou no 15/15, tanto que o técnico de Bauru parou o jogo. Não adiantou. A ponteira Ivna resolveu assumir as ações e marcou seis pontos seguidos, 22/20. Um bloqueio de Gabi, 23/20, e um contra-ataque de Saraelen, no rali mais longo do set, deu números finais, 25/22, em 32 minutos. Ivna marcou 9 pontos e Saraelen 5.

Motivado pela boa virada da série inicial, o Vôlei Nestlé entrou mais concentrado e fez um set equilibrado, onde o destaque foi a boa distribuição da levantadora Diana. O time visitante levou pequena vantagem no primeiro tempo técnico, 8/7, e as mandantes viraram para 16/15, na segunda parada. Com três pontos de Ivna, o Vôlei Nestlé abriu 22/19, mas permitiu a reação do adversário que empatou em 23/23. O técnico Luizomar pediu tempo e ajeitou a casa: Gabi e Saraelen definiram a parcial em 25/23, novamente em 31 minutos. Gabi e Ivna marcaram 5 vezes e Saraelen 4.

O time de Bauru sentiu o golpe. Num bom ritmo e com poucos erros, o Vôlei Nestlé comandou o placar e logo chegou a 8/4. Uma sequência de erros do adversário ampliou a diferença para 16/11. Gabi, Ivna e dois bloqueios de Saraelen: 20/11. Luizomar aproveitou a diferença para promover a estreia da terceira levantadora do time, Cacá, que entrou na inversão junto com a juvenil Ana Laura. A ponteira Ivna confirmou a boa atuação. Marcou três pontos para fechar o set em 25/16, em 27 minutos, garantindo a segunda vitória consecutiva de sua equipe. 

EQUIPES:

Vôlei Nestlé: Diana, Elisângela (6), Marjorie (6), Saraelen (11), Gabi (10), Ivna (19) e a líbero Dani Terra. 
Entraram: Ana Laura (1) e Cacá. 
Técnico Luizomar de Moura.

Concilig/Vôlei Bauru: Camila Adão (1), Bruna (13), Alanna (6), Fernanda Isis (2), Naiara (6), Mari Cassemiro (10) e a líbero Andressa. 
Entraram: Ana Tiemi (1), Natiele e Fer Melo (3) 
Técnico: Chico dos Santos. 

Fonte/foto: ZDL

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...