domingo, 26 de julho de 2015

PAN TORONTO 2015:Brasil conquista a medalha de prata dos Jogos Pan-Americanos

Brasil conquista a medalha de prata dos Jogos Pan-Americanos 
Equipe Brasileira  conquistou a medalha de prata dos Jogos Pan-Americanos

Mais uma vez a seleção brasileira esteve no pódio de uma grande competição. Desta vez, a equipe feminina, comandada pelo técnico José Roberto Guimarães, foi segunda colocada nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá. Neste sábado (25.07), o Brasil foi superado pelos Estados Unidos por 3 sets a 0 (22/25, 21/25 e 26/28), em 1h39, depois de uma campanha de quatro vitórias na competição, e ficou com a medalha de prata. A República Dominicana completou o pódio com o terceiro lugar.

Na estreia, o Brasil venceu Porto Rico por 3 sets a 2; depois derrotou o Peru por 3 a 1; e venceu os Estados Unidos por 3 a 2. Na semifinal, garantiu a vaga na grande decisão ao bater novamente as porto-riquenhas, desta vez, em mais um jogo de 3 sets a 2.

Nesta final, a ponteira Fernanda Garay foi mais um dos principais destaques da seleção brasileira. A atacante foi marcou 20 pontos e foi a maior pontuadora do time verde e amarelo. A americana Fawcett foi quem mais pontuou na grande decisão, com apenas um a mais do que a jogadora brasileira.

Bastante chateada, mas consciente do bom papel desempenhado pelo grupo do qual fez parte, a ponteira e capitã do Brasil, Jaqueline, comentou sobre o jogo de hoje e parabenizou a seleção brasileira após a conquista da medalha de prata.

“Acho que faltou um pouco de maturidade. Essa é uma equipe muita jovem, com meninas participando pela primeira vez de um campeonato tão importante como esse. Sabíamos que os Estados Unidos vinham bem e que seria difícil, mas não soubemos controlar os nossos erros nos momentos em que estávamos na frente. De qualquer forma, esse grupo está de parabéns. Quero parabenizar a todas as meninas, e vamos levantar a cabeça para dar a volta por cima porque temos uma edição de Jogos Olímpicos no ano que vem”, disse Jaqueline.

O JOGO

A partida começou com equilíbrio, como era esperado (2/2). No bloqueio, o Brasil assumiu o comando do marcador e fez 3/2. As americanas abriram dois pontos em 6/4. A vantagem era a mesma em 8/6. No bloqueio de Adenízia, tudo igual: 8/8. Os Estados Unidos fizeram 12/10, mas as brasileiras buscaram, e, no bom saque de Fernanda Garay, chegaram ao empate em 12/12. Mais um empate em 14/14, até que as americanas mais uma vez abriram vantagem e fizeram 17/14. Os três pontos se mantiveram em 19/16 e, depois, 20/17. O Brasil encostou no placar em 20/19 e o time americano pediu tempo. Os Estados Unidos, então, voltaram a pontuar (22/19) e foi a vez de José Roberto parar o jogo. O adversário seguiu na frente (23/21) e fechou em 25/22.

A ponteira Fernanda Garay abriu o segundo set a favor do Brasil. As americanas pontuaram bem e fizeram 3/1. Na sequência, a seleção dos Estados Unidos chegou a 9/3. Jaqueline foi chamada e entrou em quadra. A seleção brasileira passou a pontuar e, no bom saque de Macris, diminuiu a vantagem adversária para 12/8. No bom saque de Fernanda Garay, o Brasil encostou em 13/12. Foi também com a ponteira que a seleção verde e amarela chegou ao empate em 13/13. Com Feranda Garay pontuando bem, o Brasil chegou a 17/15. As americanas reagiram e fizera, 18/17. O empate em 21/21 deu ainda mais emoção ao final do set. No erro do Brasil, os Estados Unidos fizeram 23/21. No final, 25/21.

Mais uma vez, o início do set foi equilibrado, com as seleções empatadas em 3/3. Os Estados Unidos colocaram vantagem em 6/4. Na largada de Angélica, o placar voltou a ficar igual, desta vez em 8/8. Com ponto de bloqueio, a equipe verde e amarela colocou dois de vantagem: 10/8. No bloqueio de Jaqueline, 12/10. Com a ponteira bem em quadra, a seleção brasileira fez 16/12. O placar foi para 18/12 e o time dos Estados Unidos pediu tempo. Com tranquilidade, o Brasil ainda fez 20/12 no bloqueio de Adenízia. As americanas voltaram a pontuar bem e diminuíram a diferença para 21/16. No bloqueio, os Estados Unidos fizeram 22/19. A vantagem do Brasil caiu ainda mais em 23/22. Empate em 23/23. Novo empate em 25/25. No final, 28/26.

BRASIL – Macris, Rosamaria, Adenízia, Bárbara, Fê Garay e Mariana. Líbero – Camila Brait
Entraram – Ana Tiemi, Joycinha, Michelle, Angélica, Jaqueline
Técnico: José Roberto Guimarães

Fonte: CBV
Foto: Gaspar Nobrega/Inovafoto/CBV
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...