quinta-feira, 30 de julho de 2015

Em recondicionamento físico, Sidão projeta Olimpíada em 2016

Em recondicionamento físico, Sidão projeta Olimpíada em 2016

O central Sidão teve que acompanhar de longe o Brasil na Liga Mundial e nos Jogos Pan-Americanos de Toronto. Com uma lesão no ombro direito, o atleta está em repouso e deve permanecer longe das quadras pelos menos nos próximos meses.

Mesmo sofrendo pela TV, o jogador não esconde seu desejo de voltar logo aos treinos para reconquistar sua vaga na Seleção e estar entre os convocados para os Jogos Olimpícos. Segundo Sidão, a Olimpíada é uma competição especial e única: “Já tive a oportunidade de disputar Mundiais, Liga Mundial, Sul-Americano, mas os Jogos Olímpicos tem um sabor diferenciado. Vivenciar aquele ambiente, acompanhar outros esportes, estar no meio de atletas consagradíssimos, tudo isso é algo fora do comum”, admitiu o central.

A experiência é ainda mais especial já que a próxima Olimpíada será disputada no Rio de Janeiro, em agosto do ano que vem. Para Sidão, ter a possibilidadee de buscar uma medalha de ouro em casa será um privilégio ainda maior: “Sempre ressalto a importância da torcida brasileira, que é muito calorosa e incentiva em todo momento. Mesmo em jogos que a gente estava abaixo do esperado ou sofrendo derrotas, a torcida nunca deixou de apoiar e estar ao nosso lado. Então disputar uma Olimpíada aqui no Brasil tem um gostinho a mais, será para poucos”, afirma o jogador.

Mesmo jogando em casa, a Seleção Brasileira não terá vida fácil nas Olimpíadas. A Liga Mundial deste ano já mostrou que há várias boas seleções preparadas para lutar pelo título. No entanto, Sidão acredita que o Brasil é um dos favoritos à medalha de ouro: “Estamos há anos conquistando títulos e disputando finais. Em qualquer competição seremos um dos favoritos. Mas é claro que há muitas outras excelentes Seleções: Itália, Rússia, EUA, Sérvia, Polônia, Irã são times fortes, que brigam de igual para igual com o Brasil. Quem sabe com o apoio da torcida a gente não consegue levar uma pequena vantagem sobre essas seleções”, finaliza ele.

Fonte: Voleishow
Foto: Divulgação/FIVB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...