domingo, 28 de junho de 2015

LIGA MUNDIAL 2015:Brasil conquista mais uma vitória sobre a Austrália

Brasil conquista mais uma vitória sobre a Austrália 

O ponteiro Lucarelli foi o maior pontuador do Brasil neste domingo

A seleção brasileira masculina de vôlei retornará para casa com duas boas vitórias sobre a Austrália pela Liga Mundial. Depois de vencer os donos da casa por 3 sets a 1 no sábado (27.06), a equipe verde e amarela derrotou os australianos, neste domingo (28.06), por 3 a 0 (25/22, 25/20 e 25/15), em 1h24 de partida disputada em Sydney.

Neste segundo jogo, o ponteiro do Brasil, Lucarelli, foi o maior pontuador, com 15 acertos, mesmo número de pontos marcados pelo oposto australiano, Edgar. O jogador brasileiro marcou 12 vezes no ataque, duas no saque e uma no bloqueio.

Dupla de ponteiros campeã mundial sub-23 no ano de 2013, Lucarelli e Lucas Lóh foram os titulares da posição na partida de hoje. Os jovens jogadores – Lucarelli tem 23, e Lóh, 24 – analisaram e elogiaram o desempenho do Brasil ao longo desta Liga Mundial.

“Temos que ver que toda a excursão fora do Brasil foi positiva. Agora, terminamos com uma vitória, que é sempre importante, e conseguimos rodar bem time e isso também é muito interessante para a comissão técnica. Eu mesmo estou chegando agora e já estou tendo uma oportunidade como essa. Fico muito feliz”, disse Lucas Lóh.

Lucarelli também gostou da atuação do Brasil nesta etapa australiana. “Assim como no jogo de ontem, conseguimos fazer uma pressão de saque neles, nosso bloqueio funcionou mais uma vez e conseguimos anular um pouco o principal jogador deles, que é o Edgar e isso facilita bastante. A nossa rodada de bola foi muito alta ontem e hoje, o que vai forçando o erro deles e isso ajuda para o nosso lado”, explicou Lucarelli.

Nesta segunda-feira (29.06), a seleção voltará para o Brasil e seguirá direto para Cuiabá (MT), onde será a próxima etapa da Liga Mundial. Neste último fim de semana da fase classificatória, o time verde e amarelo enfrentará a Itália. Na casa do adversário, a equipe brasileira venceu uma partida por 3 sets a 1 e foi superada em outra por 3 a 2.

O JOGO

A Austrália abriu o placar do jogo explorando o bloqueio adversário. O Brasil não permitiu que os donos da casa abrissem vantagem e, no bloqueio de Vissotto, fez 4/2. No ace de Lucarelli, a seleção brasileira fez 6/4. Os australianos reagiram e reassumiram o comando do placar em 7/6. O set seguiu com equilíbrio. Com Lucarelli, o Brasil fez 13/12. Com ponto de bloqueio de Vissotto, o placar foi para 15/14. A diferença de um ponto foi sendo mantida. Com Lucão, a equipe visitante fez 17/16. No bloqueio, os australianos fizeram 19/18 e Rubinho pediu tempo. Com Lucarelli bem no ataque, a seleção brasileira conseguiu mais um empate em 20 pontos. E foi com o ponteiro no saque que o Brasil chegou a 22/21. No final, no bloqueio de Lucão, 25/22.

Embalado, o Brasil começou bem o segundo set e, com ponto de bloqueio de Vissotto, chegou a 4/2. Com o ponteiro Lucas Lóh, o time visitante fez 5/4 e, com Lucarelli, foi para o primeiro tempo técnico em vantagem (8/7). O empate em 12/12 deu ainda mais equilíbrio ao set. No ace de Lucas Lóh, 15/14 para os brasileiros. A seleção visitante abriu três de vantagem em 17/14. A diferença aumentou depois de bom saque de Lucarelli, que proporcionou o contra-ataque: 21/17. No bloqueio, o marcador mostrou 22/17 e a Austrália pediu tempo. Depois de bom saque de Éder, 24/18. E, com Lucão, o Brasil fechou em 25/20.

Os australianos saíram na frente na terceira parcial, mas no ponto de saque de Lucão, o Brasil virou para 2/1. Com o oposto Vissotto, o placar favorável ao Brasil foi para 9/5. No ace de Vissotto, a vantagem aumentou para seis pontos (11/5). Em combinação de jogada do levantador Raphael com o central Éder, a equipe brasileira fez 16/11. No ace de Vissotto, o placar foi para 18/12 e o time da casa pediu tempo. Com uma tranquilidade maior do que nos sets anteriores, o Brasil chegou a 20/14 com o ponteiro Lucas Lóh. No ace de Lipe, que havia entrado para sacar, a seleção brasileira fechou em 25/15.

EQUIPES

BRASIL – Raphael, Vissotto, Lucão, Éder, Lucarelli e Lucas Lóh. Líbero – Felipe 
Entraram – Evandro, Bruno, Lipe
Técnico: Rubinho

AUSTRÁLIA – Peacock, Edgar, Mote, Passier, Sanderson e Douglas-Powell. Líbero – Perry 
Entraram – Walker, Sukochev, Guymer, Roberts
Técnico: Roberto Santilli

Fonte: Divulgação CBV
Foto: Divulgação FIVB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...