sábado, 4 de abril de 2015

SUPERLIGA FEMININA 2014/15:Com Show de Bloqueio, Molico/Nestlé vence o Sesi-SP no primeiro confronto da semifinal

Com Show de Bloqueio, Molico/Nestlé vence o Sesi-SP no primeiro confronto da semifinal
A equipe comandada por Luizomar marcou 3 a 2, com 27 bloqueios, numa partida de 2h26min

O Molico/Nestlé provou na manhã deste sábado (4) porque é o melhor bloqueio da Superliga. Marcou 27 pontos no fundamento e venceu a primeira partida do confronto semifinal diante do Sesi, na casa do adversário. Marcou 3 sets a 2, parciais de 25/11, 26/24, 22/25, 20/25 e 15/10, em 2h26min. A oposta Ivna foi a maior pontuadora, com 25 acertos, e a líbero Camila Brait ganhou o VivaVôlei como a melhor do jogo. O segundo duelo da série melhor-de-três será na sexta-feira (10), às 22 horas, em Osasco.

Camila Brait, líder em recepção e segunda em defesa, foi um dos destaques da equipe. "Nossos dois primeiros sets foram muito bons, mas deixamos a concentração cair no terceiro e no quarto. Sabemos que isso não pode acontecer, mas quero dar os parabéns ao grupo pela reviravolta que conseguimos no tie-break. Conquistar essa vitória fora de casa foi muito importante para nossas pretensões", analisou a líbero, logo após ser comemorada por toda a equipe por ter recebido o VivaVôlei e um ovo de Pásco oferecido pela Nestlé, seu patrocinador.

Adenízia marcou pelo desempenho no "paredão". Ela anotou nove de seus 17 pontos em bloqueios. "Estávamos concentradas e tranquilas nos sets que vencemos. Erramos muito nas parciais que perdemos. Sabíamos que não seria um jogo fácil. Do lado de lá tem uma grande equipe e os dois times querem ir para a final. Saque, ataque e bloqueio funcionaram bem. O bloqueio foi importante, mas só conseguimos essa eficiência quando o saque entra. Agora é treinar ainda mais porque em casa será mais difícil ainda", afirmou a central

Ivna foi decisiva com seus 25 pontos, sendo 19 de ataque e seis em bloqueios. "O grupo foi importante. Individualmente nosso time é muito bom, mas junto é melhor ainda. Queremos demais essa vaga na final e temos de continuar atuando concentradas. Foi muito importante ter treinado aqui na sexta-feira porque já sentimos o clima do jogo. Agora é ir para Osasco com tudo porque não tem nada ganho", disse a oposta que correu para festejar com a torcida do Molico/Nestlé, logo após o ponto final.

O JOGO

Saque bem colocado, bloqueio mortal e ponteiras eficientes no contra-ataque. Resultado: 25 a 11, em 26 minutos. Esta foi a receita do Molico/Nestlé para fechar o primeiro set com inesperada facilidade. A equipe chegou a 16 a 9, após uma sequência impressionante de bons saques de Gabi que foi para o serviço quando o placar estava 9 a 9. Depois disso, a equipe dominou com bloqueios de Dani Lins e Ivna (sete na série) e ataques de Carcaces, que somou 7 acertos. Total: ataque (13), bloqueio (7), saque (2), erros do adversário (3).

A segunda série voltou ao normal, mostrando o equilíbrio entre as duas equipes semifinalistas. O Molico/Nestlé continuou com bom saque e bloqueio (5 pontos na parcial) e manteve-se à frente nos dois tempos técnicos, 8 a 6 e 16 a 14, sempre com Ivna aproveitando os ataques e contra-ataques (foi a maior pontuadora com 7 acertos). A vantagem continuou até 21 a 19, com três pontos de Adenízia (2 de bloqueio). Neste momento, o time se desconcentrou e o Sesi aproveitou-se para virar para 24 a 21. Aí foi a vez de Dani Lins ir para o saque e mostrar sua experiência: serviço bem colocado, Carcaces (22 a 24). Novos bons saques provocaram erros consecutivos de Fabiana, que atacou para fora três vezes: 26 a 24 para o Molico/Nestlé em 35 minutos. Total: ataque (13), bloqueio (5), saque (1), erros do adversário (7).

O equilíbrio do set anterior manteve-se até a primeira parada técnica, quando o Sesi marcou 8 a 7. Uma sequência de erros de recepção das visitantes aumentou a diferença para 16 a 10. O bloqueio de Osasco apareceu novamente (19 pontos nos três primeiros sets) com Ivna (três vezes) e Adenízia e a equipe encostou em 18 a 19. Mas a equipe da casa continuou concentrada e fechou a série em 25/22, em 33 minutos. Ivna foi o destaque com 5 pontos. Total: ataque (11), bloqueio (7), erros do adversário (4).

Animado com a vitória no terceiro set, o Sesi voltou com tudo e logo marcou 8 a 4. A equipe de Osasco ainda reagiu com bloqueios de Adenízia e Ivna e empatou em 9 a 9. Mas as mandantes retomaram o controle e chegaram a 16 a 11. O técnico Luizomar acalmou sua equipe no tempo técnico e, com dois contra-ataques de Ivna, a diferença caiu para 14 a 16. Outra sequência de erros e o Sesi abriu para 23 a 17. E fechou em 25/20, em 32 minutos. Adenízia marcou 5 pontos. Total: ataque (11), bloqueio (4), saque (1), erros do adversário (4).

Tie break nervoso e equilibrado. O Sesi continuou mandando até o tempo técnico, 8 a 6. Bloqueio de Carcaces: empate em 8 a 8. Adenízia, Thaisa e Mari, as duas últimas com bloqueio (27 pontos neste fundamento), viraram para 11 a 9. Dani Lins foi para o saque e decidiu, com apoio de três contra-ataques de Carcaces: 15 a 10, em 20 minutos. Carcaces e Ivna marcaram 4 pontos cada. Total: ataque (10), bloqueio (4), erros do adversário (1).

No Molico/Nestlé jogaram e marcaram: Dani Lins (1), Ivna (25), Carcaces (18), Gabi (12), Thaisa (14), Adenízia (17) e a líbero Camila Brait. Entraram: Samara, Diana, Mari (2) e Marjorie. Técnico: Luizomar de Moura.

No Sesi jogaram e marcaram: Carol Albuquerque (1), Bárbara (10), Suelle (12), Pri Daroit (2), Bia (7), Fabiana (18) e a líbero Suellen. Entraram: Claudinha, Mari Cassemiro (9) e Liz (7). Técnico: Talmo.

Fonte:ZDL - Rafael Zito
Foto:Luiz Pires/Fotojump
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...