sábado, 18 de abril de 2015

Molicats se divertem na cozinha

Molicats se divertem na cozinha
As jogadoras colocaram a "mão na massa" e prepararam receitas de seus pratos preferidos, que lembram momentos com seus familiares

São Paulo (SP) - A preparação é intensa e o foco é total na decisão da Superliga no dia 26 (domingo), às 10h, na Arena da Barra, no Rio de Janeiro, diante do Rexona-Ades. Os treinos estão puxados, mas as jogadoras do Molico/Nestlé tiveram uma pequena folga na quarta-feira (15) e foram desafiadas a preparar receitas de seus pratos prediletos, que remetem a seus momentos em família. Elas foram para a cozinha da Nestlé, em São Paulo, e foram orientadas pelo chef Gentil Mendonça. Após a experiência, as atletas almoçaram os pratos que elaboraram.

Camila Brait cozinhou e se divertiu bastante durante a ação. "Foi muito legal e a Mari mostrou que é craque na cozinha e ajudou as demais. É bom para descontrair um pouco e tirar a tensão. Durante a preparação começou a sair fumaça da panela, mas não foi culpa minha. Essas coisas acontecem sempre comigo, pois liguei o fogo para aquecer a panela e começou a vazar o azeite. A panela estava furada e começaram a brincar com a situação. Preparei uma moqueca de camarão e peixe, que é um prato que meu marido costuma fazer. Foi uma experiência bacana", afirmou a líbero Camila Brait. 

Já Thaisa cozinhou uma receita que sua mãe faz sempre para ela. "Gosto quando acontece esses eventos, pois é uma forma de o time estar junto e se divertir. É legal ter um momento fora de quadra para darmos uma relaxada. Eu gosto de cozinhar, mas não faço os pratos mais elaborados. O cuscuz com ovo é uma receita que minha mãe sempre fez e que me faz lembrar momentos em família", disse a capitã Thaisa.

Mari foi eleita pelas próprias companheiras como a melhor na cozinha. Ela fez um frango assado ao molho de laranja. "Foi engraçado porque algumas não tem o hábito de cozinhar. Eu adquiri isso desde muito nova e sempre tive curiosidade. Cozinhar é muito prazeroso e serve até como terapia porque relaxa. Você pensa em outras coisas e faz algo diferente do que está acostumada. O maior benefício é comer tudo o que você fez, então acho bem bacana e indico para as pessoas que querem aprender. Realmente vale a pena", comentou a atleta. 

Ivna deu sua contribuição para o almoço com espetinhos de carne, lembrando um bom churrasco. "Eu sei fazer o básico e deu certo. Fiquei feliz de participar desta ação divertida e com todo time. Sair um pouco da rotina é bom. Estamos muito focadas na final e não faz mal para ninguém dar uma relaxada. Todos se divertiram juntas", relatou a oposta. Ao término do evento, as jogadoras foram presenteadas com máquinas NESCAFÉ Dolce Gusto. 

Ingressos para a final à venda na terça-feira - A venda de ingressos para a final da Superliga entre o Rexona-Ades e o Molico/Nestlé (SP) terá início na terça-feira (21), às 10h, pelo site www.ingressorápido.com.br e em vários postos espalhados pelo Rio de Janeiro e São Paulo. 

Cada torcedor poderá comprar até quatro ingressos. Para o nível 3 superior, o valor é de R$ 40, enquanto no nível 1 superior é de R$ 60, e o a cadeira especial custa R$ 80.

Fonte/foto: ZDL
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...