domingo, 29 de março de 2015

SUPERLIGA MASCULINA B: Bento Vôlei vence Foz do Iguaçu Voleibol garante vaga na Final da Superliga B e está de volta a Elite do Voleibol Nacional

 Bento Vôlei vence Foz do Iguaçu Voleibol garante vaga na Final da Superliga B e está de volta a Elite do Voleibol Nacional 
Superior ao adversário, equipe gaúcha fecha 3 sets a 0 sobre Foz do Iguaçu e mantém campanha de invencibilidade

O Ginásio Municipal de Bento Gonçalves foi completamente tomado por aqueles que queriam assistir a um momento histórico na noite deste sábado. Cerca de 3.500 pessoas não se decepcionaram em sonhar junto com o clube pelo retorno à elite do voleibol brasileiro. Bento Vôlei/Isabela manteve sua invencibilidade na Superliga B, vencendo a segunda partida das semifinais contra o Foz do Iguaçu por 3 sets a 0 (25/21/ 25/15 e 25/20).

Depois de vencer a primeira partida das semifinais do torneio, na quarta-feira (25/03), no Ginásio Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu, por 3 sets a 1 (parciais de 23/25, 25/20, 25/14 e 25/17), mais um êxito na noite deste sábado (28/03) consagraria o projeto do Bento Vôlei/Isabela para a Superliga A 2015/2016. Isso se deve ao fato de na outra chave de semifinalistas estarem Sesi-SP e Sada Cruzeiro Unifemm, que já possuem equipes na principal competição do vôlei nacional.

E foi o que aconteceu, apesar do primeiro set ter se mostrado bastante equilibrado, com os visitantes encostando várias vezes no placar. Na segunda etapa, o líder da Superliga B mostrou toda sua superioridade e experiência, com o oposto Tuba novamente devastador no ataque. Ele foi o maior pontuador da partida (com 18 acertos), incluindo a última marcação da partida, que levou o ginásio à loucura.

Apesar do primeiro ponto do terceiro segmento ser a favor do Foz do Iguaçu, o set foi bem administrado pela equipe anfitriã, com Tuba muito eficiente na diagonal e Reffatti, em nova atuação inspirada, pelas pontas e meio. O ponteiro foi o segundo maior pontuador do duelo, com 15 acertos.

Emocionado, o técnico do Bento Vôlei/Isabela admitiu ao final da partida ter um sentimento de alívio, pois a pressão era muito grande, segundo Fernando Rabelo, “a comunidade toda estava esperando pela vaga na Superliga A”. O comandante, natural de Taquara e ex-jogador do clube bento-gonçalvense, falou que a ocasião também era de muita alegria, pois são 30 anos de vida dedicados ao voleibol. “O mais importante é resgatar a história do Bento Vôlei, que jogou 11 Superligas. Destas, eu joguei 3. Sabemos como é difícil fazer esporte do Brasil, todos fazemos muito sacrifício, por isso a felicidade deste momento. Agora, vamos pensar na final no próximo sábado, e iremos de forma invicta, o que é inédito.”

O êxito de alcançar o objetivo de conquistar vaga na Superliga A também foi muito especial para o central Henrique, que, além do capitão Dentinho, é o único atleta da equipe principal que permaneceu da temporada passada. Henrique contou que foi uma escolha sua permanecer na cidade, acreditando no projeto do clube, querendo ficar para ajudar o time, sabendo que viriam nomes de peso para o plantel. “Isso foi decisivo, a experiência que estes jogadores nos passam, éramos um elenco imaturo”, afirmou. Para Henrique, a principal evolução da Superliga B 2014 para esta é o grupo, “muito forte, coeso, sem tanta vaidade”.

Hoje, um ano e um mês após o “gostinho de quase” da competição anterior –quando faltaram décimos para a equipe se classificar para as semifinais do torneio –, uma cidade inteira dorme abraçada com seus ídolos e gestores, com a sensação de dever cumprido. A missão era levar Bento Gonçalves, um município tão rico e empreendedor, de volta ao seu lugar de direito.

Passando pelo Foz do Iguaçu, o Bento Vôlei/Isabela decide o título em casa (pois foi o melhor colocado na fase classificatória do torneio), em jogo único, no dia 4 de abril. Na outra semifinal, em Sete Lagoas/MG, o Sada Cruzeiro Unifemm venceu o Sesi/SP por 3 sets a 1. Assim, forçou um terceiro embate neste domingo (29/03), às 16h, no mesmo ginásio, pois havia perdido de virada para o Sesi por 3 sets a 2 na quarta-feira. O adversário da final será conhecido ao final desta partida.

O serviço dos ingressos para a final será o mesmo das rodadas anteriores: R$ 10,00 para o público em geral. Menores de 12 anos, maiores de 60 anos e alunos das categorias de base e do projeto social uniformizados têm entrada franca.

Fonte:Fonte: Carol Zatt
Foto: Divulgação CBV
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...