sexta-feira, 6 de março de 2015

SUPERLIGA MASCULINA 2014/15:Para Murilo, Sesi-SP ainda vai mostrar seu melhor vôlei nos playoffs

Para Murilo, Sesi-SP ainda vai mostrar seu melhor vôlei nos playoffs
Time da Vila Leopoldina recebe Ziober Maringá nas quartas de final, neste sábado

O melhor ainda está por vir. É assim que o ponteiro Murilo Endres define a campanha do time de vôlei masculino do Sesi-SP na Superliga 2014/2105. O time da Vila Leopoldina terminou a fase de classificação na terceira posição com 45 pontos e deixou a sensação de que poderia ter feito mais. O camisa 8 concorda, mas garante que o time ainda tem a crescer e vai mostrar isso na próxima fase.

“Eu acho que poderíamos ter ido bem melhor, mas não aconteceu. Tivemos muitos altos e baixos. Todo ano o time é montado para ser campeão e brigar pela primeira posição, mas não aconteceu. O terceiro lugar ainda saiu no lucro, pelos altos e baixos, mas lógico que no início a gente imaginava brigar pela primeira colocação com o Cruzeiro. Mas temos muita margem para crescer ainda. Não apresentamos nosso melhor voleibol na Superliga, exceto na vitória contra o Sada, no fim da primeira fase. Tivemos um bom tempo para treinar mais, ficarmos juntos, recuperar os machucados e confiamos muito que vamos crescer bastante nos playoffs”, disse Murilo.

E essa mudança já tem data para acontecer. Neste sábado (7/3), o Sesi-SP recebe o Ziober Maringá na Vila Leopoldina, às 21h30, com transmissão pelo SporTV, no primeiro jogo pelas quartas de final da Superliga. A partida de volta está marcada para o dia 14, em Maringá e um terceiro jogo, se necessário, será dia 16, às 18h30, em São Paulo. Na fase de classificação foram duas vitórias paulistas por 3 a 0. Murilo reconhece o favoritismo, mas prega o respeito ao time de Ricardinho.

“É difícil não colocar o Sesi-SP como favorito. Respeitamos todos os adversários, claro, e não será o contrário agora. O Maringá joga de um jeito diferente. O Ricardo dá muita velocidade para a equipe e nós temos que nos preparar bem para enfrentá-los. Estamos vendo os vídeos, estudando, observando os erros e acertos e não podemos relaxar e achar que já ganhamos. Tem que resolver na quadra”, apontou o ponteiro, que considera os playoffs uma continuidade da primeira fase e não um campeonato diferente.

“Tudo pode acontecer. Você carrega nos playoffs aquilo que fez na temporada. Pode ser diferente por causa das surpresas, como um oitavo ganhar do primeiro, por aí. Mas eu acho que o que você fez na fase de classificação dá confiança para não errar nos playoffs”, finalizou.

Fonte: Lucas Dantas, Agência Indusnet Fiesp
Foto: Divulgação Agência Indusnet Fiesp
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...