domingo, 29 de março de 2015

SUPERLIGA FEMININA B: Vôlei Bauru/Concilig vence Sogipa/Capemisa, conquista o título da Superliga B e garante vaga na Elite do Voleibol Feminino

Vôlei Bauru/Concilig vence a Sogipa/Capemisa, conquista o título da Superliga B e garante vaga na Elite do Voleibol Feminino
Meninas do Vôlei Bauru/Concilig  comemoram o titulo e a vaga para a Superliga 

A Superliga B feminina 2015 terminou com um coro de mais de duas mil vozes gritando “É campeão!” em uníssono. A torcida que lotou o ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP), neste domingo (29.03), viu o time da casa, Vôlei Bauru/Concilig (SP), derrotar a Sogipa/Capemisa (RS) por 3 sets a 0 (25/20, 25/18 e 25/20) em 1h34 de partida. Além do título inédito, o time paulista garantiu vaga na temporada 2015/2016 na elite da modalidade.

Aproveitando a instabilidade do passe adversário o Vôlei Bauru/Concilig impôs o ritmo do jogo desde o começo. Contando com atletas experientes como a ponteira Soninha e a levantadora Camila Adão, as donas da casa estiveram na frente do placar na maior parte do jogo. A pressão vinda das arquibancadas desestabilizou o jovem time gaúcho que cometeu muitos erros, principalmente no passe.

O técnico Chico dos Santos, do time do interior de São Paulo, não parava um minuto ao lado da quadra instruindo as comandadas e praticamente jogando juntos. Para o treinador a torcida foi mais um jogador e teve papel fundamental na conquista.

“A torcida foi nota mil, ajudou muito, principalmente nos momentos de dificuldade. Eu tive várias maneiras de trabalhar com elas. No começo da temporada eu peguei muito no pé delas e nessa fase final eu joguei junto com elas”, comentou emocionado o treinador ao fim da partida.

A capitã do Vôlei Bauru, a levantadora Camila Adão, distribuiu bem as jogadas dificultando o trabalho do bloqueio gaúcho. Ela, que tem passagem pela seleção brasileira e grandes clubes, conta como é a emoção de um título dentro de casa com as arquibancadas cheias.

“Hoje foi um dia que tivemos que controlar a ansiedade. Batalhamos muito por este título, sofremos uma derrota para o time de Valinhos que não esperávamos. Demos a volta por cima, ficamos mais unidas. O jogo de hoje não foi nossa melhor apresentação, mas conseguimos contornar as adversidades e impor nosso ritmo com bom saque e boa distribuição de jogadas. Eu já joguei seis finais de Superliga e venci três. A emoção e o frio na barriga são os mesmos. Nós queríamos este título, independente se era série A ou B. Final é final!”, declarou a levantadora.

O jogo

As donas da casa aproveitaram a pressão vinda das arquibancadas sobre as visitantes e abriram 3/0. A equipe gaúcha reequilibrou as emoções e organizou o fundo e quadra para virar o placar e abrir vantagem em 6/4. Depois de ter novamente tudo igual no placar, a Sogipa reabriu vantagem com dois bloqueios seguidos, 12/9. Contando com o apoio da torcida, o Vôlei Bauru acertou a virada de bola e aproveitou os erros adversários para empatar e virar e, 16/14. O time paulista manteve o ritmo e aumentou a vantagem em 20/15. Depois do rali mais longo do set, a ponteira Soninha largou e fechou para o Bauru em 25/20.

A segunda parcial começou com as donas da casa abrindo o placar com o erro de passe da Sogipa. O time paulista aproveitou a instabilidade da linha de passe adversária e abriu 5/1. Os erros da equipe gaúcha permitiram que o Vôlei Bauru aumentasse ainda mais a diferença, 16/9. O saque fez a diferença na reta final e o clube anfitrião venceu mais um set, 25/18.

Com um bloqueio, o Vôlei Bauru/Concilig começou o terceiro set da mesma maneira que os dois anteriores: pontuando. A vantagem cresceu depois de mais um bloqueio das donas da casa, 6/1. A insegurança tomou conta da Sogipa que não conseguia virar as bolas, dando a chance de o time paulista deslanchar no marcador. Com um ataque na diagonal pela entrada, Soninha fez 14/7 para o Vôlei Bauru. Na falha da defesa gaúcha o time do interior paulista fez 20/12. Com boa sequência de saques a Sogipa reagiu e encostou no placar, 21/17. Apesar da reação adversária, o time de Bauru fechou o set em 25/20 e o jogo em 3x0.

Fonte: Divulgação CBV
Foto: Alexandre Arruda - CBV

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...