quarta-feira, 4 de março de 2015

SUPERLIGA FEMININA 2014/2015: Brasília Vôlei vence o Maranhão/Cemar e se classifica para os playoffs

Brasília Vôlei vence o Maranhão/Cemar e se classifica para os playoffs 

Após a vitória diante do São José dos Campos no último dia 27, o Brasília Vôlei brilhou novamente na noite desta terça-feira (3) e venceu o Maranhão/Cemar  por 3 sets a 0. Com os três pontos, a equipe de Brasília chegou aos 30 na tabela e, graças à derrota do Rio do Sul/EquiBrasil (nono colocado) para São Bernardo Vôlei por 3-1, garante matematicamente a vaga para os playoffs da Superliga Feminina. As parciais foram de 25/20, 25/14 e 25/23.

O Brasília Vôlei iniciou a partida com tudo e os quatro primeiros pontos foram marcados por Michelle Pavão e a capitã Elisangela. O Maranhão/Cemar tentava reagir atacando pelo meio de rede com a central Larissa, mas rapidamente o time tratou de fechar o set aproveitando os ataques pela ponta com Michelle Pavão. A parcial ficou 25/20.

No intervalo do primeiro set, o grupo de break dance de Ceilândia Companhia Have Dreams, entrou na quadra deu um show de dança para os torcedores presentes, embalando também o Brasília Vôlei que logo voltou com um bloqueio e a defesa mais efetiva, facilitando o trabalho da levantadora Ananda, que substituiu Pri Heldes, para colocar as atacantes no jogo. Abrindo 14/9 sobre o Maranhão/Cemar, o trio de rede Michelle, Edna e Ananda passaram a comandar as ações do Brasília, tanto no bloqueio quanto no ataque, impossibilitando as visitantes de buscar o marcador, fechando 25/14.

O terceiro e último set começou mais equilibrado. Com ambas as equipes marcando ponto a ponto, até que pela primeira vez o time do Maranhão esteve à frente do marcador (15/16), com boa atuação da ponteira Nikolle. O empate logo veio com uma pancada na paralela de Michelle Pavão. A virada do Brasília Vôlei aconteceu nos últimos pontos, quando estava 21/21, o Maranhão/CEMAR errou e logo em seguida veio o pedido de tempo. No retorno, Michelle Pavão tratou ampliar e dar a vitória à equipe de Brasília com a parcial de 25/23.

Sérgio Negrão, técnico do Brasília Vôlei comemora a vitória, mas ainda cobra mais agressividade por parte das jogadoras. “Em alguns momentos administramos demais o jogo. Precisamos de mais determinação”. Sobre a classificação, Sérgio alerta que apesar de matematicamente o time estar classificado, não pode descansar. “Temos que ganhar os próximos três jogos para nos mantermos bem na tabela”, completa.

A ponteira Michelle Pavão e a central Edna foram as maiores pontuadoras da partida com 13 pontos cada. Elisangela e Larissa do Maranhão/Cemar marcaram 10 vezes. A melhor jogadora da partida foi a líbero Verê, que ganhou o troféu Viva Vôlei. Para Verê, a equipe estava mais tranquila em quadra e diz ter sido uma partida segura. “Hoje cada uma vez o que estava proposto e deu tudo certo, mas agora é hora de continuar trabalhando”, afirma.

Michelle Pavão conta que o objetivo era apenas os três pontos e a classificação vem em um bom momento. “O Maranhão/Cemar complicou o jogo fora de casa e hoje tínhamos que entrar concentradas, mas a equipe está de parabéns. Conseguimos um bom resultado”, finaliza Michelle.

Equipes:

Brasília Vôlei 
Centrais – Edna e Angélica
Ponteiras – Bruninha e Michelle Pavão
Oposta – Lili (capitã)
Levantadora – Pri Heldes
Líbero – Verê
Entraram: Ananda, Jéssica, Roberta e Michelle Eiras
Técnico: Sérgio Negrão

Maranhão/Cemar:
Centrais – Larissa e Fernanda
Ponteiras – Nikolle e Priscila
Líbero – Fê Oliveira
Oposta – Eli
Levantadora – Ana
Entraram: Pully, Fernanda, Talita e Thayna
Técnico: Paulo Barreto

Fonte e Foto: Divulgação Brasília Vôlei 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...