quinta-feira, 12 de março de 2015

SUPERLIGA FEMININA 2014/15: Rio do Sul/Equibrasil quer dar presente ao torcedor no fim da temporada

Rio do Sul/Equibrasil quer dar presente ao torcedor no fim da temporada
Jogo contra o Pinheiros (SP), nesta sexta-feira às 21h30 é o último das catarinenses na Superliga Feminina 2014/2015

Faltando apenas um jogo na Superliga Feminina para o time Rio do Sul/Equibrasil, o desejo do elenco catarinense é encerrar a participação no campeonato nacional com um verdadeiro presente ao torcedor. Em nono lugar na tabela, mas sem chances de subir ou descer de posição, Rio do Sul enfrenta o Pinheiros (SP) na noite desta sexta-feira (13), no ginásio Artenir Werner a partir das 21h30. Os ingressos estão à venda por R$ 15.

Mesmo que a partida não tenha apelo para subir de colocação na Superliga, o técnico Spencer Lee não descarta um jogo com a “sangue nos olhos”. É que ele pretende retribuir todo o carinho recebido durante a competição para o torcedor que for ao ginásio com uma partida de alto nível.

“Vamos fazer um jogo para cima, como se valesse o nosso título da Superliga. O nosso torcedor, o nosso apoiador, merece esta postura, pois foi fiel durante todo o campeonato. E convidamos a todos para virem até o ginásio para participar deste momento que é a nossa despedida da competição”, avisou o treinador.

Com o returno chegando ao fim, Rio do Sul/Equibrasil terá um jogo apenas para “cumprir tabela”, mas não é este o sentimento da levantadora Luciana. “O campeonato foi longo, difícil e de grande aprendizado para nós. A gente lidou com cada jogo como se fosse um momento especial de nossas carreiras e demos o nosso melhor. Esta última partida significa uma grande responsabilidade para nós. Pois temos uma posição conquistada na quadra que nos é motivo de orgulho e queremos fazer o melhor possível para nossa torcida”, contou a jogadora.

A colocação de Rio do Sul/Equibrasil garante ao time o direito de disputar a próxima competição, feito que o técnico Spencer Lee considerava como “difícil”, mas “alcançável”. “Trabalhamos duro para chegar nesta colocação e a gente poderia até ter ido melhor se não fossem alguns tropeços e também mérito de nossos adversários. Fixamos uma meta no início do campeonato de chegar entre os oito. Não foi possível, mas o primeiro degrau abaixo desta meta é nosso de lá ninguém mais nos tira”, observou o treinador.

Pontos de venda de ingressos:

Fundação Municipal de Desportos
Vida Ativa
Nikel Sports
Lourival Esportes
Tempus Esportes
Posto Dom Bosco - Mime
Farma Heinz
Ralfissa Sorvetes
Açougue Scoz

Fonte/foto: Assessoria de Comunicação – Rio do Sul/Equibrasil
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...