domingo, 8 de fevereiro de 2015

SUPERLIGA MASCULINA 2014/15: Minas joga bem e vence o Sada Cruzeiro por 3 sets a 1, no Ginásio do Riacho

Minas joga bem e vence o Sada Cruzeiro por 3 sets a 1, no Ginásio do Riacho
Minas comemora a vitória sobre o Sada Cruzeiro 

O Minas entrou em quadra, neste sábado, para mais um clássico contra o Sada Cruzeiro pela Superliga. E a equipe fez bonito. Jogou bem e venceu o líder de virada por 3 sets a 1, com parciais de 31/33, 25/23, 25/23 e 25/20. O destaque da partida foi o minastenista Samuel, que recebeu o Troféu Viva Vôlei. O cubano Escobar mais uma vez foi o maior pontuador, com 25 acertos. Pelo lado cruzeirense, Wallace anotou 19.

Agora, o time minastenista terá uma pausa na competição nacional e só volta a jogar no dia 21 de fevereiro, contra o Montes Claros Vôlei, fora de casa, pela penúltima rodada da fase de classificação. Com o resultado desta tarde, o Minas permanece em quinto lugar na tabela, com 37 pontos ganhos.

Após a partida no Ginásio do Riacho, o técnico Nery Tambeiro analisou a grande vitória da sua equipe. “Desde o inicio o nosso jogo de quadra estava melhor do que do Sada Cruzeiro, mas eles vinham no saque e tiravam a diferença. Mas tivemos mais jogo durante toda a partida. No final, aumentou a nossa ansiedade, que faz parte do grupo jovem, mas ainda conseguimos segurar a vantagem e administrar para sair com os três pontos”.

O cubano Yadrian Escobar, maior pontuador da Superliga, também comentou a vitória sobre o Sada Cruzeiro. “O nosso objetivo era superar o time deles e todos foram bem. Nosso saque entrou, a recepção e o bloqueio também. Foi um bom jogo e penso que saímos com a vitória em um bom momento”.

O jogo

O início do clássico mineiro foi equilibrado, as duas equipes aproveitaram as oportunidades de ataque. Mas, contando com os erros do Minas, o Sada Cruzeiro terminou em vantagem na primeira parada (8 a 5). A partir daí, a equipe minastenista correu atrás do placar, mas pelo lado cruzeirense o cubano Leal estava inspirado, com “largadinhas” e fortes ataques. Na reta final do set, o bloqueio do Minas funcionou e a equipe empatou o jogo, que seguiu emocionante e pegado até o fim. Mais experientes, os jogadores cruzeirenses tiveram tranquilidade no momento decisivo e fecharam o set em 33 a 31.

Na segunda parcial, os times começaram forçando o saque e sem sucesso. Mesmo com a derrota no set anterior, o Minas não se abateu e manteve o ritmo. Bruno Canuto entrou bem e colocou a equipe minastenista em vantagem (11 a 8). Mas, em boa passagem de Leal pelo saque, os cruzeirenses encostaram no placar. E o equilíbrio marcou também o fim do segundo set. As equipes disputaram ponto a ponto, e, após bons saques do cubano minastenista Escobar, o Minas fez 25 a 23 e empatou a partida.

O Sada Cruzeiro começou melhor o terceiro set. Com o apoio de sua torcida, o time cruzeirense mostrou a força de seu ataque e passou boa parte da parcial à frente no placar. Após instruções do técnico Nery Tambeiro, o Minas reagiu na partida, novamente o bloqueio funcionou e o time passou a ter a vantagem. Mais consistente, a equipe sustentou a vantagem, fez mais um 25 a 23, e virou a partida para 2 sets a 1.

Embalados pela vitória, os jogadores do Minas voltaram para o quarto set com muita garra e largaram na frente. A equipe minastenista passou o início da parcial toda em vantagem. O Sada Cruzeiro chegou ao empate em 15 a 15 e inflamou a sua torcida na arquibancada. O jogo seguiu digno de um clássico, com muita emoção e vibração dos dois lados. No fim, a jovem equipe do Minas mostrou mais sabedoria e tranquilidade para vencer o set em 25 a 20 e fechar a partida em 3 a 1.

Equipes

Minas: Everaldo, Escobar, João Rafael, Samuel, Otávio, Flávio e o líbero Lucianinho. Entraram: Bruno Canuto, Franco e Felipe. Técnico Nery Tambeiro. 

Sada Cruzeiro: William, Wallace, Leal, Filipe, Isac, Éder e o líbero Serginho. Entraram: PV, Fernando, Kadu e Douglas Cordeiro. Técnico: Marcelo Mendez.

Fonte: Divulgação Minas Tênis Clube
Foto:Orlando Bento

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...