quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

SUPERLIGA FEMININA 2014/15:Rexona vence Rio do Sul/Equibrasil em jogo equilibrado

Rexona vence Rio do Sul/Equibrasil em jogo equilibrado
Meninas do Rexona conquistaram mais uma vitória na Superliga 

Um jogo gostoso de ver. Essa foi a sensação da arquibancada de Rio do Sul/Equibrasil e Rexona/Rio de Janeiro pela Superliga. Com o ginásio Artenir Werner lotado na noite desta terça-feira (27), a equipe catarinense perdeu por 3 sets a 1 (22/25, 21/25, 25/21 e 23/25). A melhor do jogo foi a catarinense Natália, do Rexona. Natiele com 15 e Camila Paracatú com 14 foram as maiores pontuadoras das catarinenses.

Sem contar com a levantadora Yael com dores na virilha e a central Renata, com um desconforto na região do quadril, o técnico Spencer Lee manteve Luciana como levantadora e Carla na rede.

A torcida colocou Rio do Sul/Equibrasil no jogo. Com o Artenir Werner lotado, as catarinenses saíram atrás no placar mas buscaram uma boa reação, lutando de igual para igual contra o time de Bernardinho. Com número de erros idêntico, prevaleceu o ataque das cariocas, em jogadas principalmente com Gabi. No segundo set, o ataque também foi o diferencial do Rexona. Rio do Sul/Equibrasil mostrou certa valentia na defesa, mas não conseguiu suportar a força das líderes do campeonato.

Mas o jogo começou a mudar no terceiro set para Rio do Sul. Melhor em todos os fundamentos, as catarinenses tiveram grandes jogadas nas mãos de Neneca e Mimi Sosa. Natiele também vinha fazendo um jogo primoroso.

No quarto set, Rio do Sul/Equibrasil continuou aproveitando as falhas do adversário e também encaixando belos contra-ataques. As catarinenses pecaram ao deixar o Rexona encostar no placar após abrir uma distância de quatro pontos. A parcial por vezes parecia salva, mas deu o time do Rio de Janeiro, que manteve a invencibilidade no campeonato.

Para a capitã Natiele, Rio do Sul pecou nos detalhes, mas teve um belíssimo desempenho. “Foi emocionante a torcida vindo junto. A gente acertou nossos erros, sacamos melhor e arriscamos. A gente está de parabéns pelo que demonstramos. Agora como temos novos desafios, estamos confiantes para o restante da Superliga”, comentou a capitã do time catarinense.

Já Spencer Lee reiterou o time competitivo e que cresce perante desafios grandes. “Foi pegado, puxado e brigado. Algumas jogadas polêmicas, mas é do jogo. A nossa empolgação agora é pelo restante da temporada. Agora começa a nossa Superliga de verdade”, comentou o treinador.

Fonte e Foto: :Clóvis Eduardo Cuco -Assessoria de Comunicação – Rio do Sul/Equibrasil
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...