sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

COPA BANCO DO BRASIL FEMININA 2015: Pinheiros vence o Rexona-Ades é o primeiro finalista da Copa Brasil

 Pinheiros vence o Rexona-Ades é o primeiro finalista da Copa Brasil

Meninas do Pinheiros comemoram a vitória contra o Rexona-Ades 


O Pinheiros  é o primeiro finalista da Copa Brasil feminina de vôlei 2015. Nesta sexta-feira (16.01), a equipe paulista venceu o Rexona-Ades por 3 sets a 1 (25/22, 25/19, 17/25 e 25/21), no ginásio Poliesportivo São Gonçalo, em Cuiabá (MT), pela semifinal da competição.

O time da capital paulista aguarda o vencedor da partida entre o Sesi-SP e o Molico/Nestlé (SP), que será disputada ainda hoje, para conhecer o adversário da grande decisão. A final acontecerá às 19h deste sábado.l.

A central Fê Isis, do Pinheiros, brilhou no confronto e foi eleita a melhor da partida. Ao final do duelo, a atacante elogiou a atuação do grupo na vitória contra as cariocas.

“É sempre muito difícil ganhar do Rexona-Ades, ainda mais em uma partida decisiva como essa. Na primeira rodada da Superliga, do ano passado, perdemos por 3 sets a 0 e hoje nos superamos. Jogamos como um grupo durante todo o confronto e o resultado apareceu no final. Estou muito feliz e essa vitória foi especial", afirmou Fê Isis.

O treinador Wagão fez questão de enaltecer o comprometimento das atletas durante todo o confronto.

“O mais importante dessa vitória foi que as meninas reafirmaram que podem jogar nesse nível. Temos um time jovem, mas jogadoras muito determinadas. Elas demostraram muita disciplina tática e concentração em toda a partida. Trabalhamos a confiança e vejo que o trabalho está dando resultado. Estou feliz e o grupo todo está de parabéns”, afirmou Wagão.

Pelo lado do Rexona-Ades, a líbero Fabi analisou o desempenho das equipes na partida desta noite.

“Foi um jogo digno de semifinal, com as duas equipes brigando muito pela final. O Pinheiros conseguiu jogar melhor, aproveitou os contra-ataques e veio determinado a vencer. O nosso time caiu um pouco do que vinha jogando na Superliga, mas não podemos tirar o mérito delas, que jogaram muito bem. E nós sabemos que podemos fazer uma partida bem melhor do que hoje”, analisou Fabi.

O JOGO

A ponteira Gabi fez o primeiro ponto da partida. No entanto, com uma boa sequência de saques da atacante Ellen, o Pinheiros conseguiu os cinco pontos seguintes (5/1). O treinador Bernardinho pediu tempo. No primeiro tempo técnico, a vantagem do time paulista era de cinco (8/3). Jogando com velocidade e bem no ataque, o time da capital paulista abriu seis (16/10). Com muito volume de jogo e bem no saque, o Rexona-Ades encostou (18/16). O Pinheiros segurou a reação das cariocas na final da parcial e fechou o primeiro set por 25/22.

Bem no bloqueio, o Pinheiros fez 7/5 no início do segundo set. Numa bola de segunda da levantadora Macris, a equipe paulista abriu três (11/8). O treinador Bernardinho pediu tempo. A paralisação fez bem ao time carioca que virou o marcador (12/11). A ponteira Gabi se destacava no ataque e a diferença subiu para dois (14/12). A central Fê Isis conseguiu uma boa sequência de saques e o Pinheiros virou o marcador (16/15). Com muita velocidade, a diferença para as paulistas subiu para cinco (21/16). O Pinheiros segurou a vantagem até o final e venceu o set por 25/19.

O Pinheiros seguiu melhor no início do terceiro set e fez 3/1. Depois de uma incrível defesa da líbero Fabi, o Rexona-Ades cresceu de produção e virou o marcador (8/4). O treinador Wagão inverteu o cinco e um. Entrou Lorenne e Rosane e saíram Macris e Renatinha. Mesmo com a substituição, o time carioca seguiu melhor e fez 15/9. O Rexona-Ades seguiu sem dar chances para a equipe paulista até o final da parcial e venceu o set por 25/17.

O Rexona-Ades manteve o bom momento no início do quarto set e fez 3/1. O Pinheiros voltou a mostrar volume de jogo e empatou (5/5). O set ficou disputado ponto a ponto. No primeiro tempo técnico, a equipe paulista tinha um de vantagem (8/7). O time comandado pelo treinador Wagão voltou a ter eficiência no ataque e a diferença no placar subiu para cinco (13/8). A ponteira Ellen se destacava e a diferença e as paulistas fizeram 17/11. O Rexona-Ades voltou a jogar bem e encostou no marcador (19/17). O final do set foi disputado ponto a ponto. O Pinheiros foi melhor no final da parcial e venceu o set por 25/21 e o jogo por 3 sets a 1.

EQUIPES

REXONA-ADES – Fofão, Bruna, Natália, Gabi, Juciely e Carol. Líbero – Fabi
Entraram: Amanda, Régis e Roberta
Técnico – Bernardinho

PINHEIROS – Macris, Renatinha, Cibele, Ellen, Vivian e Fran. Líbero – Léia
Entraram: Lorenne, Kasi e Rosane
Técnico – Wagão

Fonte: Clarissa Laurence e Vicente Condorelli - CBV
Foto:Alexandre Arruda/CBV
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...