terça-feira, 16 de dezembro de 2014

SUPERLIGA FEMININA 2014/15:Brasília Vôlei embala e vence terceira partida seguida, desta vez, contra o Rio do Sul/Equibrasil

Brasília Vôlei embala e vence terceira partida seguida, desta vez, contra o Rio do Sul/Equibrasil


O Brasília Vôlei veio confiante na noite desta terça-feira para o confronto contra as catarinenses do Rio do Sul/Equibrasil e venceu por 3 sets a 0, com grande atuação de Paula Pequeno e Roberta.

O retrospecto não era favorável para o Rio do Rio do Sul/Equibrasil, já que perdeu os três jogos que disputou diante do Brasília Vôlei por 3×1. Mesmo assim, as catarinenses vieram à Taguatinga embaladas após a última vitória contra o São Bernardo Vôlei na Superliga.

O jogo

O primeiro período foi disputado ponto a ponto, do início ao fim. Mesmo Brasília Vôlei explorando bem os ataques com Érika Coimbra e Paula Pequeno, o Rio do Sul conseguiu ser mais consistente na defesa e soube explorar os erros da equipe de Taguatinga.

Entretanto, no final do período, o Brasília Vôlei, empurrado por sua torcida, reagiu e encostou no placar, com a parcial de 24×24. A virada veio em um lindo ace de Paula Pequeno, maior pontuadora da primeira etapa com 5 pontos. O set terminou 26×24 para o Brasília Vôlei.

Na segunda etapa, o time candango levou quatro pontos consecutivos do Rio do Rio do Sul/Equibrasil. Até o placar ficar em 8×3 para as visitantes, a virada parecia improvável, mas aconteceu. Comandados pelos ataques de Paula Pequeno, o time candango buscou o marcador, empatando em 12×12.

A virada veio em um bloqueio da ponteira Michelle Pavão, fazendo 15×14 para o Brasília Vôlei. A partir daí, foi um show de vontade em quadra. O Brasília Vôlei não apenas virou, como abriu uma vantagem sobre as visitantes que durou até o fim. O set fechou em 25 a 17.

No terceiro e último set, novamente o início foi favorável às catarinenses do Rio do Sul/Equibrasil. As adversárias marcaram os dois primeiros tentos da partida. Contudo, o Brasília Vôlei, embalado pelos gritos da torcida, logo reagiu e empatou o jogo com um bloqueio da central Edna, fazendo a parcial de 9×9.

Com a empolgação da equipe brasiliense, a virada foi inevitável. O Brasília Vôlei sacramentou o set, finalizando o placar em 25×20 e o jogo em três sets a zero.

Mesmo o Brasília Vôlei jogando com o desfalque da oposta Jéssica do Santos, que segue em recuperação de uma lesão na cartilagem do quadril, Sérgio Negrão, treinador do Brasília Vôlei analisa o resultado e explica a mudança. “Hoje não fizemos uma grande apresentação, mas conseguimos a vitória. Coloquei Érika Coimbra de oposta, isso melhorou bastante nossa defesa e conseguiu surpreender o adversário. Estou satisfeito com essa formação”, afirma.

Destaques para  Paula Pequeno, que ganhou o Troféu Viva Vôlei, destinado à melhor jogadora da partida e Roberta. Elas fizeram 12 pontos cada e foram as maiores pontuadoras do jogo.


Fonte e Foto: Brasília Vôlei
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...