sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

SUPERLIGA FEMININA 14/15: São Cristóvão Saúde/São Caetano vence Rio do Sul/Equibrasil fora de casa

 São Cristóvão Saúde/São Caetano vence   Rio do Sul/Equibrasil fora de casa
Paula foi a maior pontuadora da partida ao marcar 21 vezes
  
Em uma partida disputada e cheia de alternâncias válida pela décima segunda rodada do turno da Superliga feminina 14/15, o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) conseguiu uma vitória importante na briga por uma vaga no G8. Nesta quinta-feira (18.12), a equipe do ABC paulista levou a melhor, fora de casa, sobre o Rio do Sul/Equibrasil (SC) por 3 sets a 1 (25/23, 24/26, 26/24 e 25/23), em 2h24 de jogo no Artenir /Werner, em Rio do Sul (SC).

O duelo, que contou com transmissão do SporTV, era uma briga direta por vaga na zona de classificação aos playoffs. Melhor para a equipe visitante que, com o resultado, aumentou a vantagem de três para seis pontos sobre as adversárias desta quinta-feira, e agora está temporariamente na sétima posição com 15 pontos. O Rio do Sul/Equibrasil se manteve em nono com nove. Dentro de quadra, destaque para a oposto Paula que marcou 21 vezes e se tornou a maior pontuadora do confronto, e para a jovem levantadora Juma que ficou com o Troféu VivaVôlei.

O técnico do São Cristóvão Saúde/São Caetano, Hairton Cabral, comentou ao final da partida que o time já estava preparado para um jogo tenso e bastante equilibrado e que pretende usar o intervalo de final de ano para recuperar fisicamente as atletas e focar numa melhora para o segundo turno visando garantir a classificação para a próxima fase do campeonato.

“A equipe de Rio do Sul é excelente e já tem uma tradição no voleibol e é muito bem dirigida. Estávamos preparados para um jogo como esse, decidido nos últimos momentos, no detalhe mesmo. Nossa equipe ainda tem alguns desequilíbrios devido a alguns desfalques e mudanças no padrão de jogo. Vamos aproveitar o tempo que teremos agora para recuperar as atletas e voltaremos para buscar mais no próximo turno”, contou o treinador.

O jogo

As visitantes iniciaram o jogo aproveitando os erros adversários e abriram 3/1. Thaisinha com potência pontuou pela entrada e marcou 6/3 para o São Caetano. Com o contra-ataque de Natiele pela saída, o Rio do Sul encostou no placar, 9/8. As visitantes abriram dois pontos depois do bloqueio de Mara, 13/11. Em outro bloqueio, desta vez com Carol, o time paulista abriu 15/11. São Caetano administrou a vantagem e chegou a 20/17 no ataque de Paula. Camila Paracatu fechou a porta para Mara e fez a equipe da casa encostar, 21/20. Thaisinha recolocou a equipe paulista em vantagem de dois pontos com uma diagonal pela entrada, 23/21. Paula, pela saída, fechou o set em 25/23 para o São Caetano.

O Rio do Sul voltou mais ligado para a segunda parcial e abriu 2/0. Mara empatou a partida com um bloqueio no ataque de Elis, 3/3. O São Caetano assumiu a liderança no placar depois que Mimi Sosa atacou para fora, 8/7. Elis, com um ponto de saque, devolveu a vantagem às donas da casa, 11/10. O São Caetano inverteu a posição no marcador, e com a invasão por baixo de Natiele, 14/11 para as visitantes. Thaisinha, com uma diagonal pela entrada, fez 17/15 para a equipe paulista. A reação do Rio do Sul fez efeito, e depois que Paula errou o ataque, a vantagem passou para o time catarinense, 18/17. Com a força que veio do banco o São Caetano virou o jogo com um ponto de saque de Joyce e um bloqueio de Dani Suco, 20/19. Paula fez mais um ponto de bloqueio e deixou a equipe paulista com boa vantagem, 23/20. O Rio do Sul salvou três match points, virou o placar, e fechou com ataque pelo meio de Mimi Sosa, 26/24.

Animadas com a virada no final do set anterior, as meninas do time catarinense começou a terceira etapa abrindo 3/0. Natiele veio voando do fundo para marcar 6/4 a favor das anfitriãs. Mimi Sosa fechou a porta para Thaisinha, 8/6. O São Caetano cresceu no jogo, chegou a encostar, mas depois dos dois toques de Juma o Rio do Sul reestabeleceu a vantagem de dois pontos, 14/12. Depois de um bom rali, Paula deu uma largadinha no fundo e deixou tudo igual, 15/15, e, em seguida, Juma faz um ace para deixar as visitantes na frente, 16/15. A disputa seguiu acirrada, e rapidamente o Rio do Sul reassumiu a liderança, e, com o ponto de saque de Yael, chegou a 18/16. Mimi Sosa, no bloqueio, fez 20/18 para as donas da casa. Na reta final da parcial o São Caetano aproveitou melhor as chances e vence por 26/24.

Uma bola rápida de meio com Mimi Sosa inaugurou o placar em favor do Rio do Sul no quarto set. O São Caetano logo passou a frente e com uma deixadinha de Mara chegou a 4/3. Com dois pontos de saque seguidos, Yael deixou as anfitriãs novamente em vantagem, 7/6. Os dois lados trocaram de posição no placar e o técnico Spencer Lee pediu tempo quando o marcador mostrava 12/10 para as visitantes. No ponto de saque de Dani Suco o São Caetano alargou a distância para cinco pontos, 16/11. Elis atacou para fora e o time paulista deslanchou, 19/11. Joyce aproveitou o contra-ataque e freou a reação do time catarinense, 20/16. Mara consegue mais um bloqueio para o São Caetano, 22/20. E com o erro de ataque de Paula, o Rio do Sul empara, 22/22. Mesmo com a reação do time da casa, as visitantes fecharam o set em 25/23 e o jogo em 3x1.

EQUIPES

RIO DO SUL/EQUIBRASIL: Natiele, Luciana, Mimi Sosa, Camila Paracatu, Elis e Vanessa. Líbero - Juliana 
Entraram: Yael, Duda, Fernanda e Renata 
Técnico: Spencer Lee

SÃO CRISTÓVÃO SAÚDE/SÃO CAETANO: Sabrina, Carol, Mara, Sara, Thaisinha e Paula. Líbero – Silvana. 
Entraram: Juma, Joyce, Dani Suco e Domingas 
Técnico: Hairton Cabral

Fonte: CBV
Foto:  Clóvis Eduardo Cuco/Rio do Sul
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...