sábado, 15 de novembro de 2014

SUPERLIGA MASCULINA 2014/15: Com muita raça e muita determinação, Minas vence o Vôlei Canoas por 3 sets a 2

Com muita raça e muita determinação, Minas vence o Vôlei Canoas por 3 sets a 2 
 Minas vence o Vôlei Canoas por 3 sets 2 na Arena Minas Tênis Clube

O Minas conquistou a quinta vitória na Superliga Masculina de Vôlei, em seis jogos disputados. Desta vez, a vítima foi o Vôlei Canoas, por 3 sets a 2 (25/21, 22/25, 25/20, 30/32 e 15/10). O confronto foi realizado na Arena Minas Tênis Clube, com o público de 432 pagantes.

O melhor em quadra foi o ponteiro Bruno Canuto, que levou, ao fim da partida, o Troféu Viva Vôlei. “Este prêmio significa muito, por uma questão de superação. Não sabia se iria jogar, não treinei durante a semana, por causa de uma lesão muscular. Fico feliz de ter ajudado a equipe e de ter atuado bem. Agora, temos de focar no trabalho, durante a semana, porque temos um jogo muito importante na próxima rodada”, comemorou Bruno.

Com o resultado, chegou a 13 pontos e se consolidou na vice-liderança da competição, atrás apenas do Sada Cruzeiro. Na próxima rodada, a equipe enfrentará o Vôlei Brasil Kirin, no domingo, dia 23, às 12h, novamente na Arena Minas Tênis Clube.

O JOGO

O Minas, desde o início, apresentou um jogo bastante consistente. Everaldo distribuiu muito bem as bolas e acionou os jogadores que estavam mais preparados para finalizar os pontos. Foi assim que o cubano Yadrian Escobar contribuiu efetivamente para a vitória minastenista. Mas o grande destaque foi Thiago Vanole. O ponteiro esteve muito bem e não tomou conhecimento da equipe rival, recheada de bons jogadores. O Minas ainda contou com os nove erros cometidos pelo Vôlei Canoas. No fim, vitória tranquila do Minas: 25/21.

Já no segundo set, a história mudou. O Vôlei Canoas foi muito efetivo no ataque e não deu muitas chances ao Minas, que sofreu muito, principalmente nos contra-ataques. A equipe de Belo Horizonte, mesmo apoiada pelos torcedores que compareceram à Arena Minas Tênis Clube, se atrapalhou em diversos momentos. Assim, ofereceram nove pontos de graça, fator preponderante na vitória dos gaúchos: 25/22.

O bloqueio fez a diferença no terceiro set. O Minas, principalmente com Otávio, foi muito forte neste fundamento, treinado exaustivamente pelo técnico Nery Tambeiro. Assim, o Minas fez cinco pontos, exatamente a vantagem no placar. Muito regular também no ataque e na defesa, a equipe de Belo Horizonte pulou à frente no marcador e não saiu mais: 25/20.

O quarto set foi o mais equilibrado. Minas e Vôlei Canoas trocaram pontos até 25/25. O time da casa pulou à frente e teve a chance de fechar o jogo, em um ataque de Thiago Vanole, com um bloqueio simples, mas o jovem do Minas mandou para fora. As equipes seguiram com um jogo muito igual, mas o time do Rio Grande do Sul, no detalhe, conseguiu fechar: 32/30.

No tie-break, empurrado pela torcida, o Minas se sobressaiu. O time usou toda a força, principalmente com o saque e o ataque de Bruno Canuto, e venceu o Vôlei Canoas. Delírio no Arena Minas Tênis Clube: 15/12.


Fonte e Foto: Divulgação Minas Tênis Clube 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...